Páginas

NOTA INTRODUTÓRIA - A ortografia do presente léxico contrastivo, ou prontuário prático para a escrita da nossa língua, é a do Acordo da Ortografia Unificada, de 1990; escolheu-se em geral a norma culta europeia nos casos em que diverge da americana, e incorporou-se com finalidade diacrítica alguma grafia anterior ao Acordo. Junto com as formas simples, incluem-se flexões, topónimos (lato sensu) e outras palavras, a fim de ilustrar a variedade fonética das formas nortenhas e portugalegas, ou dialetais, preferentes mas não exclusivas no léxico, dentro da virtualidade estrutural da língua. Cumpre ter muito em conta que as explicações entre parênteses não são definições, mas breves referências ou sinónimos para identificar no mínimo espaço os vocábulos, procedentes de dicionários ou de autores muito diversos.

A segunda parte contém o resto do léxico geral que pode apresentar dúvidas ortográficas, sobretudo a N da Raia. Nessa lista indicam-se os plurais dos singulares em -ão quando terminados em -ães ou -ões, ou, se não têm plural, a terminação fonética (-am, -om) na pronúncia do português galego, que também se indica na primeira parte. A consulta pode fazer-se alfabeticamente ou mediante pesquisa digital, talvez este o método melhor para resolver rapidamente as dúvidas ortográficas no momento da consulta.

Este trabalho é fruto da pesquisa e da docência; tem um fim fundamentalmente pedagógico e prático geral, ilustrando e não prescrevendo, mas visando contra-arrestar a forte pressão castelhanizante a que está submetida a nossa língua a N da Raia.

A primeira versão deste prontuário foi publicada pelas Irmandades da Fala em 1984, Revista Temas do Ensino, Nos. 2/3, Braga. Última revisão: maio de 2015

LÉXICO CONTRASTIVO

Marcadores


LÉXICO GERAL

A

A a (art.; prep.), á (letra; aa), à (a a), ah! (interj.), aa (ant.: ala), há (de haver; letra arábiga), há! (interj.), A (símb. árgon; top.), Ã (top. gal.), Ha (símb. hâhnio), Aa (rio da França) Aarão ((om) n. bíbl.), Aarau (top.), Arão ((am) pai dos arameus; top. bíbl. e catalão; (am) e (om) top. gal.), arão ((om) jaro), árum (arão), aram (de arar), Aran (ilhas irlandesas), Haran (n. bíbl.), Haram (templo corânico), arau (ave), Arou (top.), Arau (n.), arou (de arar), airão ((om) gaivão), Airão (top.), airó (airão; espaço onde se secam as castanhas) Aasvero (judeu errante), Assuero (rei da Pérsia), Azuero (top. Panamá), isvério (vesgo) Aba (top. gal. e da China), aba (falda; de abar), ava (f. avo; bilharda) ababalhar (babalhar), babalhar (babar), babalhoar (baduar), ababelar (confundir) abacalhoar (tomar cheiro de bacalhau), avacalhar (rebaixar), esbacalhoar (esbacalhar), esbacalhar (deitar com a barriga para o ar) abaçar (enredar-se o arado; abaçanar), abaçanar (embaçar), abaciar (dar forma de bacia), abacinar (escurecer; abaçanar) abacate (fruto do abacateiro), aguacate (abacate) abacelado (plantado de bacelo), bacelado (abacelado) abaciado (abaciato; de abaciar), abaciato (cargo de abade) abaciais (pl. abacial), abaciais (de abaciar) abacial (rel. a abade), abaxial (fora do eixo) Ábaco (ilha das Baamas), ábaco (contador) abacto (roubo de gado), abato (de abater e abatar), abado (de abar), abadado (priorado), abadiado (rel. a abadia; provido de abade; abadado) abada (o que se pode levar na aba; f. abado; bada; de abadar), bada (fêmea do rinoceronte; de badar) Abadã (top. Irão), abadão ((om) lugar de destruição), Ibadã (top. Nigéria) abadar (abar; prover de abade), abadiar (abadar), badar (aturar), abadalar (dar forma de badalo), abadalhar (não deixar um fruto crescer a outro), abadanar (converter em badana) abade (cura; var.: abai; de abadar), Abade (top. e n.), abate (abatimento; de abater e abatar), Vade (top. port.), Bade (top. gal.) abaderna (baderna), baderna (cabo; de badernar) abades (pl. abade; var.: abais; de abadar), Abades (top. e n. gal.) abadessa (superiora; de abadessar), abadeja (badeja), badeja (badejo), abadesca (f. abadesco) abadia (mosteiro; de abadiar), Abadia (top. gal., bras. e esp.; n.) Abadim (top. e n.), abadim (lugar de religiosos), Abedim (top.), abadinho (dim. abade), Abadinho (top.) abadinense (de Abadim), abadiense (de Abadia) abadiota (pirata de Cândia), abadita (seita muçulmana) abafadoiro (lugar abafado), abafadouro (abafadoiro), abafador (que abafa) abafalhe (de abafalhar), abafa-lhe (de abafar) abafar (sufocar), bafar (expelir bafo), abafalhar (desprezar), abafejar (respirar com dificuldade) abafeira (abafeiro), abafeiro (aconchego) abagar (fazer digestão; decair), abagalhar (minguar), abaganhar (criar baganha), abagoar (criar bagos), avagarar (tornar vagaroso), abagaçar (reduzir a bagaço), abagunçar (bagunçar) abaionar (manter remando um pesqueiro à distância), abaionetar (traspassar com baioneta) abaixadeiro (abaixadoiro), abaixadoiro (lugar por onde se baixa), baixadeiro (baixadoiro) baixadoiro (abaixadoiro) abaixo (debaixo; de abaixar), Abaixo (top. e n.) abais (de abar), avais (pl. aval) abalades (var.: abalais), avalades (de avaladar; var.: avalais) abalado (de abaladar), avalado (de avalar e avaladar) abaladoiro (que abala), abalador (que causa abalo), abaladiço (movediço), abalaíço (aneiro), abalainço (goro) abalar (abanar), avalar (gal.: avalizar; botar rês a comer), avaladar (cercar de valado), abaloar (dar forma de balão), avaloar (avaliar), abalonar (abaloar), abaldoar (enturvar; insultar), avalgar (afundir), avaliar (determinar valia), avaluar (avaliar), evaluar (avaluar, nalguns autores) abalaustrado (com forma de balaústre), balaustrado (guarnecido de balaústres), balastrado (de balastrar) abaláveis (pl. abalável; de abalar), avaláveis (de avalar) abaldeiro (falho; abaldeirado), abaleiro (mansamente) abalhão ((om) não fresco), Abalhão ((om) top.) abalhe (defeituoso), Abalhe (top. e n.) abalhoado (desazado), estabalhoado (abalhoado), abelhoado (abalhoado), atabalhoado (precipitado) abalizar (balizar), avalizar (afiançar) abalo (comoção; subida da maré; de abalar), Abalo (top. e n.), avalo (de avalar) abaloes (de abaloar), abalões (pl. abalão), abalones (pl. abalone; de abalonar) abalofar (esponjar), abaloufar (inchar) abalorecer (balorecer), abolorecer (abalorecer), bolorecer (abolorecer), balorecer (abalorecer) abalroa (balroa; de abalroar), balroa (arpéu), barloa (cabo), varloa (barloa) abalroar (atracar com abalroa), abarloar (abalroar, nalguns dics.) abana (de abanar), Abana (top. Turquia), Havana (cap. Cuba) abanão ((om) empurrão; aum. abano), havanão ((om) aum. havano) abanar (sacudir), abanear (abanar), abanejar (abanear), banear (abanear), vanar (dar forma, num dic.), Vanar (n.) abanca (de abancar), Avanca (top. port.) abancai (de abancar), Abancai (top. Peru) abancar (pôr bancos; alancar; sentar-se), bancar (custear; ser banqueiro), abanicar (agitar abano ou abanico; abanear), abanigar (dial.: mover-se por causa própria), avangar (dial.: pender a um lado) abandar (pôr em banda; juntar em bando), abandeirar (embandeirar), embandeirar (pôr baixo bandeira), bandeirar (ser bandeirante) abando (de abandar e abar), Abando (top. e n.), Avando (n.) abandoar (reunir em bando), abandonar (desamparar) abano (abanico; de abanar), Abano (top. it.), havano (charuto havanês), havaiano (de Havai), hauaiano (havaiano, num dic.) abantesma (avantesma), avantesma (fantasma), aventesma (avantesma), abentesma (abantesma) abantujo (raquitismo), avantujo (salto adiante) abaratar (baratear), baratear (tornar barato), embaratecer (abaratar), baratar (baratear), desbaratar (vender por mau preço), malbaratar (desperdiçar), malbaratear (malbaratar), esbaratar (desbaratar; disparatar), disparatar (despropositar), abarautar (fazer depressa), abaroutar (abarautar) abarbalhoar (falar sem substância), avarbalhoar (abarbalhoar), verbalhoar (abarbalhoar), avarbalhar (avarbalhoar), barbalhoar (abarbalhoar; baralhar) abarca (alpercata; de abarcar), albarca (abarca), alparca (albarca) abarcar (abranger), abracar (aplacar; bracar), bracar (berrar; mugir) abarrotar (barrotar; atulhar), barrotar (pôr barrotes), barrotear (barrotar) abarruntar (enxergar), barruntar (conjeturar) abas (pl. aba), abas (de abar) abasia (astasia), abássida (rel. aos abássidas), abácida (abássida), abádida (abássida) abasse (de abar), abace (de abaçar) abastardar (fazer degenerar), bastardear (abastardar) abastardes (de abastardar), abastardes (de abastar) abaste (de abastar), abaste (de abar) abastece (de abastecer), abaste-se (de abastar) abastecer (fornecer), bastecer (tornar basto; abastecer), embastecer (tornar basto), baster (bastecer) abastecimento (ato de abastecer), bastecimento (abastecimento), abastimento (abastecimento), bastimento (abastecimento) abasto (abastança; abastecimento; abundantemente; de abastar), basto (espesso; ás de paus; de bastar, baster e bastir), vasto (grande; de vastar), Basto (top. e n.) abata (de abater e abatar), afata (de afatar) abatar (malquistar), avatar (manifestação; vicissitude, nalguns autores), afatar (juntar em fato) abatara (de abatar), avatara (avatar), afatara (de afatar) abatedouro (matadouro), abatedoiro (abatedouro) abatino (abacial), abatino (de abatinar) abatirá (indígena de Porto Seguro), abaterá (de abater) abatujar (agitar a água), abatugar (regar), abantujar (enfermar) abcesso (abscesso), abscesso (tumor), abciso (de abcidir), absciso (cortado), abscisso (absciso, nalguns dics.) abcissa (abscissa), abscissa (eixo geom.), abcisa (f. abciso) abcisão ((om) excisão), abscisão ((om) abcisão), abscissão ((om) reticência), abscessão ((om) abscesso), acessão ((om) ato de aceder) Abdão ((om) n.), abdome (barriga), abdómen (abdome), Ábdon (n.) abdicatário (aquele a favor de quem se abdica), abdicatório (abdicativo) abditório (armário), auditório (sala) abdução ((om) afastamento), adução ((om) ação de aduzir), adoção ((om) ato de adotar), adopção ((om) adoção) abdutor (que afasta), adutor (que aproxima), abdutivo (rel. a abdução), adutivo (que aduz) abduzir (afastar), aduzir (trazer), aducir (abrandar), eduzir (deduzir), deduzir (fazer dedução) abeça (de abecer), aveça (de avecer), avessa (f. avesso; de avessar), aveza (de avezar) abece (de abecer), á-bê-cê (abc), abc (abecê), abecê (abecedário), avece (de avecer), aveze (de avezar), avesse (de avessar) abecedário (alfabeto), alfabetário (rel. ao alfabeto; abecedário), abecedariano (protestante partidário do alfabetismo), abecedista (poeta repentista), abecedária (planta) abecede (de abecedar), abecedê (abecê) abecer (aproveitar; apetecer), avecer (abecer), abegar (abecer), avegar (abegar) abecoinha (ave), avecoinha (abecoinha), abesconinha (abescoinha), abescoinha (abecoinha), abescuinha (abescoinha), abecuinha (abecoinha), becuinha (abecoinha) Ábedes (top.), havedes (var.: haveis) abegoira (abegoura), abegoura (lavoura), abegoaria (lugar em que se guarda gado e utensílios), Abegoaria (top.), abegaria (abegoaria) abeiradoiro (abrigo), abeiradeiro (abeiradoiro) abeiro (de abas grandes; amparo; de abeirar), Aveiro (cid.), aveiro (barco de fundo chato), avieiro (de Vieira de Leiria), abieiro (árvore) Abeixão ((om) top. e n.), Abeijão ((om) top. e n.), Abeigão ((om) n.), Abijão ((am) cid.), avejão ((om) ave grande), abujão ((om) avejão), Abejão (n.), abegão ((om) que cuida abegoaria), Abegão ((om) n.), Beijão ((om) n.), beijão ((om) aum. beijo) Abelaira (n.), Abeleira (n.), Avelaira (top. e n.), Aveleira (top. e n.), aveleira (árvore das avelãs), avelaira (aveleira), avelaeira (ant.: aveleira), abeloira (dedaleira), abeloura (abeloira; de abelourar), avelaneira (aveleira), avelúria (dedaleira), avelãzeira (aveleira), abaloira (varal), baloira (abaloira) abelência (engenho), habelência (abelência) abelencioso (que tem abelência), habelencioso (abelencioso) abelha (inseto; de abelhar), avelha (de avelhar), Abelha (n.) abelhado (de abelhar; ovelhado), avelhado (de avelhar) abelhais (pl. abelhal; de abelhar), Abelhás (top. e n.), avelhais (de avelhar) abelhão ((om) abesoiro), Abelhão ((om) n.), abelhau (uva tinta) abelhar (esforçar-se), avelhar (avelhentar), abelhal (enxame), Abelhal (top.), abelhoar (abalhoar; importunar), abalhoar (cheirar mal), abilhoar (bulir), abilhar (pôr bilha) abelharuco (abelhuco), melharuco (abelharuco; melharoco), abelharujo (abelharuco) abelheira (enxame), Abelheira (top. e n.), Abilheira (n.) abelhoes (de abelhoar), abelhões (pl. abelhão), Abelhós (top.), abelhaus (pl. abelhau) abelhoso (animal inquedo), abelhudo (que se intromete), abelhuco (abelheiro) abelidar (criar belida), apelidar (dar apelido) Abélio (n.), Evélio (n.) abencerrage (mourisco granadino), abencerragem (abencerrage) abençoadeiro (abençoador), abençoador (que abençoa) abençoar (bendizer), Avenzoar (mestre de Averróis), abendiçoar (abençoar) abençoes (de abençoar), benções (pl. benção) Abendanho (n.), Bendanho (n.), Bendanha (top. e n.) abendoito (costume), andoito (abendoito) abenta (arte de pesca), aventa (rede; de aventar), abêntoa (abenta), avento-a (de aventar) Abente (n.), avente (de aventar) aberinjelado (com forma de berinjela), aberingelado (aberinjelado) aberração ((om) ato de aberrar), ab-reação ((om) descarga emocional) aberta (lugar descoberto; oportunidade), Aberta (top.), abirta (birta; de abirtar), birta (regueiro; de birtar), birita (pedaço de terra; bebida; de biritar) abertais (pl. abertal), abertães (pl. abertão) abertal (comunal), abertão ((am) acantopterígio) abertoiras (extremidades das redes de arrastar), abertouras (abertoiras), aberturas (pl. abertura) abertura (ato de abrir), apertura (aperto) abesado (alegre), avessado (de avessar), avezado (de avezar) abesourar (importunar), abesoirar (abesourar), abisourar (olhar com curiosidade) abesouro (besouro; de abesourar), abesoiro (abesouro; de abesoirar), besouro (besoiro; de besourar), besoiro (abelhão; de besoirar), bisoiro (besoiro) abessim (abissínio), abexim (abessim) abestar (abrutar), abestiar (abestar) abestruz (avestruz), avestruz (ave) abesulhar (avesulhar), avesulhar (mirar atentamente), esbesulhar-se (dedicar-se com afã), vesulhar (avesulhar, nalgum texto) abesulho (de abesulhar), avesulho (de avesulhar), Besulho (top. Astúrias) abetarda (ave), avetarda (abetarda) abeto (árvore; meninho revoltoso; de abetar), abete (árvore; de abetar) abetoira (ave pernalta), abetoiro (abetoira), betoiro (abetoiro), betouro (betoiro), abetouro (betoiro), abetoura (abetoira) abetumado (tapado com betume), betumado (abetumado) Abião (n. bíbl.), avião (rel. a Carvalheda de Ávia; (om) aeroplano; espécie de andorinha), Avião ((om) top. e n.), aveão (tipo de aveia), avionense (de Avião), vião ((om) junco), aveião ((om) aveão) Abias (n. bíbl.), avias (de aviar), havias (de haver) abibe (ave), avive (de avivar) abicado (de abicar), abicado (de abicadar) abicadoiro (lugar para abicar), abicadouro (abicadoiro) abichar (criar verme), abichoar (abrolhar) Abido (ant. cid. Ásia Menor e Egito), havido (de haver) abidueira (abidueiro), abedoeira (abedugo), abedoira (abedugo) abíeto (abeto), avie-to (de aviar) abigarrado (variegado), apigarado (pigarado), pigarado (de cor negra com manchas brancas) abigoiro (vespa), abigouro (abigoiro), avigoiro (abigoiro), avigouro (abigouro) Ábila (ant. Ceuta), Ávila (cid.) abinício (desde sempre), abiníncio (abinício) abio (abiu), avio (aviamento; de aviar), abiu (fruto do abieiro) abirritar (fazer cessar irritação), abirtar (fazer abirtas) Abisai (n. bíbl.), avisai (de avisar) abismais (pl. abismal; de abismar), abissais (pl. abissal), avisais (de avisar) abismal (ref. a abismo), abissal (abismal) abismar (atirar ao abismo), bismar (pôr bisma), embismar (bismar) abisso (abismo), aviso (advertência; de avisar) abita (amarradouro; de abitar), habita (de habitar) abitar (prender na abita), habitar (morar) abixeiro (lugar avesseiro), abisseiro (abixeiro), avesseiro (avessio), Avesseiro (top.) abjeção ((om) aviltamento), abjeição ((om) abjeção), adjeção ((om) adição) abjeto (desprezível), adjeto (acrescentado) abjudicar (desapossar), adjudicar (atribuir), ajudicar (ant.: adjudicar) abjurar (renunciar), adjurar (esconjurar), abjurgar (tirar judicialmente), abjugar (soltar do jugo) ablactar (desmamar), ableitar (ablactar), aleitar (amamentar), leitar (da cor do leite; criar leite), aleitoar (aleitar) ablativo (caso da declinação; que afasta), oblativo (ref. a oblata), adlativo (que aproxima), alativo (que indica movimento) ablegação ((om) ato de ablegar), alegação ((om) ato de alegar), adlegação ((om) ant. direito de delegar) ablegar (desterrar), alegar (aduzir) abnegação ((om) renúncia), anegação ((om) ato de anegar) abnegar (renunciar), anegar (alagar), anagar (anegar) abnormal (anormal), anormal (não normal) abnóxio (inofensivo), obnóxio (servil) abnuência (discordância), anuência (consentimento) abo (de abar), avo (fração de unid.), evo (eternidade), Abó (top.), Avô (top.), avó (f. avô), abolo (de abolar) aboa (aboinha; de aboar; avoa, nalguns dics.), avoa (avó; de avoar), Aboa (n.), abola (de abolar), Avola (top. bras. e siciliano) aboamento (melhora), avoamento (ato de avoar) aboar (tornar-se bom; aboiar), avoar (voar), abonar (ser fiador), aboiar (flutuar; amarrar), boiar (aboiar), boiardo (senhor feudal russo) abóbada (teito), abóbeda (ant.: abóbada), abóboda (pop. e ant.: abóbada), bóveda (abóbada), Bóveda (top. e n.), Bóbeda (n.), bóvida (bovídeo), bóbada (abóbada do forno), bobada (bobagem), abobada (f. abobado) abobadar (cobrir com abóbada), abobar (tornar bobo), aboubar (pôr-se a cabeça aturdida), abubar (cantar a bubela), abubiar (tremelicar), abubuiar (abubiar) abobado (aparvalhado; de abobadar), aboubado (de aboubar), abobadado (arqueado), afobado (abobado) aboborais (pl. aboboral; de aboborar), Abobrás (top.), Boborás (top.) abóbora (fruto da aboboreira), abobra (pop.: abóbora), abábaro (vespa) aboboreira (cucurbitácea), Aboboreira (top.) abocado (de abocar e abocadar), avocado (de avocar; abacateira), bocado (pedaço) abocamento (sinal de mordedura), avocamento (ato de avocar) abocar (chegar à boca), aboucar (apagar a força; encurvar-se), avocar (chamar), avogar (advogar), advogar (perorar em favor), abougar (perder o tino), avoucar (aparecer oco na batata), abocadar (dar bocado) aboceta (de abocetar), avoceta (ave), aboce-ta (de aboçar), avose-ta (de avosar), boceta (caixa; vulva), buceta (embarcação), Buceta (n.), buxeta (copo pequeno), bucete (bocel), bocete (florão), esboceto (pequeno desenho), aboceto (de abocetar), aboce-to (de aboçar), avose-to (de avosar) aboço (parte de cabo em que se amarra boça; de aboçar), avoso (de avosar) abofé (certamente), à bofé (abofé), bofé (abofé), aboafé (afelhas), afé (afelhas; polipódio), boa-fé (sinceridade), Boa Fé (top.) abofelhas (abofé; de abofelhar), bofelhas (abofelhas), afelhas (abofelhas), afeias (de afear) abofetear (esbofetear), esbofetear (dar bofetadas), abofetar (abofetear) Abói (top.), Aboi (n.), aboie (de aboiar), aboe (de aboar), avoe (de avoar) aboiado (de aboiar), aboiado (herdade com bois) aboiante (boiante, nalguns textos), boiante (que boia) aboiar ((ó) boiar; (ô) trabalhar com bois), boiar (ligar boia; flutuar) Aboim (top. e n.), Boim (top.), Abuíme (top.), Abuim (n.) aboirar (abater a messe), abourar (importunar) aboiz (boiz), boiz (armadilha) abojar (sujeitar um cabo), aboujar (aturdir a berros), abroujar (aboujar) abolar (fazer aboladura), aboular (rodar descendo), abular (pôr bula) abole (de abolir e abolar), aboule (de aboular), abule (de abulir) abolia (de abolir), abulia (falta de vontade; de abulir) abolição ((om) ato de abolir), ablução ((om) lavagem) abolim (planta; var.: aboli), aboli (de abolir) abolim-na (var.: aboli-a), abolina (de abolinar) abolir (anular), abulir (bulir) abominábil (ant.: abominável), abominável (odioso) abomináveis (pl. abominável), abomináveis (de abominar) abonação (abonadura), abonamento (abonadura), aboamento (melhora em testamento), abonadura (ato de abonar) abondamento (avondamento), avondamento (abundância) abondar (bastar), abundar (sobrar), avondar (abundar), bondar (pop.: abondar) abordar (fazer abordagem), abordoar (empar), abordelar (acamboar) abondoso (que tem abundância), abundoso (avondoso), avondoso (abundoso) abordo (abordagem; de abordar), a bordo (embarcado) aborígene (indígena), aborígine (aborígene), ab origine (lat.: desde a origem) aborrece (de aborrecer), aborre-se (de aborrir), aborrisse (de aborrir) abórtena (abórtega), abortem-na (de abortar) abotejar (dar forma de botejo), abotijar (abotejar) aboujador (ensurdecedor), abroujador (aboujador) abra (enseada; de abrir), Abra (top.), Habra (top. Argélia) Abraão ((am) patriarca hebreu; top.), Abrafão ((am) n.), Abragão (top.), abram (de abrir), abraam (de abraar), abraiam (de abraiar) abração ((om) grande abraço; sainte traseiro do carro), abrasão ((om) atrito), abrazô (bolo) abraçar (cingir com braços), abrasar (queimar), Abraçar (n.), abrasear (reduzir a brasas), abrasoar (praticar abrasão; pôr brasões), abaraçar (atar com baraça) abradar (raspar), bradar (dar brados) abragalhar (querer abarcar tudo), abraganhar (abragalhar) abraiado (de abraiar), Abraído (top.) abraiar (assombrar), abraar (abraiar), avraiar (pôr-se tempo de verão), aglaiar (cast.: abraiar) abraira (planta), Abraira (n.), Avraira (top. e n.), abraiara (de abraiar), abraieira (terreno de abrairas) abrancado (tirando a branco), abrancaçado (abrancado) abrancujar (esbrancujar), esbrancujar (tornar pálido) abrandar (tornar brando), abrandecer (abrandar), embrandecer (abrandecer), abrandir (querer abranger tudo) abrandece (de abrandecer), abrande-se (de abrandar), abrandasse (de abrandar), abrandisse (de abrandir) abranger (conter), abrancir (caber), abrangar (abranger), abranjar (abranger), abranguer (dial.: abranger), abringir (abranger) abrânquio (sem brânquias), abráquio (sem braços) abrasante (que abrasa), abraçante (que abraça) Abraxas (deus gnóstico), abraxas (amuleto da seita de Abraxas; pl. abraxa), abraças (de abraçar), abrasas (de abrasar) abre (de abrir; abra), Havre (top.), Abre-Mar (top.), Abremar (n.; A-Ver-Mar), A-Ver-Mar (top.), A-Ver-o-Mar (top.) ábrego (áfrico; ábrago), ávrego (ábrego), Abrego (n.), áfrico (vento SO), ábrago (de cheiro desagradável) Abreiro (top. port.), Abreiros (top. gal.) abrente (amanhecer), Abrente (top.), Abrence (top.), abrinte (abrente, nalguns autores), abrim-te (var.: abri-te) abrenúncio (esconjuro), abernúncio (abrenúncio), abrenunça (abernúncia), abernúncia (animal fantástico) abres (de abrir), Avres (top.) abreu (besouro), Abreu (top. e n.), hebreu (hebraico), Hebreu (Abravanel), abriu (de abrir), abril (mês), Abril (n.) abrevar (dar de beber ao gado), abreviar (tornar breve) abria (de abrir), abri-a (de abrir), haveria (de haver) abricó (fruto), abricote (abricó) abricoeiro (abricoteiro), abricoteito (abricó), abricozeiro (abricoteiro) abrideiro (que abre; pêssego), abridor (que abre) abridora (f. abridor), abrideira (f. abrideiro; aperitivo) abrigadeiro (abrigadoiro), abrigadoiro (sítio abrigado), abrigadouro (abrigadoiro), abrigueiro (abrigo), Abrigueiro (top.) abrigoso (abrigado), Abregoso (n.) abrir (desobstruir), aberir (entalhar) abris (pl. abril), abris (de abrir) abro (leguminosa; de abrir), abroo (de abroar) abrochar (fechar com broche; jungir com brocha; abrolhar), abrolhar (brotar), abroulhar (botar broulhas), abroiar (assustar), abroar (ter figura de broeiro) ab-rogação ((om) ato de ab-rogar), ad-rogação ((om) ato de ad-rogar), arrogação ((om) ato de arrogar) ab-rogar (anular), ob-rogar (substituir uma lei por outra), abrugar (comer a fruta verde), ad-rogar (adotar), drogar (administrar droga), arrogar (atribuir), irrogar (infligir), errogar (distribuir, nalgum dic.), arrugar (enrugar), enrugar (fazer rugas), engorrar (pôr gorra; engurrar), engurrar (fazer rugas), engurrichar (engurrar), rugar (enrugar), rogar (suplicar), agurrar (arrugar), agurrichar (encolher), gurrar (disputar), gurrichar (escorripichar), gurrumiar (agurrumiar), agurrumiar (falar com o r uvular), angurrar (engurrar) abrolhais (pl. abrolhal), abrolhais (de abrolhar) abrolhal (terreno de abrolhos), Abrolhal (top.) abrolho (espinho; de abrolhar), abrocho (broche; de abrochar), abrulho (abrunho, nalgum dic.), abrunho (fruto do abrunheiro), abruinho (abrunho), brunho (abrunho; crustáceo; bravo), agrunho (abrunho), ambrunho (abrunho) abrolhos (pl. abrolho), Abrolhos (top.) abrotais (pl. abrotal; de abrotar), abrutais (de abrutar) abrótano (artemísia), abrótono (abrótano) abrotanoide (madrépora), abrotonoide (abrotanoide) abrotar (brotar), brotar (rebentar) abrótea (planta), abrote-a (de abrotar), abrótena (abrótea), abrotem-na (de abrotar), abrótega (abrótea), abórtega (abrótega), abriota (abrótega), abrota (abrótega; de abrotar), abroita (abrótega), abrótiga (abrótega), abrótica (abrótega), abródiga (abrótega), abrótia (peixe), albrótia (abrótea), abúitega (fruto montês), abriote (abriota) abruma (de abrumar), abroma (arbusto) abrumado (coberto de bruma; triste), abromado (bromado), bromado (que criou broma) abrunheiro (planta), abruinheiro (abrunheiro), agrunheiro (abrunheiro), ambruinheiro (ambrunheiro), ambrunheiro (abrunheiro), Abrunheiros (top.) abruptado (de abruptar), abrutado (de abrutar) abrupto (escarpado), abruto (de abrutar) abruso (abro), Abruzo (região it.) abrutecer (abrutar), embrutecer (abrutecer), embrutar (embrutecer), abrutar (tornar bruto), abrotar (brotar) abscedência (longes), excedência (qualidade de excedente) abscedente (que afasta), excedente (que excede) absência (ant.: ausência), ausência (não presença) absentismo (exploração com proprietário ausente), absenteísmo (absentismo), absintismo (abuso do absíntio), abstencionismo (abstenção do voto), ausentismo (absentismo, nalguns dics.) absentista (que faz absentismo), assentista (empreiteiro), absenteísta (absentista) abside (ábside), ábside (extremo da igreja), ápside (extremo do eixo orbital), ábsida (ábside), apside (ápside), absida (abside), abcide (de abcidir) absintato (absintiato), absintiato (sal do ácido absíntico) absíntio (absinto), absinto (planta; licor), assenjo (assente [planta]), assento (cadeira; assente [planta]; de assentar), assente (firme; planta; de assentar), assinto (de assentir), ausento (de ausentar) absintiol (essência do absinto), absintol (absintiol) absolução ((om) absolvição), absolvição ((om) perdão) absolutamente (de nenhum modo), absolutamente (completamente) absolvido (de absolver), absolto (absolvido), assolto (ant.: absolto), absoluto (não rel.) absorbância (densidade de transmissão), absorvância (absorbância), absorvência (capacidade de absorção), absorbência (absorvência), adsorvência (capacidade de adsorção), absortância (fator de absorção) absorção ((om) ato de absorver), adsorção ((om) ato de adsorver) absorto (absorvido; alheado), absorvo (recipiente para mangueira; de absorver), absorvido (de absorver) absorvente (que absorve), adsorvente (que adsorve) absorver (chupar), adsorver (aderir) absorvibilidade (qualidade de absorvível), absorvidade (poder absorvente) abstemia (qualidade de abstémio), abstémia (f. abstémio; abstemia) abstémio (que se abstém de beber), abstêmio (abstémio), abstémico (abstémio) abstergente (que absterge), adstringente (que adstringe) abstracionismo (arte abstrata), abstrativismo (abstratismo), abstratismo (abstracionismo) abstrai (de abstrair), Astrai (top. e n.) abstrair (fazer abstração), abstruir (ocultar) abstrato (abstraído), adstrato (estrato adstrito) abstruso (difícil de compreender), astroso (desastrado) absurdez (absurdeza), absurdeza (qualidade de absurdo), absurdidade (absurdeza) abuado (pálido), aboado (de aboar) abuçar (embuçar), abusar (usar de mais), aboçar (sujeitar com boça) abuguinar (tocar buguina), abuzinar (tocar buzina) Abuíde (top.), Abuíde (n.) abumbrar (arc. adumbrar), adumbrar (sombrear) abundança (abundância), abundância (grande quantidade), avondança (abundância), abondança (avondança) abundante (que abunda), abondante (abundante), avondante (abondante), abundoso (abundante), avondoso (abundoso) abundantismo (produção em abundância), abundantíssimo (nuito abundante) Abunha (top.), Abuinha (top.) abur (adeus), abure (de aburar) aburais (de aburar), aborais (pl. aboral) aburar (abrasar; abourar), aburrar (embrutecer), aborrir (aborrecer), abourar (importunar), aboirar (abater a messe a intempérie) aburgar (contrair o burgo as plantas), aburguesar (adquirir modos de burguês) abusão ((om) ilusão), abusão ((om) abuso; abusador) abutre (ave), buitre (abutre), boitre (buitre), boutre (buitre), butre (abutre), abuitre (abutre), Vuitre (top.) acá (acó), Acá (top.), acã (cabeça), aca (cheiro; tença), haca (planta) acaba (de acabar), Acaba (golfo), acava (feixe de junco) acabace (de acabaçar), acabasse (de acabar) acabá-la (de acabar), acavala (de acavalar) açacal (ant.: aguadeiro), açacale (de açacalar) açacalar (polir), açacalhar (deixar tudo revolto), acicalar (açacalar), açacanar (mover-se sem acougo), açocalar (morder um animal a outro), açocalhar (esmagar), açocanhar (açocalhar), açocar (forma particular de amarrar um barco), sacanear (agir com deslealdade) açacana (de açacanar), sacana (malandro) acaçapar (tornar semelhante ao caçapo), acachapar (pegar nalgo pelo ar), agaçoupar (engaçar) acaçapava (de acaçapar), Caçapava (cid. Brasil) acachopado (rel. a árvore esfuracada por raio), acachoupado (de acachoupar) acaçolar (fazer mal as cousas na cozinha), acasalar (reunir em casal), casalar (acasalar), acasar (casar) Acad (top.), acade (de acadar) acadace (de acadaçar), acadasse (de acadar) acadar (recolher; alcançar; que possui aca), acaduar (sentar bem), acatar (respeitar), arrecadar (recadar), acadarmar (laçar) acadarme (de acadarmar), acadar-me (de acadar) acade-a (de acadar), Acádia (top.), Acaia (top.), acaia (de acair) academia (sociedade de académicos; de academiar), académia (figura artística; casa particular onde ensinavam música) academismo (doutrina académica), academicismo (academismo) academista (que frequenta academia), academicista (rel. ao academicismo; academista) acádio (acadiano), acádico (acádio), acade-o (de acadar) açafata (servidora; de açafatar), açafate (cesto; de açafatar), acefato (inseticida), alçafate (açafate), assifate (sifate), sifate (cesto) açafões (safões), safões (meias-calças) açafranhar (bater no rosto), safranhar (açafranhar), açafranar (preparar comida com pouco jeito), açafroar (temperar com açafrão), açafrar (tornar-se sáfaro) açafrão ((am) planta), safrão ((am) açafrão; peça do leme), açaflor (açafrão), açafrol (açaflor), açafroal (plantação de açafrão) açafroa (planta semelhante ao açafrão), açafroa (de açafroar) acaí (de acair), Acaí (top. bras.) acaia (planta medicinal; f. acaio; de acair), Acaia (top.), aqueia (f. aqueu) acaico (rel. à Acaia), Acaico (n. bíbl.), acaio (acaico; de acair), aqueu (habitante da Acaia), áqueo ((ue) aquoso), acádico (rel. à Acaia e a Acad), aquivo (aqueu), aquénio (fruto indeiscente; aaquénio), aaquénio (rel. a Aachen), aaqueniano (aaquénio), aqueniano (aaqueniano) açaimar (prender com açaime), açamar (açaimar) açaime (açaimo), açaimo (açamo), açamo (açame), açame (mordaça) acainçar (passar cainço), acaniçar (acainçar), aquençar (acainçar) acair (ser ajeitado), cair (descer pela gravidade), acaer (dial.: acair), acairar (aqueirar), aqueirar (secarem os frutos com o calor) acaísse (de acair), acaece (de acaecer) acaju (caju), caju (anacardo) acalento (ato de acalentar), acalem-to (de acalar), acalanto (acalento; de acalantar) acaloutrar (aqueloutrar), aqueloutrar (tornar diferente; aquelar), aquelar (estimular), quelar (provocar quelação) acamar (dispor em camadas; ficar na cama), encamar (acamar), acamalhar (sujeitar), arcamalhar (fazer mal os labores) acambar (dar forma de camba; formar cambada), acamboar (pôr cambão), acambalhar (acambar) açambarcar (acumular mercadorias), sambarcar (trancar; açambarcar) acampar (alojar-se em acampamento; fazer soar a campa), encampar (rescindir) acanabar (determinar canaba), acanavear (atormentar com canas) açancalhar (escrever mal), açancalear (coxelear), açancanhar (pisar; andar lesto), açanganhar (açancanhar) acanear (randear), canear (acanear; driblar), acanigar (acanear), cancanear (canear), atanigar (acanigar), tanear (gozar de alguém com dissimulo) acanelar (dar cor de canela; acanalar), acanalar (abrir canal), acanular (dar forma de cana, cano ou cânula), canelar (abrir caneluras), encanelar (dobar em canelas) açanhado (improdutivo; de açanhar), assanhado (de assanhar) açanhar-se (irritar-se), assanhar (enfurecer) acantábalo (acantóbolo, nalguns dics.), acantóbolo (instr. cirúrgico para tirar esquírolas) acantácea (rel. ao acanto), acantace-a (de acantaçar) acanteai (de acantear), acantiá (quanto há) acanto (planta ornamental; ornato em forma de folha), acampto (opaco), acapno (que não produz fumo), acantoo (de acantoar) acantoar (pôr ao canto), acantonar (aquartelar; acantoar), acantear (baixar a vista), acanteirar (dividir em canteiros), acantilar (acanalar com cantil) acantodáctilo (réptil com dedos dentados), acantodátilo (acantodáctilo) acantópsis (acantácea; peixe), acantopse (acantópsis), acantose (aumento de espessura espinhosa) ação ((om) atividade), acção ((om) ação), aução ((om) ant.: demanda), Acião ((om) top.), ausão ((om) ausónio) acarar (acarear), acarear (pôr em frente), acaroar (acercar), acaronar (segar, num dic.), acarizar (aparentar) acaravelhar (fechar com caravelho), acaravilhar (fechar com caravilha), acaravelar (dar forma de caravel), agaravelar (ajuntar, nalgum dic.) acarinhar (afagar), encarinhar (inspirar agarimo, nalguns dics.) acarlinga (sobrequilha; cabina), carlinga (acarlinga) acarradouro (lugar de sombra para o gado), acarradoiro (acarradouro) acasarado (casa e terrenos de cultivo), acaseirado (arrendador de acasarado) acasear (casear), casear (abrir casas) acaso (eventualidade; talvez; de acasar), Acaso (n.), ascaso (pop.: acaso) acastelhanar (castelhanizar), castelhanizar (dar feição cast.) acastrapar (castrapizar), castrapizar (tornar o galego castrapo) acatadura (acatamento; catadura), catadura (aparência) acataia (planta), acatai-a (de acatar) acatalepsia (incerteza), acataplexia (impasibilidade) acataléptico (rel. a acatalepsia), acatalético (verso a que não falta sílaba) acatarrar-se (contrair catarro), acatarroar-se (acatarrar-se) acatársico (rel. à acatarsia), acatártico (acatársico) acatáveis (pl. acatável), acatáveis (de acatar) acatético (rel. à acatexia), acatéctico (que não retém pigmento) acatexia (perda de secreções), acatisia (dificuldade para estar imóvel) acato (acatamento), ácato (embarcação) acauã (cauã), cauã (gavião) acaudado (sem cauda), acaudalado (com caudal) acaudalar (formar caudal), acaudelar (acaudilhar), caudelar (acaudelar), caudilhar (acaudilhar), acaudilhar (capitanear), acoudilhar (coudilhar), coudilhar (fazer o coudilho), acaudatar (segurar a cauda) acautelar (precaver), cautelar (preventivo; acautelar), coutelar (coutar) acavalar (empilhar), acavalgar (cobrir a égua), encavalgar (cavalgar), acavaleirar (pôr a cavaleiro; acavalar), cavaleirar (andar a cavalo) acavalo (de acavalar), dacavalo (a cavalo, nalguns dics.) acear (pôr ácios; ciar), aziar (tenaz) aceda (de aceder), asseda (de assedar), azeda (f. azedo; planta; de azedar) acedares (rede; cetária), assedares (de assedar), azedares (de azedar) acede (de aceder), assede (de assedar), azede (de azedar), abcede (de abceder) acedência (ato de aceder), acidência (qualidade de acidental) acedente (que acede), acidente (contingência) aceder (ter acesso), abceder (produzir abcesso), absceder (produzir abscesso) acedia (preguiça; peixe; de aceder), acédia (preguiça), açadia (acedia), assedia (de assediar), azedia (azedume; peixe), acídia (desleixo), ascídia (ascidiáceo), abcedia (de abceder), abcidia (de abcidir), acidia (peixe), asadia (peixe), xodia (asadia) acedo (de aceder), assedo (de assedar), azedo (acre; de azedar), abcedo (de abceder) acefalista (monofisista), acefalita (acéfalo) aceira (aceiramento; de aceirar), acera (de acerar), azera (de azerar) aceirar (temperar), acerar (aceirar), azerar (acerar), azarar (dar azar), aceiroar (aceirar), asseirar (contratar) aceiraria (fábrica de aço; de aceirar), aceraria (aceiraria; de acerar), aceria (despropositado; aceiraria), acearia (aciaria, nalguns textos), aciaria (aceiraria), asseiraria (de asseirar) aceiro (rel. ao aço; aço; de aceirar; corta-fogo), Aceiro (top.), acieiro (minhato), asseiro (de asseirar) aceitais (de aceitar), acetais (pl. acetal; de acetar), assetais (de assetar), azeitais (de azeitar), asseitais (de asseitar) aceitante (que aceita), aceitam-te (de aceitar), azeitam-te (de azeitar) aceitar (admitir), azeitar (lubrificar), acetar (azedar), assetar (assetear), asseitar (espreitar; armar ciladas), asserar (anassar), assetear (ferir com seta), assitiar (ficar num lugar), setear (assetear) aceitáveis (pl. aceitável; de aceitar), azeitáveis (de azeitar) aceite (aceito; de aceitar), azeite (óleo; de azeitar), aceito (ind. e p.p. aceitar), azeito (de azeitar), aceto (vinagre; de acetar) aceitoso (aceitável), azeitoso (oleoso) acejo (de acejar), assejo (ensejo; de assejar), assexo (assexuado), axejo (de axejar), ajejo (de ajejar), assesso (de assessar; obsesso, num dic.) aceleirar (enceleirar), acelerar (apressar) acelga (celga), celga (planta) acelmar (adoçar), azelmar (acelmar) acena (planta; aceno; de acenar), açana (de açanar), Açana (top. turco), asana (postura de ioga), asena (f. aseno) acenar (fazer aceno), açanar (acenar; dispor), açanear (acenar), acenear (esbofetear), acenicar (acenar), açanicar (acenicar) acendalha (acendedalha), acenda-lha (de acender), acendedalha (acendalha) acender (prender), ascender (subir), cender (pop.: acender) acendrar (limpar com cinza), cendrar (acendrar) aceno (ato de acenar), aseno (de Asena; povo indiano) acensão ((om) acendimento), ascensão ((om) subida), Ascensão ((om) n.) acenso (sinal; oficial rom.), ascenso (ascensão), assenso (assentimento), Asenso (top. e n.), Ascenso (n.), assenjo (assente) acento (inflexão), assento (banco; assente; de assentar), assinto (de assentir) acentos (pl. acento), assentos (pl. assento), Assentos (top.) acêntrico (excêntrico), excêntrico (fora do centro), exocêntrico (que não está no centro) acepção ((om) aceção), aceção ((om) sentido), acessão ((om) ato de aceder), aceitação ((om) ato de aceitar) acerbar (tornar acerbo), acervar (amontoar) acerbo (azedo; de acerbar), acervo (conjunto), azerbe (azerve), azerve (sebe) acerca (respeitante; de acercar), cerca ((ê) valado; perto; (é) de cercar), Cerca (top.) acercar (cercar; aproximar), cercar (pôr cerca ou cerco) acerejar (tornar cor de cereja), acereijar (acerejar) acérico (ácido da seiva do ácer), cérico (rel. a cério) aceroso (aculeiforme), azaroso (azarado, nalguns dics.), aceretoso (azaratoso), azaratoso (aziago) acerto (tino; de acertar), asserto (asseveração; de assertar), certo (verdadeiro; de certar) acertou-a (de acertar), assertou-a (de assertar), assertoa (de assertoar) acesa (f. aceso), Acesa (top.), acessa (de acessar [ing. por aceder]) aceso (acendido), acesso (entrada; de acessar [ing. por aceder]), assesso (que tem a mente longe do corpo) acessível (a que se pode aceder), acessável (que se pode acessar [ing. por aceder]) acessório (anexo), assessório (ref. a assessor) aceta (de acetar), asceta (anacoreta), asseta (de assetar) acetal (derivado do álcool), acetol (vinagre), asseptol (solução antisséptica) acetabular (rel. a acetábulo), acetabulário (acetabulária; prestidigitador com acetábulo) acéter (balde), acetre (acéter), acétere (acéter) acético (rel. ao vinagre), ascético (rel. a asceta), assético (rel. a assepsia), excético (que deixou de ser cético), asséptico (assético), azótico (nítrico) acetileno (hidrocarboneto gasoso), acetilénio (acetileno), acetilene (acetileno) acetímetro (acetómetro), acetómetro (avaliador de acidez) acetinagem (ato de acetinar), acetinação ((om) acetinagem) acetosa (planta; f. acetoso), azeitosa (f. azeitoso) acetoso (que sabe a vinagre), azeitoso (oleoso) acevadar (alimentar com cevada), acevar (cevar), acibar (separar reses), acibir (receber na mão) acevado (de acevadar), acevado (de acevar) acha (pedaço de madeira; de achar; arma em forma de machada), haja (de haver), há-cha (var.: há-ta), aja (de agir e ajar), Aixa (top. e n.) achãar (aplanar), achaar (aplanar), achar (encontrar), ajar (tornar de má aparência), achaiar (aplanar), achagar (achaiar), achairar (achançar), acharar (achairar), achançar (aplanar), achanzar (achançar), achancar (acanchar; tornar achancado; concluir, em baralhete), achaçar (aplacar), achanar (aplanar), achainar (aplainar), achandar (aplanar), achantar (chantar; cravar; calar), achatar (aplanar), chandar (apandar), chantar (plantar), jantar (comer), jentar (jantar), ajentar (jentar), tanchar (chantar), plantar (fincar na terra), prantar (plantar), prantear (carpir) achabascar (cortar), achavascar (fazer toscamente), achuvascar (enevoar, nalgum dic.), chavascar (trabalhar grosseiramente) achacadiço (achacoso), achacoso (enfermiço) achacar (produzir achaque), assacar (imputar), ajacar (arrancar), açacalhar (deixar tudo sem ordem), assancar (andar a sancadas), asancar (assancar), azancar (asancar, nalguns dics.), azancanhar (azancar, nalgum dic.) achace (de achacer), achasse (de achar) achacia (f. achacio), achacia (de achacer) achada (ato de achar; f. achado), Achada (top.), achaada (de achaar), axada (mês hindu), chada (chã), ajada (rajada) achádego (achado; gratificação), achado (descoberta; de achar) achador (que acha), achadouro (lugar onde se achou algo), achadoiro (achadouro; fácil de achar), achaidoiro (lugar plano), achadiço (fácil de achar) achaer (achançar), achair (levar ao achaidoiro) achaes (de achaar), achais (de achar, achaer e achair) achafundar (chafundar), chafundar (chafurdar), chafurdar (revolver-se na lama) achara (de achar e acharar), achaira (de achairar), achaíra (de achair) acharoar (tornar semelhante ao charão), charoar (acharoar) achas (pl. acha; de achar), Achas (top.), hajas (de haver), ajas (de agir e ajar) achatadura (achatadela), achatadela (achatamento) ache (manto; de achar), Ache (tribo americana), há-che (var.: há-te), axe (dor; eixo), age (de agir), aje (de ajar) achega (aditamento; de achegar), chega (posta em contato; basta; de chegar), achego (achega; conchego; de achegar) achegado (muito próximo; parente), chegado (achegado) achegar (aproximar), chegar (atingir o termo) achegote (achego; chegote), chegote (porquinho para matar) acheite (criança), achei-te (de achar), ajei-te (de ajar), achêitegue (acheite) achém (dachém; dial.: achei), achim (língua; dial.: achei) acheulense (de Saint-Acheul), achelense (acheulense), acheuliano (acheulense), aachenense (de Aachen), aacheniano (aachenense) achicar (esgotar água), ajicar (afugentar), chicar (achicar), achichar (cochichar) achiscar (achisbar), achisbar (espreitar), achusmar (achisbar) acho (de achar), ajo (de agir e ajar), há-cho (var.: há-to) achoar (espezinhar; aparvar), ajoar (ajicar), achoir (choer), achuir (afligir; abrir; atuir), arrechoir (meio choir) achoe (de achoar), achói (de achoir) achou (de achar), achoou (de achoar), chou (ao -: ao acaso), Jou (top.), ajou (de ajar), ajoo (de ajoar) achouriçar (enchouriçar), enchouriçar (fazer chouriços), chouriçar (enchouriçar) achouta (de achoutar), achou-ta (de achar) achoucar (juntar em choucas), achouchar (enchouchar), achousar (cercar), achuçar (chuçar) achouchado (de achouchar), achuchado (enfermiço) acibinho (rama de acibo), azevinho (acibo), azivinho (azevinho), enzevinho (azevinho) acibo (planta), Azibo (top.), Azivo (top.), azivo (acibo), Azivro (top.), azivro (acibo), zivro (azevinho), azibre (substância amarga), Azevo (top.), Azevro (top.) acidar (tornar ácido), azedar (acidar) acideis (de acidar), acidez (azedume) acidental (imprevisto), acidentário (acidental), acidentar (produzir acidente) acidente (sucesso imprevisto; de acidentar), acidem- te (de acidar), assidente (acompanhante de doente) acidimetria (determinação de acidez de solução), acidometria (acidimetria) acidósico (rel. a acidose), acidótico (acidósico) acidrar (dar gosto de cidra), assidrar (dar gosto de sidra) acidúrico (rel. a acidúria), ácido úrico (gota) aciese (aciesia), aciesia (esterilidade da mulher) acila (acilo; de acilar), asila (de asilar), axila (sovaco) acilar (introduzir acila), asilar (dar asilo), axilar (rel. a axila) acínace (espada curta), assina-se (de assinar) acináceo (peixe), assinasse-o (de assinar) acinese (acinesia), acinesia (imobilidade) acinético (calmante), acinésico (acinético) acinzeirado (pardacento), encinzeirado (acinzeirado), acinseirado (acinzeirado), acinsado (acinzado), acinzado (da cor da cinza) acinzentar (acinzar levemente), acinzar (tornar cinzento), acinzeirar (perder cor) ácio (ânimo; cacho; sinal), ázio (sinal; cacho), ásio (asiático), Ácio (n. lat.), Ásio (pers. mit.), Áccio (top. gr.), ázeo (cacho; ácio), áscio (sem sombra), ácino (baga), hássio (el. quím.) acionário (acionista), acionista (que tem ações), acionara-o (de acionar) acionáveis (pl. acionável), acionáveis (de acionar) acipitrídeo (accipitrídeo), accipitrídeo (ave de rapina), acípitre (acipitrídeo) aciprestal (ciprestal), ciprestal (arvoredo de ciprestes), arciprestal (ref. a arcipreste) aciricar (aciriscar), aciriscar (arrojar líquido com força) acisia (aciesia), aciesia (esterilidade) acistia (ausência de bexiga), assistia (de assistir) acitara (cortina), acitara (de acitar) acivelar (passar extremo por civela de corda), afivelar (pôr fivela) aclaração ((om) ato de aclarar), clareação ((om) ato de clarear), clarificação ((om) ato de clarificar) aclarar (clarificar), clarificar (tornar claro), esclarecer (dar claridade), aclarear (aclarar) aclimação ((om) aclimatação), aclimatação ((om) adaptação) aclimar (aclimatar), aclimatar (afazer), aclimatizar (aclimatar), climatizar (aclimatizar) aclive (terreno inclinado), declive (declívio), declívio (pendor) acó (cá), acô (acó), Acô (top.) aço (aceiro), azo (ensejo; de azar), asso (de assar), aso (de asar) acobertar (tapar com coberta), encobertar (acobertar) acochar (agochar), acouchar (acochar), acouçar (coucear; desejar, em baralhete), acoucear (acouçar), aconchar (dar forma de concha), agochar (agachar), agouchar (agochar), aguchar (agochar), cochar (acochar; chocar), cuchar (não guardar segredo) acochichar (cochichar; cantar o cochicho; agachar), cochichar (falar baixo), cochilar (cabecear), cochinar (grunhir o cochino) acocorar (pôr de cócoras; aninhar; grunhir), cocorar (homiziar), acocorenhar (acocorar), acocorojar (roncar) açodar (apressar), açudar (represar) acoderar (coderar), coderar (amarrar) acoelhar (acobardar), acolhoar (atemorizar) acogular (encher), acugular (acogular), acubular (acugular), acucular (acogular), cogular (acogular), coagular (coalhar) acoimar (coimar), coimar (impor coima) acoitamento (ato de acoitar), acoutamento (ato de acoutar), coitamento (acoitamento) acoirelar (dividir em coirelas), acourelar (acoirelar), aquadrelar (acoirelar), aquadrilhar (fazer quadrilha) acolá (lá adiante), Acolá (top.), acolai (de acolar) acolar (dar colo), acoleirar (encoletar; transportar em coleiro), acoeirar (acolar), acolentar (acoleirar) acolchoar (forrar como colchão; tecer como colcha), colchoar (acolchoar), acolchetar (pôr colchetes) acolheita (f. acolheito; abrigo; de acolheitar), acolhida (f. acolhido; acolhimento), colheita (messe; f. colheito; de colheitar) acolheitar (abeirar), recolheitar (recolher) acolheito (acolhido; de acolheitar), acolhido (de acolher), colheito (colhido; de colheitar) acolhera (de acolher), acolhera (de acolherar) acólito (que ajuda à missa), lacólito (rocha eruptiva), acolito (de acolitar; pop.: eucalipto) acomedar (dar de comer ao gado), acomodar (pôr cómodo; acomedar) acometer (investir contra), cometer (perpetrar) acomodadiço (que se acomoda), acomodatício (acomodadiço) acomodáveis (pl. acomodável), acomodáveis (de acomodar) acómodo (conveniente), acomodo (conveniência; emprego; de acomodar) acompassar (executar 2º compasso), compassar (medir a compasso) acompleicionado (compleicionado), acompleiçoado (acompleicionado), acomplexionado (acompleicionado), acomplexado (complexado), complexado (que tem complexo), compleiçoado (que tem compleição) aconchavar (conchavar), conchavar (combinar) aconchego (conchego), conchego (conforto) acondicionar (dar condição), acondiçoar (acondicionar), condicionar (pôr condição) acondroplastia (acondroplasia), acondroplasia (ossificação anormal) aconselhar (dar conselho), conselhar (aconselhar), concelhar (reunir-se em concelho) aconselháveis (pl. aconselhável), aconselháveis (de aconselhar) acontecemento (acontecimento, nalguns dics.), acontecimento (o que acontece) acontiar (recensear), aquantiar (acontiar) açor (ave), Açor (top. e n. gal.), asor (saltério) açorar (açoronhar; alvoroçar), assorar (ficar pasmado; ter muito soro), assorear (obstruir), açordegar (confundir; açorar), assouriar (secar pela souria), assurar (afogar de calor) acorçoar (acoroçoar), acoroçoar (animar), acoraçoar (acoroçoar) acordam (de acordar; acórdão), acórdão ((am) sentença), acordão (aum. acordo) acorde (concorde; harmonia), acorde (de acordar) acordeão ((om) instr. mus.), acordeom (acordeão) acordo (conformidade; sentido; de acordar), acordo-o (de acordar), acordoo (de acordoar), acordoo-o (de acordoar), acordou-o (de acordar) acordo-a (de acordar), acordou-a (de acordar), acordoa (de acordoar) açorei (de açorar), Asorei (top. e n.), assorei (de assorar), Assorei (n.), Asorém (top.), assoreei (de assorear) açoreira (sítio onde há açores), Açoreira (top.), Açureira (top.), Assoreira (top.), azoreira (mata) Açores (ilhas; top. port.), açores ((ô) pl. açor; (ó) de açorar) açoriano (dos Açores), açoreano (açoriano, nalguns textos), açorenho (açoriano), açorense (açoriano), açoreiro (encarregado dos açores), açoriniano (rel. a Azorín), açoríneo (rel. a açor, nalgum dic.) açorita (açoriano), azurita (azurite), azurite (min.) acornar (dar feitio de corno), acornejar (dar feitio de cornija), acornelhar (pôr em cornelho) açoronhar (rondar), soronhar (açoronhar), zoronhar (soronhar), zorolhar (murchar), asoronhar (dissimular), assoronhar (asoronhar), amussurunhar (fazer com torpeza), asorenhar (açoronhar) acorra (de acorrer e acorrar), acurra (de acurrar) acorrar (encurralar), acurrar (acurralar) acorrem-te (de acorrer), acorrente (de acorrentar), acorreite (de acorreitar) acortinar (guarnecer de cortina), acortinhar (converter em cortinha), cortinar (acortinar) acoruchado (em forma de coruchéu), acorujado (de acorujar), acurujado (de acurujar), acuruchado (de acuruchar), acoruchado (de acoruchar) acorujar (acurujar), corujar (cantar a coruja), acurujar (engrunhar), acuruchar (fazer curucho), acoruchar (dar forma de coruchéu) acossar (dar caça), acusar (denunciar) acosta (de acostar), Acosta (grafia castelhanizada do apelido Da Costa) acostar (encostar), encostar (arrimar), encostalar (pôr em costal) acostumado (costumado), costumado (de costume) acostumar (tomar costume), costumar (ter costume) açoteia (terraço), soteia (açoteia), azotei-a (de azotar), açoutei-a (de açoutar), açoteira (canelo), açouteira (chicote) acotilédone (que não tem cotilédones), acotiledóneo (acotilédone) acotovelar (tocar com o cotovelo), cotovelar (acotovelar) acoubar (acougar), acougar (sossegar), acovar (encovar), acubar (encorar), acovadar (apoiar o côvado) açougaria (açougada), azougaria (de azougar) açougue (carniçaria), Açougue (top.), azougue (mercúrio; de azougar), azoque (mercado árabe), açugue (de açugar), açougar (ensurdecer) açourido (azourido), azourido (lívido), assourido (azourido), azurido (azourido), assurido (azurido), assouriado (de assouriar), assurado (aflito; de assurar), azurado (traços em cheques) açouta (açoute; de açoutar), azota (de azotar) açoutar (dar açoutes), azotar (nitrogenar), açoitar (açoutar), assoutar (recolher castanhas no souto), soutar (assoutar), soutear (apanhar castanhas) açoute (açorrague; de açoutar), azote (azoto; de azotar) açouto (de açoutar), azoto (gás; de azotar), Azoto (top. bíbl.), assouto (de assoutar) acovardar (acobardar), acobardar (tornar cobarde) acovardes (de acovardar e acovar), acovades (var.: acovais) acovilhar (acolher), acobilhar (acovilhar), acuvilhar (acovilhar) acracia (anarquia), acrasia (imoderação) acrata (partidário da acracia; f. acrato), ácrata (acrata) acre (azedo; medida agrária), Acre (top. bras. e palestino), Acra (cap. Gana), agra (campo; f. agro; de agrar), Agra (top. e n.), arga (fruto), Arga (top.), acro (acre), agre (acre; de agrar), agro (agre; campo; de agrar), Agro (top.), Ágrio (pers. mit.; top.) acreditar (dar crédito), acretar (acreditar), creditar (garantir) acreditáveis (pl. acreditável), acreditáveis (de acreditar) acre-doce (agridoce), agridoce (agro-doce) acredor (credor), credor (a quem se deve) acresce-mo (de acrescer), acréscimo (acrescimento), créscimo (resíduo), acrescimento (ato de acrescer), acrecimento (acrescimento), acrescentamento (ato de acrescentar), acrecentamento (acrescentamento) acrescendo (de acrescer), acrescento (acrescentamento; de acrescentar), acrescem-to (de acrescer) acrimónia (sabor acre), agrimónia (planta; acrimónia) acritude (acridão), acridão ((om) acridez), acridez (qualidade de acre) acroamático (oral), acromático (sem cor) acroíta (acroíte), acroíte (turmalina) acromegalia (crescimento anormal das extremidades), acromelalgia (eritromelalgia) acrosofia (sabedoria superior), acrossofia (acrosofia) acrossoma (saliência do espermartozoide), acrossomo (acrossoma) Acteon (pers. mit.), Acteão ((om) Acteon), acteão ((om) molusco), Acteu (rei da Ática), ateu (incréu) actinídeo (rel. a actínia ou actínio), actiniídeo (actinídeo) actódromo (pernalta), autódromo (recinto para corridas de autos) Actor (filho de Netuno), Aitor (n. basco), Ator (rio port.), ator (que atua), actor (ator), actante (que participa em ação), atuante (que atua) acuação ((om) ato de acuar), equação ((om) igualdade) acuando (de acuar), aquando (quando), adequando (de adequar), acando (aquando), acanda (aquando), a canda (junto a) acubação ((om) postura recostada), incubação ((om) ato de incubar) acubitor (camarista), acubitório (rel. a acúbito) açucara (de açucarar), assucara (de assucar) açucarar (misturar com açúcar), açucrar (pop.: açucarar), azucrinar (maçar) açúcar-cande (cande), açúcar-cândi (açúcar-cande) açucareiro (rel. ao açúcar), açucreiro (açucareiro, nalguns dics.) açucrem (de açucrar), azucrim (entidade diabólica), azucrine (de azucrinar) acudir (acorrer), acodir (acudir, nalguns dics.) acueis (de acuar), acuéns (pl. acuém) acuém (povo; dial.: acuei), acuei (de acuar) açugar (irritar), açougar (açugar), azougar (misturar com azougue) acuidade (agudeza), aquidade (gentileza), cuidade (var.: cuidai), acudide (var.: acudi) acuitelar (dar cuitelada), acutilar (acuitelar), acutelar (acutilar), acoitelar (acuitelar) açular (incitar), azular (pintar de azul), assolar (arrasar; colher a batata cor verde), açolar (murchar), assolear (solear), assoleirar (empedrar a soleira), assolejar (assolhar), assolheirar (assolhar), azulejar (revestir de azulejos) açules (de açular), azules (de azular), azuis (pl. azul) acume (agudeza), acúmen (acume), acumine (de acuminar), cume (cúmio) acumear (levar ao cume), encumear (acumear) acumetria (acuometria), acuometria (audiometria), aquometria (aquametria, nalguns textos), aquametria (medida da água) acúmetro (acuómetro), acuómetro (instr. para medir capacidade auditiva), aquómetro (conta-gotas, nalguns textos) acumular (amontoar), cumular (encher até ao cúmulo), culminar (atingir o ponto culminante) acunhador (cunhador), cunhador (que cunha) acunhar (apertar com cunhas; cunhar), cunhar (amoedar), acunhear (dar forma de cunha) acuo (acuação), acuo (de acuar) acupunctura (acupuntura), acupuntura (cura com agulhas), aquapunctura (aquapuntura), aquapuntura (revulsão por jato de água) acurado (de acurar), acorado (de acorar), acourado (imitante ao couro), acoirado (acourado) acurrala (de acurralar), acurrá-la (de acurrar), acurra-la (de acurrar) acurruchar (acurrunchar), acurrunchar (pôr num curruncho), acurrulhar (pôr num currulho), acurrucar (acovilhar, nalgum dic.) acurupelada (pomba doente), acurupulada (f. acurupulado) acurvar (curvar), encurvar (tornar curvo), curvar (dobrar), acurvilhar (acurvar), acurvinhar (acurvilhar), curvear (curvejar), curvejar (fazer curvas) acusadoiro (acusadouro), acusadouro (que merece ser acusado), acusador (que acusa) acusma (perceção de ruído imaginário), acúsmata (que tem acusma) acutelado (em forma de cutelo), acutilado (de acutilar), acuitelado (acutelado) acutilingue (de língua aguda), acutilíngue ((ue) acutilingue) Adã (top.), Adão ((am) top. e n.), adão ((am) árvore da Índia; pomo-de-adão), adeão ((am) peixe) Adães (top.), adães (pl. adão), adais (de adir), adaís (pl. adail; pl. adaí) adaga (punhal), daga (adaga, nalguns dics.) adagieiro (que sabe adágios), adagiário (coleção de adágios) adágio (provérbio; vagaroso), adage (audácia; sorte), adagem (adage), adácio (adágio), Adajo (n.) adaí (planta tropical), adail (coudel), adalide (adail), Adalide (n.) adaptar (acomodar), adatar (pop.: adaptar), datar (pôr data) adaptáveis (pl. adaptável), adaptáveis (de adaptar) adastrar (endireitar na adastra), adestrar (tornar destro) Adaulfo (n.), Ataulfo (n.), Adulfo (n.), Adolfo (n.), Adaúfe (top.) ade (de adir; adem), Ade (top.), há de (de haver), adei (interj.), adi (ind. e imperat. adir) adealha (remendo), adelha (canoura), adialha (timão do arado), adia-lha (de adiar), adielha (adialha) adega (cava; de adegar), bodega (tasca), Bodega (top.), Adega (top. e n.), Ádega (n.) adegueiro (que cuida adega), bodegueiro (que cuida bodega ou habita bodego; caseteiro), botequeiro (proprietário ou frequentador de boteco), boticário (farmacêutico) Adeito (top. e n.), adepto (sequaz), adecto (lenitivo), adeito (porção de linho atado) adela (adeleira), Adela (n.), Adelã (top.), Adélia (n.), Adília (n.), Délia (n.) adeleiro (adelo), adelo (ferro-velho), Adélio (n.), Adelão (top.) adelgaçar (tornar delgado), adelgadar (adelgaçar), delgaçar (adelgaçar), adelgar (adelgaçar) adem (ave; de adir), Adem (top. e n.), Áden (Adem), éden (paraíso terreal), edém (éden, nalguns dics.), Éden (paraíso), Eden (estadista ing.; top. EUA) ademã (gesto), ademão (demão), demão (retoque) ademães (ademanes), ademãs (pl. ademã), ademais (a mais de), ademãos (demãos), adomais (ademais), odomais (contudo) ademanes (gestos), dimanes (de dimanar), adamanes (atabales da Índia) adempção ((om) revogação), adenção ((om) adempção) adendo (adenda), adindo (de adir) adenectomia (extirpação de glândula), adenoidectomia (ablação de adenoide), adenomectomia (extirpação de adenoma) adenoide (com forma de verme), adenoideu (adenóideo), adenóideo (rel. ao adenoide) adenoipófise (adenipófise), adenipófise (adeno-hipófise), adeno-hipófise (lobo da hipófise) adensar (densar), densar tornar denso) adentro (dentro; de adentrar), dentro (no interior), dentre (de entre), adentre (de adentrar), adedentro (adentro) aderece (adereço; de adereçar), adere-se (de aderir-se e aderar-se), aderisse (de aderir), adrice (de adriçar) adereço (ornato; de adereçar), atereço (de aterecer) aderença (de aderençar), aderência (ligação), adurência (causticidade) adergar (pop.: adregar), adregar (acontecer) aderno (planta), aderno (de adernar) ades (de adir), Hades (morada dos mortos; Plutão), adeso (aderido) adesionismo (adesão interesseira), adesismo (adesionismo), adesivismo (adesionismo) adeter (deter), deter (fazer parar) adeusar (endeusar), endeusar (deificar) adeuses (pl. adeus), adeuses (de adeusar) adgeneração ((om) 2ª geração), adgeração ((om) adgeneração) adiantáceo (semelhante ao adianto), adiantasse-o (de adiantar) adiante (para a frente; de adiantar), adeante (ant.: adiante), adiam-te (de adiar) adianto (adiantamento; de adiantar; planta), adiam-to (de adiar) adias (de adir; de adiar), Abdias (profeta), abadias (pl. abadia) adiatermancia (propriedade de se opor à passagem de calor), adiatermia (impenetrabilidade ao calor) adiáveis (pl. adiável), adiáveis (de adiar) adibe (adive), adive (chacal) adiça (tarefa de extrair metal de mina; mina de ouro; de adiçar), adícia (cuidado que se põe para fazer bem algo) adição ((om) soma; adjudicação; neol.: toxicomania), adicção ((om) ant.: dicção; adição) adicar (espreitar; dedicar), abdicar (renunciar), dicar (dedicar) adicionais (pl. adicional), adicionais (de adicionar) adicto (devoto), adito (de aditar; adicto), ádito (aditamento; entrada; santuário), adido (de adir), ábdito (oculto) Adílio (n.), Adilo (n.) adimento (aditamento), aditamento (o que se adita) adinheirado (endinheirado), endinheirado (rico) adinho (dim. adem; de adinhir), adio (adiamento; de adiar), adiu (de adir) adir (entrar em posse; acrescentar), anadir (adir), ẽadir (adir), adinhir (adir), anidir (adir), enadir (adir), engadir (adir), enhadir (adir), ẽader (adir), enhader (adir), enader (adir), encader (enhader, num dic.), emader (adir), engader (engadir), ader (ant.: adir), engadar (atrair com engado), engodar (atrair com engodo), engoar (dispor) adira (de aderir e adir), adera (de aderar) adiria (de adir), aderia (de aderir) adiro (de aderir), adero (de aderar) adis (pl. adil; de adir), adies (de adiar) aditar (adicionar), aditar (causar dita; entrar) aditivo (adicional; adictivo), adictivo (neol.: que provoca dependência), auditivo (do ouvido), adictício (com qualidade de adicto), aditício (aditivo), abditivo (escondido) adivinha (enigma; de adivinhar; f. adivinho), advinha (de advir) adivinho (que adivinha), adubinho (dim. adubo), adobiinho (dim. adobio) adivinhó (adivinho), adivinhão ((om) joaninha; pop.adivinho), adivinhou (de adivinhar), divinhão ((om) adivinhão) adivinhadeira (qualidade de adivinhar), abinhadoira (aparelho para abinhar) adivinhadeiro (adivinho), adivinhador (adivinho), adivinho (que adivinha) adivinhança (adivinha), adivinhação ((om) adivinha), abinhança (pagamento de anuidade; de abinhançar) adjetivais (pl. adjetival), adjetivais (de adjetivar) adjudicatário (pessoa a quem se adjudica), adjudicatório (que serve para adjudicar) adjunto (associado), ajunto (de ajuntar), assumpto (arrebatado), assunto (tema; de assuntar), abjunto (separado) adjutor (coadjutor), adjutório (ajuda), ajutório (adjutório) Admeto (um dos Argonautas), admito (de admitir) administradora (mulher que administra), administradeira (administradora) administrar (governar), ministrar (subministrar), aministrar (ant.: administrar) admirábil (admirável), admirável (digno de admiração) admirado (de admirar), amirado (emirado; de amirar) admirando (admirável; de admirar), amirando (de amirar), admirativo (que implica admiração), admirante (que revela admiração), Amirante (top. e n.) admirar (apreciar), amirar (agradecer favor) admiráveis (pl. admirável), admiráveis (de admirar) admissão ((om) aceitação), amissão ((om) perda) admissível (aceitável), amissível (que pode perder-se), emissível (que se pode emitir) admitância (capacidade de condução), ametência (crescida) admitendo (a ser admitido), admitindo (de admitir) admoestar (advertir), amoestar (admoestar) admonitor (admoestador), admonitório (que é para admoestar) adnotação ((om) resposta do papa), anotação ((om) ato de anotar) adoar (afiar), aduar (acampamento mourisco; dividir em aduas), adonar-se (fazer-se dono), adunar (reunir num), adumar (dormir de pé), aunar (tornar uno), unar (unir), coadunar (adunar), adonisar (tornar elegante) adoba (avelório; de adobar), adobe (tijolo cru; de adobar), adobo (de adobar), adubo (condimento; de adubar), adova (adoba) adobar (fazer adobe), adubar (deitar adubo), adubiar (adubar), adobiar (adubiar) adobio (atavio; de adobiar), adubio (adobio; adubo; de adubiar), adovio (adobio), adúbio (ant.: adubo) adoçado (de adoçar), adossado (de adossar), adosselado (dosselado), dosselado (que tem dossel) adoçar (tornar doce), adossar (encostar, nalguns dics. e autores), endossar (escrever no reverso), endoçar (adoçar, nalguns dics. e autores), adocicar (dar gosto um tanto doce), edulçar (mostrar-se doce), dulçar (edulçar) adoce (de adoçar), aduz-se (de aduzir) adocianismo (adocionismo), adocionismo (heresia dos adocionistas; adotianismo), adopcionismo (adocionismo), adotianismo (heresia dos adotianos; adocianismo) adoecer (adoentar-se), adoentar (incomodar), adolescer (atingir a adolescência) adoito (acostumado; de adoitar), adoto (de adotar), aduito (adoito), adouto (de adoutar) adomingar (vestir domingueiro), endomingar (adomingar) adonde (aonde; de adondar), aonde (para onde), ònde (aonde), onde (lugar em que), donde (de onde), dondo (brando; rel. aos dondos de Angola), Dondo (top.), dôndio (dondo), doundo (árvore) adónis (moço gentil), adones (de adonar), adoneis (de adonar), Adonias (n.), adonise (de adonisar) adoptar (adotar), adotar (aceitar), adoitar (acostumar), Adoitar (n.), adoutar (adotar, nalguns dics.), aduitar (adoitar, nalguns textos) adoquim (canto; pedra de calçada, nalguns textos), adoquina (tabuleiro; de adoquinar) adoram (de adorar), Adoram (Adoniram: n. bíbl.) adorando (adorável), adorando (de adorar) adoráveis (pl. adorável), adoráveis (de adorar) adores (pl. ador), adores (de adorar) adormecer (fazer dormir; começar a dormir), adormentar (causar sono), adorminhar (adormecer), adurminhar (adorminhar), adormejar (adormentar), dormecer (adormecer, nalguns dics.), adormir (adormecer) adorme-se (de adormir), adormisse (de adormir), adormece (de adormecer) adornar (pôr adorno; adernar), adernar (inclinar navio) Adosinda (n.), Dosinda (n.) adotivo (rel. a adoção), adutivo (que aduz), adotiano (rel. ao adotianismo), adociano (adotiano) adquirente (que adquire), adquirem-te (de adquirir), aquirente (adquirente) adra (partilha), Adra (top. e n.) Adrado (top.), Hedrado (top.), Adrados (n.) adraganta (planta), adraganto (tragacanto) Adragonte (top.), Dragonte (top.) adrais (pl. adral), adraus (pl. adrau) adramais (pl. adramal), adramães (pl. adramão) adramal (mato espesso), adramão ((am) peixe; adrão) Adrão ((am) e (ão) top. e n.), hadrão ((om) partícula subatómica), adrão ((am) adrau), adrau (homem desproporcionado), adral (adro), hádron (hadrão), Adrião ((am) n. e top.), Adriano (n.) adrego (acaso), adergo (adrego) ad-renal (glândula), adrenal (ad-renal, nalguns dics.) adriça (driça; de adriçar), driça (corda para içar; de driçar), agriça (de agriçar) adriçar (suspender por adriças), agriçar (pôr gricenas), driçar (adriçar) adro (átrio), Adro (top. e n.), Ádrio (n.) ad-roga (de ad-rogar), adroga (ad-roga, nalguns dics.), arroga (de arrogar), aldroga (inchação; de aldrogar), a droga (o ingrediente) ad-rogante (que ad-roga), arrogante (altivo) ad-rogar (adotar), adrogar (ad-rogar, nalguns dics.) adscrito (inscrito), adstrito (ligado) adstringência (qualidade de adstringente), astringência (adstringência, nalguns textos) adstringente (que adstringe), astringente (adstringente) adu (adulo), adua (repartição de águas; de aduar), adoa (doa; de adoar) aduana (alfândega; de aduanar), Aduana (top.) aduanar (enredar), aduanear (maldizer) aduaneiro (alfandegário; aduanante), adueiro (guarda de adua) aduchar (enrolar cabo), aduxar (aduchar, nalguns dics.), duchar (aplicar ducha), aduziar (contar por dúzias) aduela (tábua de pipa), duela (aduela; de duelar), doela (aduela), dovela (cunha), duvela (aduela) adul (assessor do cádi), Abdul (n. árabe), adulo (ulo; de adular) adulam (de adular), Adulam (n. bíbl.) adulterioso (adulteroso), adulteroso (adúltero), adúltero (que comete adultério), adútero (parte do aparelho genital f.), aduterino (rel. ao adútero), adulterino (rel. a adultério) adumbrar (sombrear), obumbrar (toldar) adur (mal; apenas), aduro (adur, nalguns dics.; de adurir e adurar) adurar (durar, nalguns dics.), adorar (prestar culto), adourar (adorar, nalguns dics.), adurir (queimar) aduzia (de aduzire e aduziar), aducia (de aducir) advendiço (ant.: vindiço), vindiço (adventício), adventício (que vem por acaso), víndice (vingador), avendiço (advendiço), avindiço (avendiço) advento (chegada; tempo anterior ao Natal), avento (de aventar), Abento (n.), evento (sucesso) adverbal (forma que se constrói com verbo), adverbial (rel. a advérbio) adversão ((om) impugnação), aversão ((om) antipatia), animadversão ((om) aversão) adversativo (que estabelece oposição), aversivo (que provoca repulsa) adverso (contrário), averso (adverso), anverso (obverso) advim (pimpim; de advir), avim (de avir) advinda (f. advindo), avinda (f. avindo), avenida (alameda) advindo (sobrevindo), avindo (conciliado) advir (sobrevir), avir (concordar) advocação ((om) dedicação), avocação ((om) chamamento), evocação ((om) ato de evocar), vocação ((om) inclinação) advocacia (profissão de advogado), advogacia (advocacia), avogacia (advogacia) advogado (que advoga), avogado (advogado), Avogadro (n.), advocado (de advocar) Aécio (general rom.), Aez (top. gal.) aeração ((om) ventilação), areação ((om) areamento), aerização ((om) ato de aerizar) aéreo (do ar), aere-o (de aerar), éreo (de bronze) aeroespacial (rel. ao espaço aéreo), aerospacial (aeroespacial) aerografia (descrição do ar), areografia (estudo de Marte) aerometria (medida da dens. do ar), areometria (medida dens. líquidos) aeróstato (balão), aeróstata (pessoa que dirige aeróstato) aerotaxe (aerotaxia), aerotáxi (táxi aéreo) afã (ânsia), Afã (n.), afão ((am) afã; afá’m, redução de afazem), afane (de afanar), afano (afã; de afanar) afábil (afável), afável (amável) afaça (de afazer), afaga (de afagar e afaguer), afacha (de afachar) afachar (alumar com a facha), afaixar (enfaixar), afeixar (enfeixar) afacia (falta do cristalino), afasia (alalia), afazia (de afazer) afagar (fazer afago), afegar (refolgar), afalagar (afagar, nalguns dics.), falagar (afagar, nalguns dics.) afago (agasalho; de afagar e afaguer), afaço (de afazer), afacho (de afachar), afalago (afago, nalguns dics.), falago (afago, nalguns dics.), Falago (n.) afagueiro (fagueiro), fagueiro (afagador), afagador (que afaga), alagador (que alaga), afagoso (que afaga) afaguer (dial.: afazer), afazer (acostumar) afalar (estimular o gado com palavras), falar (proferir) afamado (esfomeado), afamado (que tem fama) afamar (esfomear; dar fama), afanar (procurar com afã), fanar (amputar) afanes (de afanar), afãs (pl. afã), afás (afá’s, redução de afazes), afaz (de afazer) afaragalhar (pôr cousas em montão), afargalhar (fazer mal as cousas), afargar (afaragalhar), afaragulhar (apressar), afragulhar (afaragulhar) afaramalhar (falar entre dentes), afarmalhar (ser vistoso) afático (afásico), afásico (rel. a afasia) afazemento (aclimatação; afazimento), afazimento (hábito) afazeres (ocupações), afazeres (de afazer) afeção ((om) doença), afecção ((om) afeção), afeição ((om) afeto), afetação ((om) fingimento), exfetação ((om) gravidez extrauterina), efectuação ((om) efetuação), efetuação ((om) ato de efetuar), efectivação ((om) efetivação), efetivação ((om) ato de efetivar) afegã (do Afeganistão), afegão ((am) afegã), afegane (afegã) afeias (de afear), afelhas (abofé) afeiçoado (de afeiçoar), aficionado (amador), ficcionado (de ficcionar) afeiçoar (dar feição; criar afeição), afeijoar (trabalhar nos feijões), afezoar (ant.: prometer em juramento) afeiçoes (de afeiçoar), afeições (pl. afeição) afeita (f. afeito; de afeitar), afeta (de afetar) afeitar (afetar; enfeitar), afectar (afetar), afetar (atingir) afeite (enfeite; de afeitar), afete (de afetar) afeito (a eito; acostumado; afeto; de afeitar), afecto (afeto; afeiçoado; de afectar), afeto (carinho; de afetar), dafeito (a eito) afemear (dar fêmea; afeminar), afeminar (efeminar), efeminar (tornar semelhante a mulher), efeminizar (efeminar), feminizar (dar feição f.), afemençar (antr.: fitar) afemeia (de afemear), afemia (afasia) aférese (supressão de fonema), afere-se (de aferir), hiférese (metaplasmo) aferésico (aferético), aferético (rel. a aférese) aferimento (ato de aferir), ferimento (ato de ferir) aferir (cotejar), auferir (obter), afirir (confirmar; fazer parar o moinho por meio do afiridoiro) aférramo (pessoa obstinada), aferra-mo (de aferrar) aferrar (prender com ferro), aferroar (picar com ferrão), aferrolhar (fechar com ferrolho), aferrulhar (dedicar-se com tenacidade), aferralhar (juntar utensílios de ferro inservíveis), aferrajar (fazer pão aferrajado), aferretar (aguilhoar), aferretoar (aferretar), enferrolhar (aferrolhar), enferrar (fincar a relha), ferrolhar (aferrolhar), açorrolhar (aferrolhar), aforrolhar (aforrar; aferrolhar) afervar (tornar fervente), afervoar (afervorar), afervorar (causar fervor), afervorizar (afervorar), aferventar (afervar), afervecer (afervescer), afervescer (fermentar; aferventar), efervescer (estar efervescente) afervoradamente (afervoadamente), afervoadamente (de modo afervoado) afestoar (engrinaldar), afestonar (afestoar) afetividade (qualidade de afetivo), afectividade (afetividade), efetividade (qualidade de efetivo) afetuoso (carinhoso), afectuoso (afetuoso), afeituoso (afetuoso), efetuoso (eficaz) afiadeira (afiadoira), afiadoira (afiadoiro) afiadoiro (pedra de afiar), afiador (que afia), afilador (aferidor) afiais (pl. afial; de afiar), afeais (de afear) afial (apoial), apoial (apo-hial), poial (pousadoiro), Poal (top. e n.), apo-hial (peça inferior do arco hióideo) afiar (tornar agudo), afinar (tornar fino), fiar (vender a fiado; fazer fio), afear (tornar feio), afilar (adelgaçar; açular; aferir) afijo (var.: afez), afixo (partícula; de afixar) afilhar (perfilhar; enfilhar), afiliar (filiar), filiar (inscrever), filhar (filiar; tomar), enfilhar (botar rebentos) afiliação ((om) ato de afiliar), filiação ((om) ato de filiar) afiliado (inscrito), afilhado (apadrinhado), filiado (que se filiou; afiliado) afim (semelhante), afine (de afinar), a fim de (para) afincar (fixar), aficar (afincar), afincoar (pôr fincões) afinco (pertinácia; de afincar), afincoo (de afincoar) afines (de afinar), afins (pl. afim), afies (de afiar) afio (afiação; de afiar), a fio (a seguir), áfio (ininterrupto), afilo (sem folhas; de afilar) afirmação ((om) ato de afirmar), firmação ((om) ato de firmar), afirmança (firmeza) afitar (guarnecer com fita; fixar a vista), afitoar (fazer fixo algo) afiuzar (ter fiúza), afiunzar (confiar) afixemos (de afixar), afizemos (de afazer), afigemos (var.: afizemos) aflar (bafejar), arfar (aflar) aflato (hálito), aflauto (de aflautar), aflado (de aflar) aflechar (afrechar), afrechar (dar feitio de frecha; ferir com frecha) afleumar (tornar fleumático), afleimar (afleumar), afreimar (afleimar) afligido (de afligir), aflito (angustiado), afrito (apuro), afrigido (de afrigir) afligir (causar aflicão), afrigir (afligir), afregir (agradar) aflorar (vir à superfície), florar (florir), afroar (parecer loução) afluente (que tem afluência; que desemboca), abluente (que ablui), efluente (que eflui) aflui (de afluir), afluí (pret. perf. e imperat. afluir), afluem (de afluir), afluim (var.: pret. perf. afluir) afluir (correr para um lugar), fluir (correr como líquido), afruir (gastar com pouco tento), fruir (desfrutar) afluxo (afluência), a flux (abundantemente) afogaçar (afogar), afogajar (inflamar) afogadoiro (afogadouro), afogadouro (lugar de afogamento) afogueirar (acender fogueira), afugueirar (atiçar demasiado) afolar (soprar com fole; folar), afoloar (bater no folão), folar (maduro; empada; fogaça), foular (moer), foulear (levantar pó), afoular (berrar) afonsinho (ant.), afonsino (ref. a Afonso), afonsim (afonsino), alfonsim (moeda), Alfonsim (n.), Afonsim (top.) Afonso (n. e top.), Afonxe (top.), Alfonxe (top.), Eifonso (top.) aforador (que dá ou toma foro), aforista (que faz aforismos) aforar (dar ou receber foro; medir capacidade), enforar (inchar) aforcar (enforcar), afuracar (esburacar), afurcar (afusquinar), enforcar (pendurar na forca), enforcadar (dar forma de forcado), enfurcar (enrestiar), forcar (revolver com forcado), aforcalhar (fazer sem cuidado), aforgalhar (aforcalhar), aforquetar (erguer com forcado), aforquilhar (aforquetar) aforese (falta de secreção sudoral), afore-se (de aforar) aforisma (hematoma), aforismo (sentença breve) aformosear (tornar formoso), formosear (aformosear), aformosentar (aformosear), afermosear (aformosear), afermosentar (aformosentar) aforradiço (aforrador exagerado), aforrador (que aforra), aforradeiro (aforrador), aforranchim (tacanho), aforrecha (forreta), aforrete (forreta), aforricha (aforrecha) aforrar (fazer forro; economizar; forrar; pôr forra), forrar (pôr forra ou forro; poupar) afouteza (coragem), afoiteza (afouteza) afouto (afoito; de afoutar), afoito (ousado; de afoitar), foito (afoito), afoto (afanoso; pop.: foto), afoute (afouto; de afoutar) afreça (desova), afréçoa (afreça) afreixo (erva), afreixó (afronxão), afronxão ((om) planta), afronjão ((om) afronxão, nalgum dic.), afrouxão ((om) afrouxamento, nalguns textos) afrenta (de afrentar), afronta (ultraje; de afrontar) afrentar (enfrentar), afrontar (causar afronta), afreitar (botar por afreita) afresco (pintura sobre argamassa fresca; fresco), fresco (entre frio e morno), Fresco (n.) africado (som entre oclusivo e fricativo), africanado (de africanar), africano (da África), africanês (africânder) africâner (africânder), africânder (rel. aos bóers da África do Sul) africar (tornar africado), africanar (africanizar), africanizar (tornar africano) afrodisia (aptidão de gerar), afrodisíaca (f. afrodisíaco), afrodíseas (festas em honra de Afrodite) afrodita (que se reproduz sem ato externo de geração), Afrodita (Afrodite), Afrodite (Vénus) afrouxar (tornar frouxo), afroxar (afrouxar), afrouxelar (dar a maciez do frouxel), aflouxar (ant. e pop.: afrouxar), afloxar (aflouxar, nalguns dics.) afruta (de afrutar), afruita (de afruitar), afrui-ta (de afruir) afrutar (frutificar), afruitar (afrutar, nalguns dics.) afuadoiro (afungadoiro), afungadoiro (cravo debaixo da cheda), afoadoira (afuadoiro) afuar (afungar), afungar (afueirar; fungar), afuncar (afungar), afueirar (afungueirar), afungueirar (enganchar em afungadoiro), fungar (sorver pelo nariz; refungar), funcar (fungar) afumar (defumar), fumar (aspirar fumo), afumear (afumar), afumegar (fumegar), fumegar (botar fumo), fumear (fumegar), fumigar (submeter a fumo), defumar (pôr a fumo), zumegar (xenegar), fomegar (fumegar, nalgum dic.) afundamento (depressão), afundimento (abatimento) afundar (profundar), fundar (instituir), fondar (fundar; botar fondo ou fundo; fazer cama), afundir (abater), efundir (entornar), fundir (derreter; afundir; produzir muito), afondar (afundar), fundear (ancorar), fundamentar (alicerçar), fondear (fundear) afusais (pl. afusal), afusais (de afusar) afusal (fiadura dum fuso), efusal (em que há efusão), afusel (afusal) afusão ((om) aspersão), efusão ((om) derramamento) afuséis (pl. afusel), afuseis (de afusar) afuselado (afusado), afusilado (afuzilado), afuzilado (de afuzilar) afusilar (afuzilar), afuzilar (fuzilar), afusar (aguçar), fuzilar (matar com fuzil), fusilar (fuzilar) agá (h; dignidade militar), gá (letra sânscrita; nalguns partidos, pronúncia do g ao soletrar siglas ref. a Galiza ou galego), Ga (símb. gálio), gã (casa grande) agabar (gabar), gabar (louvar) agachado (escondido), agochado (de agochar), agouchado (de agouchar), aguchado (de aguchar), aguachado (aguado) agachar (esconder), agochar (agachar), agouchar (agachar), aguchar (agachar), agojar (colocar gojo), agoujar (guarecer), agroujar (agoujar) agadanhar (esgadanhar), gadanhar (agadanhar), agadunhar (esgadunhar), esgadunhar (arranhar), esgadanhar (cortar com gadanho), gadunhar (arranhar), gardunhar (arranhar) agaiar (esconder), agalhar (criar galhos), agaiatar (tornar gaiato), agaitar (dar forma de gaita) agalactia (falta de leite), agalaxia (agalactia) agalegar (dar feitio galego), agalgar (tornar como galgo; medir com galga) agalimar (acarinhar), agarimar (agalimar), garimar (agarimar), agrimar (agarimar; ter grima) Agamémnon (herói gr.), Agamenão ((om) Agamémnon) agana (planta; verme; de aganar), Agana (top. e n.), agano (agana; cornecho; rã; de aganar), Agano (n.) agapeta (cristã que vivia em comunidade), Agapeta (n.), Agapita (n.) agapeto (cenobita), Agapeto (n.), Agapito (n.), agafite (mineral) Agar (top. e n.), ágar (ágar-ágar), ágar-ágar (hidrogel), agara (madeira de cheiro), agárico (cogumelo) agardadoiro (aguardadoiro), aguardadoiro (lugar onde se aguarda) agardar (aguardar), aguardar (esperar) agargalado (com feitio de gargalo), agargalhado (desajeitado; de agargalhar), gargaludo (de gargalo comprido) agargalhar (falar confusamente; expelir gargalho), gargalhar (rir) às gargalhadas), argalhar (inventar), ergalhar (fanfarronar) agarimoso (que tem agarimo), garimoso (agarimoso), agarimeiro (agarimoso), garimeiro (agarimeiro) agarradeira (asa), agarradoira (agarradeira) agarrar (prender com garra), garrar (soltar amarras; pop.: agarrar) agarrochar (ferir com garrocha), agarruchar (apertar com garrucha), agarrunchar (atar com garruncho), agarrotar (garrotar), garrotar (estrangular com garrote), garrotear (garrotar) agás (pl. agá; exceto; adrede), aga (agás) agasalhar (dar agasalho), gasalhar (agasalhar) agasalheiro (agasalhadeiro), agasalhadeiro (amigo de agasalhar), gasalheiro (agasalhador), gasalhoso (agasalhador), agasalhador (que agasalha) agasalho (aconchego), gasalho (agasalho) agássia (pega), agácia (agássia) agastar (enfadar), agostar (murchar), gastar (consumir) ágata (calcedónia), Ágata (n.), Águeda (top. e n.) agatanhar (esgatanhar), ataganhar (causar vergonha), agatunhar (gatear; agatanhar), agatunar (tornar gatuno), agatafunhar (arranhar), agatumar (agatear), agatinhar (agatanhar), esgatanhar (rabunhar), engatinhar (gatinhar), gatinhar (andar de gatinhas), gatenhar (gatinhar), gatanhar (andar de gatinhas), gatunhar (roubar), gatunar (gatunhar), gatar (reprovar), gatear (segurar com gato; agatanhar), agatear (subir com mãos e pés) agatino (molusco; agateado), agatinho (de agatinhar) agave (piteira), agabe (de agabar), agávea (agave), agave-a (de agavear), gávea (plataforma num mastro), gabe-a (de gabar) agavear (trepar), gavear (agavear; plantar), gavejar (arranjar a casa), agavelar (engavelar), gaivar (desviar águas), gaviar (fechar com gávias), agaviar (fazer gávias) agazar (azarar), agaçar (dial.: atiçar) ageia (corredor), ageia (de agear) agenceio (ganho), agenceio (agencio) agência (função de agente), agencia (agenceia) agenésico (rel. a agenesia), agenético (agenésico) ageolha (de ageolhar), agionlha (dial.: ageolha), Assionlha (top.) ageolhar (ajoelhar), ajoelhar (dobrar joelho), ajolhar (dobrar), ajunlhar (dobrar), agionhar (agionlhar), agionlhar (ajoelhar) agergilhar (agergilar), agergilar (peneirar; apressurar) agermanar (irmanar), germanar (agermanar), germanizar (dar caráter germânico) ageusia (ageustia), ageustia (diminuição do sentido do paladar) ágil (ligeiro), áxil (ref. a eixo) agilitar (agilizar), agilizar (tornar ágil) ágio (usura), axio- (ref. a valor), hagio- (ref. a santo) agiotar (especular), agitar (sacudir) agira (de agir), agira (de agirar) agires (de agir), agires (de agirar) agiria (de agir), axiria (de axirir) agis (de agir), ágeis (pl. ágil), áxeis (pl. áxil) agitáveis (pl. agitável), agitáveis (de agitar) aglaia (planta; de aglaiar), Aglaia (uma das 3 Graças) aglutinação ((om) ato de aglutinar), aglutição ((om) impossibilidade de engolir) agnelina (1ª lã), anilina (corante) agnição ((om) reconhecimento), agnação ((om) parentesco por linha paterna), ignição ((om) ignescência) agnosticismo (renúncia a conhecimento transcendente), gnosticismo (conhecimento esotérico) agoge (agógica), agoje (de agojar) agoiro (predição; de agoirar), agouro (agoiro; de agourar), agoro (de agorar), aguiro ((ui) de aguirar), agueiro ((uê) sulco; augueiro; de agueirar), Agueiro ((uê) top. e n.), Agueiro (top.), Agoeiro (top. e n.), augueiro (buraco num valado), aguieiro (trave do telhado), Aguieiro (top.) agomar (botar gomos), agromar (agomar), agrumar (formar grumo), agrumelar (agrumular), agrumular (coagular em grúmulos), agurumelar (agrelar) agonais (ant. festas rom.), agoniais (de agoniar) agoniar (causar agonia), agonizar (estar na agonia) agoniento (com agonias), agoniante (agoniento), agonizante (que agoniza) agoo (desejo; de agoar), aguo (de aguar) agora (neste instante; de agorar), ágora (praça pública gr.) agorante (que agora), agorantes (pouco antes), agorente (de agorentar) agorentar (gorentar; agourentar), gorentar (confortar; aguar), gorechar (gorentar), gorar (malograr; gorentar), goroar (gorar), agourentar (agourar), agoirentar (agourentar), aguarentar (agorentar) agorinha (recentemente), agorinha (dim. ágora) agoseu (peixe), aguseu (agoseu) agostadoiro (restolhal), agostadouro (agostadoiro), agosteiro (que floresce em agosto) agostei (de agostar), Agostém (top.) agostinho (rel. a S. Agostinho e a agosto; comodamente), Agostinho (n. e top.), Agostino (n. e top.), augustinho (tipo de letra), Agostim (top.), Agustim (top.), augustiniano (agostiniano), agostiniano (agostinho) agostinianismo (augustinismo), augustinismo (filosofia inspirada em S. Agostinho), augustinianismo (augustinismo), agostinismo (augustinismo) agosto (mês; de agostar), augusto (solene), Augusto (n.), angusto (estreito), angosto (ant.: angusto) agotar (ant.: esgotar), agotecer (apodrecer), esgotar (tirar até a última gota) agotece (de agotecer), agote-se (de agotar) agourar (agoirar), agorar (degorar), agoirar (vaticinar), aguirar ((ui) abater), augurar (pressagiar), agueirar ((u-e) fazer agueiras) agoureiro (que agoura), agoireiro (agoureiro), goreiro (agorado) agourento (que encerra agouro), agoirento (agourento) Agraçar (n.), agraciar (dar graça) Agraçaria (top.), agraciaria (de agraciar) agraço (uva verde), agraz (fruta verde), agras (pl. agra), Agras (top. e n.), Agraso (n.) agradar (comprazer; limpar com grade), gradar (aplanar com grade; tornar-se graúdo; agradar), graduar (dividir em graus), graiar (dar grão), granar (criar grão), agranar (granar), agrar (converter em agro), agrear (tornar agre; agrupar em greias) agradáveis (pl. agradável; de agradar), agradábeis (pl. agradábil) agradável (que agrada), agradábil (ant.: agradável) agrade (grade; de agradar), grade (caixilho; de gradar), Grade (top.) agradeça (de agradecer), gradeça (de gradecer), gradeza (qualidade de grado) agradece (de agradecer), agrade-se (de agradar) agrafo (grampo; de agrafar), ágrafo (não escrito) Agrafojo (n.), Agra Fojo (top.) Agramante (pers. de Ariosto), Agramonte (n.), Agra Monte (top.), agramente (acremente), agremente (acremente), acremente (asperamente), agromante (que faz agromancia) agrandar (ampliar; agarandar), agarandar (aplicar a garanda) agrão ((om) agrião), Agrão ((om) top.), agrião ((om) erva) agrarianismo (repartição de terras), agrarismo (agrarianismo) agrário (do agro), agreiro (ant.: argueiro), Agreiro (n.), agrara-o de (agrar) agravar (tornar grave; agraviar), agraviar (causar agravo), gravar (onerar; esculpir) agravo (aum. de doença; afronta; de agravar), agravio (agravo) agravoso (que causa agravo), gravoso (oneroso) agreais (de agrear), agriais (pl. agrial), agriões (pl. agrião) agrego (dependência), agrego (de agregar) agreira (lódão), Agreira (n.), agrária (f. agrário), agroeira (conduto da água no agro), agrieira (cultivo de agrião), Agrieira (top.) agrela (pequeno campo; de agrelar), Agrela (top. gal. e port.) agrelar (botar grelo), agrilar (abrolhar), agrear (pôr agre) agrelo (pequeno agro; de agrelar), Agrelo (top. e n.) agrém (púlpito budista; agrume, nalgum texto), Agrém (n.), agrei (de agrar), agreei (de agrear) agresta (sumo de agraço), agreste (rústico), agroste (gramínea) agriço (de agriçar), arguiço (caruma) agrícola (rel. à agricultura), Agrícola (general rom.) agrícolo-industrial (rel. à agricultura e à indústria), ágrico-industrial (agrícolo-industrial), agroindustrial (agrícolo-industrial) agricultura (cultura da terra), agricultora (f. agricultor), agricultara (de agricultar) agridoce (agre e doce), agrodoce (agridoce) agrimensor (que faz agrimensura), agrimensório (rel. à agrimensura) agrinha (maçã agre), agrinha (dim. agra) Agripa (general rom.), agripa (de agripar) agripar (engripar), agripalhar (agripar), engripar (gripar), gripar (contrair gripe; avariar) agripnia (insónia), agripina (borboleta), Agripina (n.) agrisado (tendente a gris), agrisalhado (grisalho) Agrobom (top.), Agro Bom (top.) Agrolongo (top.), Agro Longo (top.) agromancia (adivinhação pela terra), agromania (mania do agro) agror (amargura), agrura (azedume) agrouçado (abalocado), agroujado (adoentado), agroulado (vermelho; arracimado), agroulhado (abalocado) agru (aturujo), agrue (de agruar), agrume (agrura; de agrumar), agrome (de agromar), agruo (agru; de agruar) agrupamento (ato de agrupar), grupamento (agrupamento), agrupação ((om) agrupamento) agrupar (juntar em grupo), grupar (agrupar) água (líquido; var.: agua), Água (top.), auga (var.: água; de augar), Auga (top.), Áugua (top.), ouga (alga de rio; de ougar), agua (de aguar) aguacheira (celenterado), água-chilra (comida sem sabor), água-chirla (água-chilra), aguaceira (água que sai da boca) aguadeiro (que vende água a domicílio; que conduz água de acéquia), aguaceiro (bátega), aguacento (que tem muita água), aguacioso (peixe), aguadoiro (vasilha para regar), aguadouro (aguadoiro), aguador (que agua), aguadiço (que deseja vivamente; de aguadiçar), agodiço (aguadiço; de agodiçar), agoadiço (agodiço) aguadiçar (agodiçar), agodiçar (degorar), agudizar (tornar mais agudo), aguçar (tornar agudo) aguaforte (água-forte, nalgum texto), aquaforte (aguaforte), Aquaforte (top.), água-forte (ácido nítrico) água-furtada (águas-furtadas), águas-furtadas (desvão) água-má (água-mar), água-mãe (água-má), água-mar (alforreca), aguomar (devalar) Aguameixa (top.), Augamexa (top.) aguana (rata de rio), iguana (réptil) aguano (aguana), guano (adubo) aguantar (aguentar), aguentar ((ue) suportar) aguante (resistência; de aguantar), aguente ((uê) de aguentar) aguanto (de aguantar), aguento ((uê) que tem água; de aguentar) aguapé (planta), agua-pé (bebida) aguar (regar; desejar), agoar (pop.: aguar), augar (pop.: aguar), ougar (pop.: aguar; aturujar) aguará (garça vermelha), aguará (de aguar) aguardente (cachaça; de aguardentar), água-ardente (aguardente), augardente (dial.: aguardente), aguardante (que aguarda), aguardem-te (de aguardar), aguardam-te (de aguardar) aguardes (de aguardar e aguar), agoardes (de agoar) aguardo (de aguardar). Agoardo (n.) aguarela (pintura; de aguarelar), aquarela (aguarela), aguareira (gaivota) Águas Santas (top. gal.), Águas Santas (top. port.) água-tinta (gravura), aquatinta (água-tinta) água-viva (alforreca), Acquaviva (n. e top. it.) aguazil (funcionário de justiça), guazil (aguazil), alguazil (aguazil) aguçadeira (afiadeira), aguçadoura (aguçadeira), aguçadura (ato de aguçar), aguçadoira (aguçadeira), aguçadela (ato de aguçar) aguço (objeto aguçado; de aguçar), Aguso (top. e n.), agúcio (abrótea), aguce-o (de aguçar) agudelho (casta de uva), Agudelo (n.), agudento (ant.: pontiagudo) agudez (agudeza), agudeza (qualidade de agudo), agudiza (de agudizar), agudize (de agudizar) agudinha (f. agudinho), a gudinha (a fazendinha), A Gudinha (top. gal.), Aguadinha (top. gal. e port.) agudo (afiado), Agudo (top. e n.), agude (formiga com asas) agueira ((uê) f. agueiro; bolsa de aguaça; de agueirar), Agueira (n.), aguieira (aguiar), Aguieira (top.) agueiro ((uê) rego), Agueiro (top. e n.), aguieiro (trave), Aguieiro (top.), aguilhoeiro (forjador) agueiros (pl. agueiro), Agueiros (top. e n.) aguerrir (tornar aguerrido), aguerrear (aguerrir), aguerreirar (aguerrir) águia (ave), Águia (top. e n.), aiga (pop.: águia), aigue (pop.: águia real), águila (árvore), Áquila (rei godo) aguiacho (aguiuncho, nalguns dics.), aguiuncho (cria da águia), aguioto (aguiuncho), aigote (aguioto), eigoto (aigote) aguião ((om) gavião; vento N), Aguião ((om) top.), aguilhão ((om) ponta da aguilhada), aguilhó (ant.: ornato), Aguilhão ((om) top.), agulhão ((om) bússola; peixe-agulha), aquilão ((om) vento N), aquilónio (boreal), aguiolo (molusco), aguilholo (aguiolo) aguiar (lugar onde há águias; guiar; vestir bem), Aguiar (top. e n.) aguilhada (vara com ferrão; aguilhado), aguilhoada (ferroada), Aguiada (top.), agulhada (picadura de agulha) aguilhoar (picar com aguilhão), aguilhar (picar com aguilhada), aguijar (aguilhar) aguilhoes (de aguilhoar), aguilhões (pl. aguilhão), aguiões (pl. aguião), Aguiões (top.) aguinha ((uí) dim. água), auguinha (aguinha) Aguinho (top. e n.), aguio (grão moído; de aguiar) agulha (haste fina de metal; de agulhar), Agulha (n.), agúdia (agude) agulheiro (pontudo; que faz agulhas; guarda-agulhas; buraco), Agulheiro (n.), agulheto (correia; olhete; de agulhetar), agulhete (agulha para passar cordões por orfícios; de agulhetar), agulhadoiro (furo para enfiar), agulhadouro (agulhadoiro) agulhetar (atar com agulheta; agolhetar), agolhetar (mirrar) ai! (interj.), Ai (n. bíbl.; top. gal. e indonésio), aí (nesse lugar; aígue), hai (há-i), há-i (há i), Hai (top. vários países) aia (f. aio; de aiar), Aia (top.), Haia (top.) aiai (mamífero; de aiar), ai-ai (abraço), aiaiai! (interj.), aiaiá (brinquedo) aiais (de aiar), alhais (pl. alhal) aiala (iole), aiola (iole), aiole (iole), iole (embarcação) aiatola (dignitário xiita), aiatolá (aiatola) ailelelo (canto a meia voz), ailó (estribilho) ailerão ((om) estabilizador de asa de avião), aileron (ailerão) aimará (vestidura de algodão), aimará (língua sul-americana) Ainão ((am) ilha da China), Ainon (top. bíbl.) ainda (todavia), inda (ainda), ainha (ainda; de ainhar) aino (povo asiático), hai-no (var.: há-o) aio (precetor; de aiar), Aio (n. bíbl.), alho (planta) airadamente (de modo airado), iradamente (de modo irado) airado (desvairado; irado; dial.: eirado), Airado (top.), aireado (dial.: eirado) airas (pl. aira), Airas (n.), eiras (pl. eira), Eiras (top. e n.) Aire (top.), aer- (rel. ao ar), aero- (rel. ao ar), aero (de aerar), ar (el.; arc.: também), Ar (símb. argo; n. bíbl.; top. gal.), Aar (rio holandês), are (medida agrária; de arar), Aare (rio suíço), airo (airó; ave; pop.: ar), aire (airo; futilidade; ar, nalguns dics.) ais (pl. ai), Ais (Aix) aitão (ant. magistrado chinês), aitau (ant. almirante chinês) aivado (buraco de colmeia), alvado (aivado) aivão ((om) avão), avão ((om) pássaro), avião ((om) aeroplano; raça de aveia) aixola (enxó; de aixolar), eixola (aixola; de eixolar), enxó (apeiro), enchó (ichó), enjoo (náusea), aixoa (aixola), aixoga (aixola), eixoa (eixola), eixoga (aixoga) ajaezar (pôr jaez), jaezar (ajaezar) ajeitado (posto a jeito), ajeitoado (idóneo) ajeito (ressio; de ajeitar), Ajeito (top.) ajeitos (pl. ajeito), Ajeitos (top. e n.) ajorca (axorca, nalguns dics.), axorca (argola), xorca (axorca) ajôujere (chocalho), ajoujo (apeadoira; de ajoujar), jouja (ajôujere), ajôujaro (ajôujere), aroujo (ajôujere), aroijo (aroujo), jôujara (ajôujere), jôujere (ajôujere), jôujele (ajôujere) ajuda (auxílio; de ajudar), Ajuda (palácio de Lisboa; ponte de Olivença) ajudengado (com modos de judeu), ajudeuzado (ajudengado), ajudeuado (ajudengado), ajudeado (ajudengado) Ajudá (ant. fortaleza no Daomé), ajudai (de ajudar) ajudância (cargo de ajudante), ajudança (ajuda, nalgum texto) ajudante (que ajuda), ajudanta (pop.: f. ajudante) ajudouro (socorro), ajudoiro (ajudouro), ajudadeiro (ajudador), ajudador (ajudante), ajudadoiro (ajudadoiro), ajudadouro (ajudoiro) ajuga (planta), ajuga (de ajugar) ajugar (jungir), abjugar (soltar do jugo) ajuizar (formar juízo), ajustiçar (justificar; justiçar), justiçar (executar), injustiçar (cometer injustiça) ajuntadoiro (lugar onde se junta), juntoiro (junta), junteiro (pedra atravessada na parede; rel. à Junta), jentoiro (poial), juntuiro (pedra que ocupa a parede), juntouro (juntoiro), ajuntadouro (ajuntadoiro), ajuntador (que ajunta) ajuntança (ajuntamento), juntança (ajuntança) ajuntar (juntar), assuntar (prestar atenção), juntar (pôr junta ou junto) ajuntáveis (pl. ajuntável), ajuntáveis (de ajuntar) ajuramentar (fazer prestar juramento), juramentar (ajuramentar) ajustar (tornar justo), justar (entrar em justa; ajustar), ajusturar (fazer justura) ajustura (cavidade em ferradura; de ajusturar), justura (ato de ajustar ou justar; ajustura) Al (símb. alumínio), al (ant.: outra cousa), -al (sufixo), AL (Alagoas) ala (asa; interj.; de alar), ala! (interj.), Hala (top. al.), Ala (top. port. e it.), há-la (de haver) alá (lá), Alá (Deus, em árabe; top. gal.), alalá (canto pop.), alalalá (alalá) alabão ((am) gado que dá leite), alavão ((am) alabão) alabarar (queimar), labarar (labarear), labarear (insolar) alabarda (arma), albarda (sela; pessoa de pouca instrução), alpavarda (alpavardo), alpavardo (aparvado) alabastrita (variedade de gesso), alabastrite (alabastrita) alaboeiro (alavoeiro), alavoeiro (pastor) alaburar (apressar), aleburar (aliburar), aliburar (bulir), alibrar (aliburar) alacar (vergar; fazer ruído ao beber), alancar (derrear; andar a grandes passos), alacadar (alassar), Lancar (n.) alacraia (f. alacrau), lacraia (alacraia), lacrai-a (de lacrar) alacrão ((am) alacrau), alacrau (lacrau), lacrau (escorpião) Aladim (n.), Aladino (Aladim), Eladino (n.) alado (com asas; de alar), Alado (n.) alagar (inundar), alegar (aduzir), alugar (alquilar), enlagar (meter linho na água; alagar), lagar (sítio onde se espremem frutos; alagar linho) alagem (ato de alar), alage (joia), alaje (alage) alagoa (lagoa), Alagoa (top.), Algoa (top.) alamar (cordão), alamear (alamiar), alamiar (devecer) alamarar (acalmar fome), alambarar (alabarar), alamborar (dar feitio de alambor), alambrar (fugir; vedar com arame), aramar (cercar com arame), alambrear (devecer; correr) alambique (aparelho de destilação), alambique (de alambicar) alambrado (aramado), aramado (cercado com arame), arameado (suportado com arame), alambreado (da cor do alambre; de alambrear) alancada (passo longo), lancada (alancada), lancanhada (alancada) alançar (lançar), alancear (ferir com lança), alançoar (alancear, nalgum texto), alanzoar (dizer à toa), lanzoar (alanzoar), lançoar (alançoar), lancear (alancear; lancinar; pescar com rede), lancejar (latejar sangue em ferida) alancarão (de alancar), lancarão (de Lâncara) alangião ((om) alângio), alângio (planta alangiácea) alantoide (alantoídea), alantoídea (vesícula) alão (cão), alano (povo bárbaro), Alão ((am) top. e n.; (om) top. e n.), alom (vamos), alau (inseto) alapar (meter debaixo de lapa), alapear (prender lume), alaprear (alapear), alampar (abrasar; desanuviar), alampear (alampar) alar (formar ala; erguer; anelar; canto; alado), alaar (laiar), alaiar (laiar) alara (de alar e alarar), alaara (de alaar) alarde (ostentação), alardo (alarde), Alardo (top.), lardo (toucinho) alardear (fazer alarde), lardear (untar com toucinho) alardes (pl. alarde; de alar), alaardes (de alaar) alares (pl. alar e alare; laços; de alar e alarar), alaares (de alaar) alaricano (rel. a Alhariz), alariciano (rel. a Alarico) alarido (gritaria), alario (alarido) alarma (alarme; de alarmar), alar-ma (de alar), alarme (rebate; de alarmar), alar-me (de alar) alás (pl. alá; alasso), alasso (descuidado; de alassar) alastrar (espalhar), lastrar (meter lastro), arrastar (puxar), arrastrar (arrastar) alaudar (louvar; (a-u) dar forma ou som de alaúde), aloudar (gabar), alodar (turvar) alaude (alaudo; de alaudar), alaúde (instr. mus.; de alaudar (a-u)), alaudo (louvança; de alaudar) alavanca (barra; de alavancar), Lavanca (n.) alazães (pl. alazão), alazões (alazães), alassais (de alassar) alazão ((am) cavalo cor de canela), lazão ((am) alazão), halação ((om) formação de halo) alba (alva; veste talar), alva (crepúsculo matutino; f. alvo), Alva (top. gal. e n.), Alba (top. it.) albacor (albacora), albacora (atum; figo primeiriço), alvacora (albacora), albacara (albacar) albafar (peixe; substância aromática), albafor (planta) albanês (da Albânia; albano), alvanéis (pl. alvanel) albanesa (anémona; f. albanês), alvanesa (casta de uva) albano (da ant. Alba Longa), alvão (ave), Alvão ((am) top.), Alvã (top.), Albão ((am) top. e n.) albaqueira (albaquieira), albaquieira (que albaqueia) albardeiro (que faz albardas), alabardeiro (que usa alabarda) albarelo (cogumelo), alvarelho (casta de vide), Alvarelho (top.), Albarelho (n.), Alvorelhe (top.) albarinho (casta de uva), alvarinho (alvar; albarinho), Alvarinho (dim. Álvaro; top. e n.) albarinhos (pl. albarinho), alvarinhos (pl. alvarinho), Alvarinhos (top. e n.), albarelos (pl. albarelo), Albarelos (n.) albatroz (ave), albatros (albatroz, nalguns dics.) albendar (alegrar), albendrar (consolar), almendrar (confortar) albercheiro (albérchigo), alberchigueiro (albercheiro), albercoqueiro (albaricoqueiro), alperchegueiro (albaricoqueiro), albaricoqueiro (damasqueiro) alberga (de albergar), alferga (dedal) albergaria (estalagem; de albergar), Albergaria (top. gal. e port.) albergue (refúgio; de albergar), Albergue (top.), alvergue (tanque de lagar) albergueiro (hospedeiro), alburgueiro (embusteiro) Alberte (top. e n.), Alberto (top. e n.), Adalberto (n.), Edelberto (n.), Edilberto (n.) albina (f. albino), Albina (n.), alvina (f. alvino), alvinha (dim. alva) albino (branco), alvinho (dim. alvo), Albino (n. e top.), alvino (intestinal), Alvim (n.) Álbion (Inglaterra), Albião (pers. mit.; Álbion), albião ((om) dos albiões), alvião ((om) enxada) albiscar (alviscar), alviscar (enxergar), alvescer (branquejar), aviscar (alviscar), viscar (alviscar), abiscar (aviscar), abiscanhar (inquietar) albite (mineral), Alvite (top. e n.), Alvito (top.) alboio (alpendre), Alboio (top.), albói (fresta), albó (alboio) albôndega (almôndega), almôndega (bolo) albor (alvor; peixe), alvor (brancura), Alvor (rio; n.), alboro (albor), alvura (qualidade de alvo), albório (terreno ruim com bosque) alboroque (comida singela), alborque (alboroque), albaroque (alboroque), alvaroque (alboroque; de alvarocar), Albaroca (top.), alvaroca (de alvarocar) albugem (mancha branca nas unhas), albugo (albugem), albogo (bosque espesso), albogue (doçaina) álbum (coleção de retratos), albume (tecido da semente), albúmen (albume), albumina (proteína) albuminado (que tem albumina), albuminato (combinação de albumina) Albuquerque (top. e n.), Alburquerque (top.), alquerque (jogo) Alcabre (top.), Alcobre (top. e n.), Arcobre (ant.: Alcabre) Alcácer (top.), alcácer (fortaleza), alcáçar (alcácer), alcácel (alcacel), alcacel (penso), alcacém (alcacel), alcacer (alcacel), arcacel (ferranha) alçada (f. alçado; estatura; cume), Alçada (top. e n.) alçadeira (ant. máquina para limpar cereal), alçadeiro (cunqueiro), alçadoiros (pedras dos lados do lume) alcaiata (utensílio metálico), alcaiate (alcaiata), alcaiota (cabaça; alcoviteira; de alcaiotar), alcagoita (amendoim), caiota (cucurbitácea) alcaico (verso gr. inventado por Alceu), alcálico (alcalino) alcaidaria (dignidade de alcaide), alcaidia (alcaidaria) alcaide (vereador), alcalde (cast.: alcaide) álcali (substância análoga à soda), alcali (álcali) alcalinizar (transmitir propriedades alcalinas), alcalizar (alcalinizar), alcoolizar (juntar álcool), alcoolificar (transformar em álcool) alcance (ato de alcançar), alcanço (alcance) alcandora (luminária; camisa), alcândora (poleiro), alcândara (alcândora), Alcântara (top.) alcantilada (alcantil), alcantilado (escarpado) alcaravão ((am) ave), alcarvão ((am) alcaravão), alcabão ((am) sulco), algaravão ((am) alcaravão), algravão ((am) alcaravão) alcaria (casa de campo), Alcaria (top. e n.), alqueiraria (de alqueirar) alcatira (arbusto), alquitira (alcatira) alcatrães (pl. alcatrão), alcatraz (albatroz), alcatrões (alcatrães), alcatroes (de alcatroar) alcatrão ((am) produto da destilação de madeiras resinosas ou da hulha), algadrão ((am) ant. alcatrão) alcatrear (feder), alcatroar (dar alcatrão) alcavala (ant. imposto), alcabala (alcavala), alcabela (alcabala) alcavaleiro (alcabaleiro), alcabaleiro (cobrador de alcabala), alcabeleiro (alcabaleiro) alce (veado), alce (de alçar) alce-me (de alçar), Álceme (top.) alceno (alqueno), alqueno (olefina) alcião ((om) ave fabulosa), Álcion (Alcíone), Alcíone (pers. mit.) álcoois (pl. álcool), alcoóis (álcoois), alcóis (álcoois) alcool (álcool), alcol (pop.: alcool), álcool (destilado do vinho), arcol (substância para vidrar; pop.: alcol) alcoolado (alcoolato), alcoolizado (de alcoolizar) alcoolase (fermento), alcoolize (de alcoolizar) alcoólico (que abusa do álcool), alcólico (pop.: alcoólico) alcoolómetro (alcoómetro), alcoómetro (areómetro), alcoolímetro (alcoolómetro), alcalímetro (instr. para medir álcali) alcorça (massa de açúcar), alcorsa (de alcorsar), alcorce (alcorça), alcorso (dispositivo para sujeitar vacas; de alcorsar) alcouçada (couçada), couçada (bloco de casas; calçada) alcouvar (criar em alcouvo), alcovejar (aposentar em alcova), alcovitar (alcaiotar) alcouve (viveiro; de alcouvar), alcouvo (couve pequena; alcouve; de alcouvar) alcova (quarto interior), alcofa (seira; alcoviteira), Alcoba (top.) alcrico (peixe), alcrique (alcrico), alcroque (estralote) alcuza (azeiteira), alcucifa (pano basto), alcuzara (alcuza), alcuzeira (alcuza), alcuzela (mulher que vai comprar azeite) alcuma (alcume; de alcumar), alcume (alcunha; de alcumar), alcunha (alcunho; de alcunhar) alcumar (alcunhar), alcunhar (pôr alcunha) alcunho (sobrenome; de alcunhar), alcuinho (alcunha), Alcuíno (Albino), alquino (hidrocarboneto alifático) Aldã (top. Sibéria), Aldão (n. e top. gal. e port.) Aldariz (top.), Aldariz (n.) aldeã (f. aldeão), aldeão ((am) da aldeia; (om) grande aldeia), aldeiam (de aldear) aldeães (aldeãos), aldeais (de aldear), aldeãs (pl. aldeã), aldeãos (pl. aldeão (am)), aldeões (pl. aldeão (om)) aldeãmente (de maneira aldeã), aldeamento (ato de aldear), aldeaneiro (que anda pelas casas ao conto) Aldeia (top. e n.), aldeia (lugar; de aldear) aldeinha (aldeiinha), Aldeinha (top.), aldeiinha (dim. aldeia), Aldeiinha (n.), aldeiazinha (aldeiinha), aldeãzinha (dim. aldeã) aldemenos (pelo menos), almenos (ao menos) Aldemunde (top. e n.), Aldemonde (top. e n.) Aldonça (n.), Eldonça (n.), Ildonça (n.) aldraba (tranqueta; de aldrabar), aldrava (aldraba), aldaba (aldraba) aldrabada (pancada de aldraba), aldravada (aldrabada), aldabeada (andoniada) aldrabão ((om) aldraba grande), aldravão ((om) aldrabão) Aldrei (top. e n.), Aldrém (top.), Aldreu (top.) aldrogar (trabalhar sem jeito), aldrojar (engolojar), aldrajar (ultrajar), ultrajar (fazer ultraje) álea (probabilidade; aleia), aleia (verseto do corão; alameda; de alear), alia (de aliar) aleado (aliviado), aliado (que tem aliança) alear (adejar; mover as asas; misturar metais), aliar (juntar), aletejar (alear, nalguns dics.) alectoromancia (adivinhação por meio de galos), alectriomancia (alectoromancia), alectoromaquia (luta de galos) aledar (alegrar), aleudar (alevedar, nalgum dic.), alendar (alevedar) alegado (alegação; de alegar), alegato (alegança) alegante (que alega), elegante (esbelto) alegra (legra; de alegrar), legra (lâmina cortante; de legrar) alegrar (tornar alegre; legrar), legrar (escavar com a legra) alegre (contente; de alegrar), Alegre (n. e top.), alegro (movimento alegre; de alegrar), legre (legra; de legrar) alegrete (um tanto alegre), alegreto (movimento entre andante e alegro), alegrote (alegrete) alegria (júbilo), Alegria (n.), alegoria (representação indireta) aleijar (magoar), alijar (aliviar), aligeirar (aliviar), aleijoar (aleijar), aleixar (ant. e nalguns dics: afastar), Aleixar (top. catalão) aleijo (de aleijar), Aleixo (n.) aleirar (arar leira; aleirar), leirar (dividir em leiras) aleiro (beira do telhado, nalguns dics.; de aleirar), Aleiro (n.) além (para o lado de lá), Além (top. e n.), olém (além) Além-Minho (do lado S do Minho, para os galegos), Além-Minho (do lado N do Minho, para os portugueses) alemã (f. alemão), alemanda (dança) alemão ((am) da Alemanha), Alemão ((am) n.), alemânico (variedade alemã) Além-Parte (top.), Alemparte (n.), Lomparte (top.), alemparte (da outra parte), além-parte (alemparte) além Tejo (do outro lado do Tejo), Alentejo (região port.) Alencastro (n.), Alencastre (n.), Lencastre (top. e n.), Lancastre (top. e n.) alendado (de alendar), alendoado (dócil) alende (além de; de alendar), Alende (top. e n.) Alenza (top. gal.; n.), Alença (n.) aleonado (da cor do leão), leonado (aleonado) alergénio (que provoca alergia), alérgeno (alergénio) alestar (desocupar), alistar (pôr em lista; dispor), listar (alistar; listrar) aléu (escondidelas; descanso; truque), ao léu (a descoberto), áleo (alado), aleu (rel. a Ale), Aleu (top. e n.) aleucemia (falta de leucócitos), aleucia (aleucemia) aleutiano (das ilhas Aleutas), aleúte (aleutiano), aleuto (listo; aparvado), alecto (desperto; ave), Alecto (uma das três fúrias), alécito (alecítico) alevim (cria de peixe), elevim (alevim), alevino (alevim) alexandrino (rel. a Alexandria; tipo de verso), Alexandrino (n.), Alexandrinho (dim. Alexandre) Alexandre (n.), Aleixandre (n.) alexia (impossibilidade de ler), alexina (bactericida) alexíaco (rel. a alexia), elegíaco (rel. a elegia) alfa (letra; planta; marco), alfafa (planta), alfalfa (alfafa) alfabetar (pôr em ordem alfabética), alfabetizar (ensinar alfabeto) alfabetação ((om) ato de alfabetar), alfabetização ((om) ato de alfabetizar) alfabeto (letras duma língua), alfabeto (de alfabetar) alface (leituga), alfaça (alface), alifaça (de alifaçar), aliface (de alifaçar), alifafe (achaque; cobertor) alfageme (espadeiro), Alfageme (n.) alfaia (adorno; imóvel; de alfaiar), Alfaia (n.) alfaiar (guarnecer com alfaias), alfar (secar a espiga), alfear (alfar), alfeirar (encrespar) alfaiate (que faz trajes; de alfaiatar), Alfaiate (n.), alfaia-te (de alfaiar), alfaiata (f. alfaiate; de alfaiatar), alfaia-ta (de alfaiar) alfândega (despacho de mercadorias), Alfândega (top. port.), Alfândiga (top. gal.), alfôndega (alfândega; peixe), alfôndiga (alfôndega), alfádega (manjericão) alfandegário (rel. a alfândega), alfandegueiro (alfandegário) alfange (sabre curvo), alfanje (alfange) alfaqui (sacerdote muçulmano), alfaquim (alfaqui), Alfaquim (n.), alfaquique (alfaqui) alfavaca (planta), alfabaca (alfavaca), alfávega (alfavaca) alfeira (f. alfeiro; de alfeirar), Alfeira (top.), Alfeirão (n.) alfena (arbusto; de alfenar), alfeia (planta; f. alfeu), Alfeia (n.) alfeneiro (alfena), alfenheiro (alfeneiro), alfaneiro (arbusto), alfeiro (rel. ao gado sem cria), alfeiroso (fachendoso) alfeu (rel. a Alfeu), Alfeu (pers. mit.) alfim (afinal; alfil), alfil (peça do xadrez), alfenim (doce), alfolim (armazém de sal), alfenique (alfinete), alfonil (alfolim), arfil (alfil) alfocês (de Alfoz), alfocense (alfocês), alfozense (alfocense), alfozês (alfocês) alforba (feno-grego), alforva (alforba), alfobre (viveiro) alforge (fardel), alforje (de alforjar; bras.: alforge), alfurge (alforge, nalguns textos), alfurja (saguão), alforja (alforge; de alforjar), alferga (dedal), alforjo (pessoa insatisfeita; de alforjar) alfoz (circunscrição), Alfoz (top.) algabiço (corpúsculo que irrita o olho), argabiço (algabiço) algáceo (rel. a alga), algaço (argaço), argaço (sargaço), sargaço (alga), zargaço (carpaço), argajo (argueiro) Algadão ((am) top. gal.), algodão ((om) fio do algodoeiro) algalia (de algaliar), algália (sonda; tipo de almíscar), Algália (rua santiaguesa), algária (cardume de sardinha; gato montês; algália), argália (algária), argária (algária), algaria (de algariar) algar (gruta), algara (incursão militar; telinha), algarear (berrar), algariar (algarear), algarejar (limpar terra de labor), algarujar (fazer algarujada) algarada (algara), algueirada (assuada), algarrada (catapulta), algareio (gritaria), algareiro (alegre), algarujada (obra mal feita) algaravia (aljamia), algravia (algaravia), algarvia (f. algarvio), alarvia (alarvice), alcaravia (planta), aljarabia (túnica) algarbe (lugar onde se mói azeitona), algarve (do Algarve), Algarve (região), alarve (árabe), alárave (alárabe), alárabe (árabe), alárbio (homem grosseiro), alárvio (alárbio), lárbio (doença do gado) algareiro (loquaz), algarujeiro (dado a algarujar), algueireiro (buliçoso) algarismo (nº), algoritmo (método matemático), logaritmo (expoente a que se eleva uma base para obter uma variável) algarroba (parda), alfarroba (alfarrobeira) algema (grilhão; de algemar), algemia (aljamia; de algemiar), aljamia (mistura hispano-árabe; de aljamiar) algibeira (bolsa), aljaveira (esmoleira) álgico (rel. à dor), álgido (muito frio) algodoeiro (arbusto que produz algodão), Algodoeiro (top.) algolagnia (masoquismo), algolania (algolagnia) algologia (estudo das algas), algologia (estudo da dor) algoso (com algas), algozo (de algozar) algueirada (travessura), albeirada (algueirada) alguidar (barrenhão), alquitara (alambique), arguidal (alguidar), argidal (arguidal, nalguns dics.) alguma1 (f. algum), algũa (alguma) algures (nalgum lugar), alhures (noutro lugar), alhur (ant. alhures), nalgures (vulg.: algures, nalguns textos) alha (alho dum dente; de alhar), há-lha (de haver) alhada (alhos; falcatruada), Anlhada (top.), alhoada (alhada) alhão (fedor), Alhão ((am) e (om) top.), Aião ((am) e (om) top.; (am) n.), aião ((om) andorinhão), Anhão ((om) n.), Anhom (top. e n.), anhome (ant.: agnome), agnome (nome posposto ao cognome), adnome (agnome) alhãos (pl. alhão), Alhões (top. e n.), Anlhões (top.), Anhões (top.) alhar (anlhar), anlhar (lugar da lenha na lareira), aiar (dar ais) Alhariz (top. e n. gal.; top. port.), alhariz (tecido), alariz (alhariz) alhas-palhas (palhas-alhas), palhas-alhas (insignificância), palhaçadas (pl. palhaçada) alheação (alienação), alheamento (alheação) alhear (tornar alheio), ẽalhear (alhear), emalhear (ẽalhear), enalhear (ẽalhear), desalhear (ant.: alhear), desaliar (romper aliança) alheáveis (pl. alheável), alheáveis (de alhear) alheeiro (rel. a alheio; animal sem dono), alheiro (rel. a alho), alhoeiro (que gosta de alhoadas) Alhegue (top.), Alhegue (n.) alheira (terreno de alhos; chouriço de alhos), alheeira (f. alheeiro), anheira (castanha que está só no ouriço; que fica atrás na sacha) alheta (pista), agulheta (remate de cordões; de agulhetar), agolheta (de agolhetar) alho (liliácea), Alho (top. e n.), há-lho (de haver), Anlho (top.) alhos (pl. alho), Alhos (top. e n.), há-lhos (de haver), álios (ilúvio) alhures (noutra parte), alhur (alhures) ali (acolá), Ali (n.), eli (dial.: ali), eili (dial.: ali) aliado (de aliar; metido em lio), aleado (de alear) aliança (laço), aliagem (aliança; liga), Aliage (n.) aliás (outrossim; dial.: aliais), alias (de aliar) Alice (n.), alise (de alisar), alicia (de aliciar) alicerçar (basear), alicercear (alicerçar) alicerce (fundamento; de alicerçar), alicércio (alicerce), alicerce-o (de alicerçar), alicerceio (de alicercear) alicerces (pl. alicerce; de alicerçar), alicessos (alicerces), alisessos (alicessos) aliciante (que alicia), aliciente (aliciante) aliciar (atrair), eliciar (expulsar) alienáveis (pl. alienável), alienáveis (de alienar) alijo (alijamento; de alijar), Alijo (top. gal.), Alijó (top. port.) alimária (animal irracional), animália (alimária) alimentar (nutrir; rel. a alimento), alimentário (alimentando), alimentando (a quem se devem alimentos; de alimentar), alimentício (que alimenta) Alina (sta.), Lina (n.) alínea (parágrafo), alineia (de alinear), alinha (de alinhar; dim. ala) alinear (dispor em alínea), alinhar (dispor em linha; adereçar), alinhavar (fazer alinhavo), alavanhar (molhar), linhar (traçar linhas; linhal), Linhar (top.), enlinhar (enfiar) alinhava (de alinhar), alinhava (de alinhavar) alíptica (arte de aplicar unturas), elíptica (f. elíptico) aliquanta (parte não submúltipla), alíquota (parte submúltipla) aliquebrado (de asas quebradas), alquebrado (de alquebrar) alisador (que alisa), lizador (tramador) alisar (tornar liso), alizar (rodapé), lizar (tramar), lixar (polir; lixugar), leixar (ant.: deixar), lixugar (fazer lixo) alise-o (de alisar), alísio (vento), Alísio (n.), aliseu (alísio) aliso (de alisar), alisso (planta) alistado (que tem listas; inscrito; peixe; de alistar), listado (de listar), listagem (ação de listar) aliteração ((om) repetição efetista), alteração ((om) ato de alterar) alitério (ant. lugar onde eram untados com essências os atletas), alitere-o (de aliterar) aliviadeiro (aliviador), aliviadoiro (aliviadeiro), aliviador (que alivia) Aljão (top.), Aljão (n.) aljofre (aljôfar), aljôfar (pérolas miúdas) aljorce (aljorge), aljorge (aljorze), aljorze (chocalho) alma (princípio moral da pessoa; f. almo), Alma (rio e top.), Halma (top.), ânima (alma) almácega (tanque), Almáciga (top.), almécega (mástique), almaço (papel grosso), almece (almeice), almeice (soro do queijo), almez (lodoeiro), almeza (fruto do almez) almalho (touro semental), Almalho (n.), armalho (almalho) almança (escudo), Almansa (top. gal) almarge (prado), almargem (almarge), à margem (na margem) Almaviva (pers. lit.), vivalma (alma) almeia (bálsamo; dançarina), ameia (abertura no alto da muralha; de amear) almeiro (lugar de pesca abundante), Almeiro (n.) almendrelhas (bolas gordurosas), almendrilhas (aros; almendrelhas) almíscar (substância aromática), almiscre (almíscar) almóada (rel. à dinastia dos Almóadas), almuadem (muçulmano que chama à oração), almoado (amoado) almoçar (comer almoço), almorçar (almoçar), Almorçar (top.) almoçara (de almoçar), Almoçara (top.), Almuçara (top.) almocávar (cemitério mourisco), almogávar (ant. soldado em terras fronteiriças), almogaure (almogávar), almocábar (almocávar) almocela (capuz), almoce-la (de almoçar) almofaça (escova de fio metálico), almofada (cabeçal), Almóada (dinastia berbere) almofariz (morteiro), almoxarife (tesoureiro real) almofre (almafre), almafre (morrião), almofreixe (mala), Almofrei (top. gal.) almorávidas (seita muçulmana), almorávides (almorávidas) almorreimas (almorroidas), almorroidas (hemorroidas), almorródias (almorroidas), almorreiras (almorreimas), almorrãs (hemorroidas), hemorroidas (tumor no ânus), hemorroides (hemorroidas) almotacé (oficial de pesos e medidas), almotacel (almotacé) almotacéis (pl. almotacel), almotacés (pl. almotacé) almuinha (horta murada), Almuinha (top. e n.), Almoinha (top.), Almoina (n.), alminha (alma do purgatório), almainha (ant.: almuinha) alo (de alar), halo (auréola), halo- (ref. ao sal), há-lo (de haver) aló (alá; a barlavento), alô (chamada no telefone; alá), Alô (top.), aloé (azebre), Ló (Lot) Alobada (top. e n.), alobada (f. alobado) alobadado (céu com nuvens negras), alobado (da cor do lobo) Alobre (top. e n.), alóbroge (alóbrogo), alóbrogo (rústico), alfobre (viveiro) alobreguecer (anobreguecer), anobreguecer (dial.: escurecer) alóbroges (pl. alóbroge), alóbrogos (povo da Gália) alocação ((om) ato de alocar), alocução ((om) elóquio), elocução ((om) enunciação), locução ((om) frase) alocado (de alocar), aloucado (de aloucar) alocinésico (alocinético), alocinético (rel. à alocinesia) alocromático (alocrómico), alocrómico (com alocromia), halocrómico (com halocromia) alocromia (mudança de cor), alocromatia (alocromia), alocromasia (alocromatia), halocromia (coloração de sais) alofone (var. de fonema), alófono (doutra língua) alógeno (alófilo), halogéneo (que forma sal), alogénico (alógeno) alógico (que não precisa demonstração), ilógico (incoerente) aloia (copla; patranha), Aloia (monte), loia (aloia; de loiar) alojar (dar alojamento), aloujar (alousar; aboujar) alolado (está mal ajustado), aloulado (de aloular), aloleado (de alolear) alolear (aturdir), aloular (alolear), aloulear (conturbar), alouliar (insistir) Alombaixo (top.), alombaixo (aló em baixo, nalgum autor) alomorfo (alomorfe), alomorfe (variante dum morfema) alongar (tornar longo), Alongar (top.), alonjar (afastar), elongar (alongar) alongue (de alongar), alonge (longe), alonje (de alonjar) aloque (mistura de vinho branco e tinto), aloque (de alocar) aloquete (loquete), loquete (cadeado) alorado (carregado de dívidas; de alorar), alourado (de alourar), aloirado (alourado) alosna (losna), losna (absíntio) aloucar (tornar louco), alucar (acejar), enloucar (aloucar), alocar (destinar a um fim), locar (alugar), lucar (alucar), alupar (alucar), enlouquecer (aloucar), alouquecer (aloucar), aluscar (alucar), luscar (piscar), losquear (dar losqueada) aloulado (atoleimado), aloilado (aloulado), aloleado (de alolear) alouminhadeiro (alouminhador), alouminhador (que alouminha), alouminheiro (alouminhadeiro), louminheiro (carinhoso), louvaminheiro (lisonjeiro), loaminheiro (louminheiro, nalgum texto), alouvaminheiro (louvaminheiro) alouminho (mimo; de alouminhar), aluminho (alouminho; inspiração, nalguns dics.), alumínio (metal) alourar (lourar), lourar (tornar louro; delourar), laurear (coroar de louros; larear), lourear (lourar; fazer sem ordem), lourecer (lourar), lourejar (lourar), loirar (lourar), aloirar (alourar), alourear (alourar), loirejar (lourejar), delourar (delir), delurar (delourar), deloirar (ventilar), abelourar (rolar) alouvar (louvar), louvar (gabar), loar (ant.: louvar), louvaminhar (lisonjear), alouvaminhar (louvaminhar), alouminhar (acarinhar; louvaminhar), louminhar (alouminhar), acalouminhar (alouminhar), alovear (escrebar) alpargata (alpercata), alparagata (alpargata), alpercata (calçado), alparcata (alpercata), alpergata (alpercata) alpendorada (alpendrada), alpendrada (grande alpendre) alpendre (teito saliente que serve de coberto), pendre (galispo) alperche (alperce), alperce (fruto do alpercheiro) alpes (pl. alpe; pastagens entre montes), Alpes (cordilheira europeia) alpinista (que pratica alpinismo), alpista (alpiste), alpestre (alpícola), alpense (alpino) alpino (dos Alpes), alpino (de alpinar) alpiste (gramínea), alpisto (apisto), apisto (caldo) Alpujarras (top. andaluz), Alpuxarras (top. gal.), alpujarras (pl. alpujarra) alqueire (ant. medida), alqueiro (alqueire) alqueivar (pôr em alqueive), aqueivar (alqueivar; acoubar) alquequenge (planta solanácea), alquequenje (alquequenge) alquilado (de alquilar), alquilato (composto de alquilo e metal) alquilaria (casa de alquiler), alquilaria (de alquilar) alquilo (de alquilar; alcoílo), alcoílo (radical quím.) alquimia (quím. da Idade Média), alquime (ouropel) alquitara (estiladeira; de alquitarar), alquitare (medida; de alquitarar), alquitarra (alquitara), alquitira (substância gomosa), alcatira (alquitira) alquitareiro (alambiqueiro), alquitarreiro (alquitareiro) alrota (de alrotar), arlota (vagabunda; de arlotar) alrotador (que alrota), alroteiro (alrotador) alrotar (bradar), arlotar (vadiar), arrotar (dar arrotos) altabaixo (golpe de alto a baixo), altibaixo (com altos e baixos) Alta Mira (top. gal.), Altamira (top. esp.; n.) altaneiro (que se eleva), alteiro (um pouco alto), alteio (bom tempo; de altear), altejo (relativamente alto), altoeiro (outeiro) alteia (malvaísco; de altear), Alteia (top.) alterado (de alterar), halterado (inseto) alteráveis (pl. alterável), alteráveis (de alterar) alteres (pl. alter; de alterar), halteres (pl. haltere), aliteres (de aliterar) alternado (alternadamente; de alternar), alternato (alternância) altifalante (megafone), alto-falante (altifalante), altissonante (retumbante) altiplano (planalto), altoplano (altiplano) altivez (soberba), altiveza (altivez) altivo (que tem altivez), altívio (louco) alto (elevado), Aalto (arquiteto finês), auto (automóvel) Alto Minho (zona alta do Minho na Galiza), Alto Minho (zona alta do Minho em Portugal) altorelo (altinho), Altelo (n.) alua (de aluar e aluir), aluna (f. aluno; de alunar) aluado (lunático), alunado (de alunar; corpo de alunos), alunato (alunado), aluarado (da cor do luar), alunarado (com lunares), lunado (com forma de meia-lua) aluar (tornar lunático; estragar), aluarar (refletir luz da lua), alunar (pousar na lua), alunizar (alunar), alunissar (alunizar) aluara (de aluar e aluarar), alunara (de alunar) alusiado (irreflexivo), aluciado (de aluciar), aluziado (de aluziar) alucinar (causar alucinação), aluciar (abrilhantar, nalguns dics.), aluzar (alumiar), alusmiar (alurpiar), aluziar (ant.: luzir), aluzir (ant.: luzir) alucinogénio (alucinatório), alucinógeno (alucinogénio), alucinogénico (rel. a alucinogénio) aluda (formiga), aluda (de aludir) alude (desprendimento de neve; de aludir), aluíde (var.: aluí) alue (de aluar), alui (de aluir) alugar (dar ou tomar de aluguer), alugarar (formar lugar) alugara (de alugar), alugara (de alugarar) alugueis (de alugar), aluguéis (pl. aluguel) aluguel (aluguer), aluguer (renda), alugueiro (alugador; aluguer, nalguns dics.), algueiro (argueiro), argueiro (palhinha), argoeiro (pelugem), Alguer (top. sardo), alogueiro (alugueiro, nalguns dics.) aluir (arrunhar), luir (esfregar), diluir (dissolver), abluir (fazer ablução), esluir (diluir), desluir (esluir), luer (luir), esluar (esvair), delir (dissolver) alume (alúmen; de alumar), aúme (alume), alúmen (pedra-ume), alumem (de alumar) alumear (alumiar), alumiar (dar luz), alomear (nomear), anomear (alomear), alumar (alumiar), lumear (alumar), lomear (arc.: alomear), Lomear (top.), aluminar (alumiar; misturar com alume; que tem alume), iluminar (esclarecer), nomear (dar nome), Nomar (n.) alumina (óxido de alumínio; de aluminar), alumia (de alumiar) aluno (estudante; de alunar), aluo (de aluar) aluspiar (alurpiar), aluspar (embriagar) alustre (lôstrego; de alustrar), ilustre (preclaro; de ilustrar), alustro (alustre; de alustrar) aluviais (pl. aluvial), aluviais (de aluviar) aluvial (ref. à aluvião), eluvial (ref. à eluvião) aluvião ((om) inundação), eluvião ((om) eluvium), eluvium (material detrítico), aluviano (aluvial), abluvião ((om) aluvião) alvaiade (componente de pintura branca; de alvaiadar), alveade (var.: alveai), alvalade (cadafalso), Alvalade (rio port.) alvaiada (de alvaiadar), alvada (luz da alva) alvanel (pedreiro de alvenaria), alvanéu (alvanel), alvaner (alvanel) alvar (branco; alvariça), Alvar (top.), alvear (tornar branco), alvejar (alvear), alvarejar (cobrar forças), alverijar (alvarejar), alveirar (alvarejar; pôr alveiros), albeigar (albeirar), albeirar (alveirar), albaiar (parar a chuva), albanhar (mungir), albaquiar (tirar ocultamente produtos da casa de labor), albaqueirar (albaquiar), alvelear (andar o gado dum lado para outro), alventar (aventar), Alvecer (n.), Albecer (n.), albecir (uva tinta) alvará (licença), Alvarão ((am) top.), albarrã (torre de vigia), albarrão (não acasalado), Albarrão (top. e n.) alvaraço (alvaraça), alvarazo (alvaraz) alvarado (que se torna branco), Alvarado (n.), Alvaredo (n.), Alvaredos (top.), alvorado (de alvorar), arvorado (de arvorar) alvarás (pl. alvará), alvaraz (doença) alvardão ((am) néscio), albardão ((om) albarda grande) alvarelhos (pl. alvarelho), Alvarelhos (top. e n.) alvariça (colmeia), Alvariça (top. e n.), alveiriça (f. alveiriço), algariça (alvariça) alvaricoque (albaricoque), albricoque (damasco) alvedro (êrvedo), Alvedro (top. e n.), alvidro (árbitro; de alvidrar), arvedro (alvedro) alveiro (branco; marco; de alveirar), albeiro (alveiro), Alveiro (top.) alveiros (pl. alveiro), Alveiros (top. e n.), albeiros (pl. albeiro) alveitar (veterinário; pesquisar; maltratar), albeitar (cortar fraguiça de arró), alveite (alveitar), alveitre (alveite) alveitaria (profissão de alveitar), albeitaria (de albeitar) alvela (ave), Alvela (n.), albela (alvela) alvelo (branco; pato), Alvelo (n.) alverca (paul), Alverca (top.), alberca (alverca) Alvérnia (região fr.), Arvérnia (ant. Alvérnia) alvíssaras (boas novas), alvíxaras (alvíssaras), alvríssaras (alvíssaras) alvitrar (aconselhar), arbitrar (julgar) alvitre (conselho; de alvitrar), Alvitre (top.), arbitre (de arbitrar), arbítrio (sentença de árbitro), alvedrio (moto próprio) álvitro (conselho), árbitro (mediador), Árbitro (n.) alvo (branco; ventre), Alvo (top. e n.), Albo (n.), álveo (leito de corrente) alvorada (crepúsculo matutino; peça musical; f. alvorado), alvoreada (alvorada; f. alvoreado), Alvoreda (top. e n.), arvoreda (arvoredo) alvoredo (arvoredo), arvoredo (bosque; mastreação), Arvoredo (top.), arvoradura (mastreação, nalguns dics.) Alvorês (top. e n.), alvorece (de alvorecer), alboriço (panterlo; de alboriçar), Alvoris (top.), Álvares (n.), Álvare (top.), Alvares (top.), Alvres (top. e n.), alvres (pl. alvre), árvores (pl. árvore), albores (pl. albor), Albores (n.), alvores (pl. alvor) alvoriçado (de alvoriçar), alburiçado (esguedelhado), alporeado (alporiçado) alvoriçar (alarmar), alboriçar (alvoriçar), alvoraçar (alvoroçar), alvoroçar (entusiasmar), alvorotar (amotinar), alporiçar (alterar), alporizar (alporiçar), alpuriçar (alporiçar), alpurizar (alpuriçar), alvorejar (alvorecer; branquear), alvorecer (começar a amanhecer), arvorecer (arborescer), arborescer (crescer como árvore), arvorejar (cobrir de árvores), alvorar (alvorecer), alvorear (alvorecer), alborear (alvorear), alvoriar (começar a deitar flor), alborotar (alvorotar) alvorotadeiro (alvorotador), alvorotadiço (que se alvorota), alvorotador (que alvorota) alvoroto (alvoroço), alboroto (alvoroto; de alborotar), alvoroço (agitação) ama (aia; f. amo; de amar), Ama (top. e n.), agma (fratura), há-ma (de haver) amábil (amável), amável (afável) amabilíssimo (muito amável), amabilismo (excesso de amabilidade), amabilize-mo (de amabilizar) amaça (de amaçar), Amasa (n. bíbl.), amassa (de amassar), a maça (a maço) amaçai (de amaçar), Amasai (n. bíbl.), amassai (de amassar) amaçar (maçar), amassar (esmagar), emassar (converter em massa), amaciar (tornar macio), amasiar (amancebar), emaciar (tornar magro), amaçagar (esmagar), amaceirar (apoucar), massear (comer massa) amaçaria (de amaçar), amassaria (amassadoria; de amassar) amace (de amaçar), amasse (de amar e amassar) amachucar (amassar), machucar (esmagar; amachucar), machocar (amachocar, nalgum dic.), amaçocar (amaçar), amaçarocar (dar forma de maçaroca), amachocar (amachucar), amaçotar (tascar), amalhucar (pisar com malhuco), amassucar (amassar muito), amassulhar (amassar mal), maçar (dar com maça ou maço), maçotar (maçar), amaçarocar (dar forma de maçaroca) amaço (de amaçar), a maço (aos montões), amasso (amassamento; a maço; de amassar) amada (f. amado; parte de leira; de amadar), hamada (deserto) amadar (dividir em amadas), amadear (fazer meadas) Amadeu (n.), Amadeus (n.), amadeio (de amadear) amado (querido), Amado (n.) amadoiro (digno de ser amado; feitiço de amor), amadouro (amadoiro), amador (que ama), Amador (n. e top.) amadora (f. amador), Amadora (top.), amadoura (f. amadouro) amadorrar (amodorrar), amodorrar (causar modorra) amadurecer (tornar maduro), madurecer (amadurecer), madurar (madurecer), amadurar (madurar), maturar (maturar) amagar (esmagar), amagalhar (amagar), esmagar (calcar), amagoar (magoar), amagostar (debilitar), amagotar (reunir em magotes; ficar o pão mal cozido), amagulhar (amagalhar) âmago (medula), sâmago (alburno), samago (sâmago), amago (princípio; de amagar), ágamo (agâmico) amainar (acalmar), amanhar (arranjar), anainar (acarinhar), mainar (amainar), meinar (infetar-se uma ferida) amais (de amar; pop.: ademais), a mais (de mais; a mais de; ademais) amaldiçoar (lançar maldição), maldiçoar (amaldiçoar), amaldoar (desbastar) amálgama (mistura), amalgama (de amalgamar) amalhão ((om) marco; amalhó), amalhó (amalhoa), amalhou (de amalhar), amalhoa (de amalhoar), Samalhoa (n.) amalhoes (de amalhoar), amalhões (pl. amalhão), amalhós (pl. amalhó) amalocar (reunir em maloca), amalucar (tornar maluco) amalte-a (de amaltar), Amalteia (constelação) amame (pigarço), amã (perdão muçulmano), Amã (cap. Jordânia; ministro de Assuero) amamentar (dar de mamar), amantar (cobrir com manta), mantar (amantar) amamicar (mamicar), mamicar (morder aos poucos) Amâncio (n.), Amanso (top.), amanso (de amansar), amanse-o (de amansar), Amândio (n.) amanda (de amandar), Amanda (n.) amande (de amandar; dial.: amai), Amande (top.), Amândi (top. e n.) amando (de amar e amandar), Amando (n.) amanhã (no dia seguinte), manhã (1ª metade do dia), Manhã (top. e n.), amanham (de amanhar), de manhã (de madrugada), dimanhã (manhã) amanhais (de amanhar), amanhãs (pl. amanhã) amanhece (de amanhecer), amanhe-se (de amanhar) amanhecer (romper o dia), amencer (amanhecer), amecer (ligar; misturar; engadir; ser, ter, vir, em baralhete), mencer (amencer), amaecer (amanhecer), amaicer (amanhecer), ameicer (amanhecer), amancer (amanhecer) amanhecida (f. amanhecido), Amanhecida (top.) amante (que ama; cabo grosso; amoroso; suave; de amantar), amador (apreciador; amante) amantilhar (pôr amantilho; fazer-se amante; emantilhar), emantilhar (cobrir com mantilha) amantinho (agarimoso), amantino (de Amância), amantilho (cabo; de amantilhar) amar (querer), Amar (n. corânico), Hamar (top. escandinavo e árabe) amara (de amar e amarar; f. amaro), Amara (prov. etíope onde se fala amárico; n.) amáraco (planta), amárico (língua da Abissínia), ambárico (ambarino) amarais (pl. amaral), amarais (de amarar) amaral (casta de videira), Amaral (n.) amaram (de amar e amarar), amárom (grafia alternativa do pret. perf. amar), amarão ((om) morango; (am) de amar) amaramos (de amarar; dial.: amáramos), amáramos (de amar) amaram-te (de amar), amarão-te (amar-te-ão), Amarante (top. gal. e port.; n.), amaranto (planta) amaranhar (emaranhar), emaranhar (enredar), amaranhoar (enxovalhar), embaranhar (emaranhar), embarbalhar (cair o cuspe), maralhar (enredar) amarar (pousar na água), emarar (amarar), emarear (enjoar no mar), marear (governar; enjoar), marejar (gotejar; marear), amarear (emarear; parar alude; murchar), amarejar (amargar), amarescer (sentir amargura), amaroar (cobrir o carneiro a ovelha), amerar (dar a mera; danar as plantas), ambrar (mover-se excitando), ambrear (perfumar com âmbar), amerissar (gal.: amarar) amarela (f. amarelo; de amarelar), Amarela (top.), Marela (top.), marela (f. marelo; de marelar), amarilha (caquexia aquosa), marilha (amarilha) amarelante (papa-figos), marelante (amarelante) amareleça (de amarelecer), amareleza (amarelidão), Amareleja (top.), amaresça (de amarescer) amarelece (de amarelecer), amarele-se (de amarelar) amarelecer (tornar amarelo), emarelecer (amarelecer), amarelar (amarelecer), amarelear (amarelar), amareliar (amarelear), amarelejar (tornar-se amarelo), marelar (amarelar), marelecer (amarelecer), mareliar (marelar) amareleiro (tirando a amarelo), mareleiro (oureolo) amarelhe (planta), Amarelhe (top.) amarelo (entre verde e alaranjado; de amarelar), Amarelo (n.; mar; rio), marelo (amarelo; de marelar), marel (padreador), mareleiro (oureolo) amarense (de Santo Amaro), amaresce (de amarescer), amarescente (amargoso) amares (de amar), Amares (top.) amarfalhar (amarfanhar), amarfanhar (maltratar), amarafanhar (confundir), marafalhar (fazer mal um trabalho), marafunhar (marafalhar), marfolhar (tirar os ladrões ás videiras; ondear como marfolho), amarfinar (tornar semelhante ao marfim) amargor (qualidade de amargo), amargura (amargor; de amargurar), amarguejo (amargor) amargurar (causar amargura), amargar (tornar amargo), amarogar (começar a tombar-se o linho) amarias (de amar), Amarias (n. bíbl.) amariçar (juntar-se o gado), amarissar (amarar), amarizar (amarar) amaro (amargo; de amarar), Amaro (Mauro; top.), amara-o (de amar), Mauro (n.), mauro (mouro) amarradalha (agarradalha), amarradeira (corda para amarrar), amarradoira (amalhó), amarradura (ato de amarrar), amarralhadura (ato de amarralhar), amarralha (ferro para fechar; atadeira), marralha (de marralhar), marradela (terreno onde falta o fruto) amarradeiro (amarradeira), amarradoiro (lugar onde se amarra), amarradouro (amarradoiro), amarrador (que amarra) amarralo (amalhó), amarrá-lo (de amarrar) amarrar (prender com amarra), marrar (dar marrada ou bater com marrão; estudar muito; amarrar), marralhar (folgar), amarrotar (amarfalhar; pôr em marrotes), amarrear (derrear) amarrote (de amarrotar), amarro-te (de amarrar), marrote (martelo grande; medeiro) amarugem (amarume), amarujem (de amarujar) amas (pl. ama; de amar; pop.: ambas), ambas (as 2), âmbalas (amba-las), amba-las (ambas as), âmalas (pop.: âmbalas), ama-las (de amar) amásia (concubina), amasia (amásia; de amasiar), amacia (de amaciar), Amásia (cid. ant.), amace-a (de amaçar), amasse-a (de amar e amassar) amasónia (planta), amazónia (f. amazónio), Amazónia (região), Amazônia (Amazónia) amassadeira (masseira), amassadoira (f. amassadoiro), amassadora (f. amassador), amassadura (fornada) amassadoiro (amassadeira), amassador (que amassa), amassadouro (amassadoiro) amassemos (de amassar; var. dial.: amássemos), amássemos (de amar), amacemos (de amaçar) amatala (de amatalar), amatá-la (de amatar) amaurose (enfraquecimento da vista), amourou-se (de amourar) amáveis (pl. amável), amáveis (de amar) amável (agradável), Amável (n.) amazonas (pl. amazona), Amazonas (Maranhão; estado do Brasil), almazonas (gigantes das festas) amazónico (rel. ao Amazonas), amazónio (amazónico), maçónico (rel. à maçonaria) ambages (rodeios), Ambaxe (top. Angola), Amboage (top. e n. gal.) ambão ((om) ambom), ambom (púlpito), amboim (língua banta), Ambam (top. Camarões), Ambon (top. indonésio e fr.), Ambão ((om) Ambon), amboa (tinalha), âmboa (ola), ambo (jogo infantil), Ambo (top.) ambiciar (ant.: ambicionar), ambicionar (ter ambição) ambidestro (que usa ambas as mãos), ambidextro (ambidestro) ambiguo (de ambiguar), ambíguo (equívoco), ambívio (encruzilhada), Ambívio (n. rom.), anfíbio (que pode viver em 2 meios) ambiopia (diplopia), ambliopia (visão deficiente) âmbito (recinto), ândito (passeio lateral), âmito (âmeto), âmeto (dial.: âmbito), ame-to (de amar) ambivalência (qualidade de ambivalente), bivalência (propriedade de radical bivalente) ambivalente (de 2 valores), bivalente (de 2 valências) amboade (lugar onde se fabricam amboas), Amboade (top. e n.) ambre (âmbar; de ambrar), Ambre (top. e n.) ambroa (ao longe), Ambroa (top. e n.) ambroinho (ameixa), ambruinho (fruto do ambruinheiro), ambruinha (ameixa pequena) ambrosia (manjar dos deuses), ambroesa (cereija carnosa), ambruesa (ambroesa), ambrósia (planta; f. ambrósio; ambrosia) ambrosíaco (rel. à ambrosia), ambrosino (ambrosíaco), ambrosiano (rel. a S. Ambrósio), ambrósio (ambrosíaco), Ambrósio (n.) âmbulas (pl. âmbula), âmbolas (pop.: âmbalas), âmbalas (amba-las), amba-las (ambas as), âmolas (pop.: âmbolas), âmboas (pl. âmboa) ambulatório (ambulativo), deambulatório (passeio) ameça (de ameçar), ameça (de amecer) ameaçante (ameaçador), ameaçador (que ameaça) ameaçar (fazer ameaças), ameçar (ameaçar), miaçar (ameaçar) ameace (de ameaçar), ameasse (de amear), amece (de amecer e ameçar) ameaço (ameaça; de ameaçar), ameço (de amecer e ameçar) ameaira (madeiro que une os proponços), amieira (amieiro) ameais (pl. ameal), ameais (de amear), amiais (pl. amial), ameãos (pl. ameão) ameal (amial), amial (lugar de amieiros), Ameal (top. e n.), Amial (top. e n.), ameão (correia que amarra o coiro da maça do malho), amiã (margem alagadiça) amear (prover de ameias; jungir; compartir; fazer meias), amealhar (guardar em mealheiro), amedalhar (dar forma de medalha), amenar (produzir muito fruto) ameba (protozoário), amiba (ameba) ameboide (semelhante a ameba), amiboide (ameboide) amedigar (medir), mendigar (esmolar), amidigar (amedigar) amedrontar (meter medo), amedonhar (amedrontar), amedrentar (fazer medrar; amedrontar) amegado (que não se desenvolve economicamente), ameigado (de ameigar), ameicado (que medra pouco), amigado (de amigar) ameia (parapeito denteado; de amear), amena (f. ameno) ameigar (embruxar; afagar), emeigar (ameigar), emeigalhar (emeigar) ameija (molusco), amêijoa (ameija), ameixa (drupa), amexa (ameixa), amêixoa (ameixa) ameijoa (de ameijoar), Ameixoa (top.), ameijoada (f. ameijoado; guisado de amêijoas; pasto onde pernoita o gado; ameixoada), Ameijoada (top.), ameixoada (componenda) ameijoeira (aparelho de pesca), ameixieira (ameixoeira), ameixeira (ameixieira), ameixoeira (árvore), Ameixoeira (top.), Ameixeira (top. e n.), Ameixieira (top.), meijeira (excremento da galinha) ameinada (festa de fim de ano), amainada (f. amainado) Ameiro (top.), amieiro (árvore), Amieiro (top. e n.), Ameneiro (top. e n.), ameneiro (amieiro), abeneiro (ameneiro) Ameixenda (top.), Ameijenda (n.), amesenda (de amesendar) ameixial (onde se dão as ameixeiras), ameixal (ameixial), Ameixial (top.), Ameixal (top.), ameixeiral (ameixal), ameixil (travessa do arado), amaixil (ameixil), meixil (meixelo), menxil (meixil), mansil (meixil), minxil (teiró) ameixide (ameixil), Ameixide (top. e n.), Meixide (top. e n.), ameixedo (ameixal), Meixedo (top. e n.), Mexide (top. e n.), meixedo (meixelo) amelia (carência de membros), Amélia (n.) amelado (da cor do mel), ameloado (meloniforme) amelar (adoçar), emelar (fazer mel) amelasse (de amelar), amilase (fermento), amilose (parte principal da fécula) amelegar (amolegar), amelgar (estragar a melga) amem (ameiva; de amar), ámen (amém), âmen (grafia bras. de ámen), amém (assim seja; dial.: amei), amene (de amenar) amendoim (mendubim), mendubim (mendubi) amendoína (composto da amêndoa), amendoinha (dim. amêndoa), Menduinha (n.) ameninar (dar aparência de menino), ameninhar (ameninar), anenar (ameninar), aninar (ninar; rebater ponta da cavilha; aninhar), ninar (fazer dormir com cantiga) ameno (agradável), ameno (de amenar) amenos (pl. ameno), a menos (a não ser), amenoso (ameno) améns (pl. amém), ameis (de amar), amenes (de amenar), amense (de Ames) amensão ((om) atenção), amesão (amense) amentar (trazer à mente; ligar com correias), aumentar (tornar maior), mentar (pop.: amentar), ementar (fazer ementa; mentar), comentar (fazer comentário) ame-o (de amar), âmio (planta), Âmio (top.), âmnio (saco do líquido amniótico) ames (de amar), Ames (top. e n.) amestar (emestecer; juntar redes), amistar (fazer amizade), emestar (pôr mesto), mestar (amestar), emestecer (emestar), mistar (tingir redes na mista), amizar (amainar a chuva; amistar, nalguns autores), amissar (amizar), missar (dizer missa) amesterdanês (de Amesterdão), amesterdamês (amesterdanês), amsterdamês (amesterdamês) ameter (deitar água), meter (pôr dentro) ametista (pedra semipreciosa), amatista (ametista, nalguns dics.) amicia (planta), amicícia (amizade) amício (efeito favorável de medicina), emício (amício) amicto (pano sob a alva), amito (amicto) amidão ((om) amido), amido (fécula; de amidar), imido (imida), amidone (de amidonar) amidar (preparar com amido), amidalar (amigdalar), amigdalar (amigdaloide), amidonar (preparar com amido), amidoar (amidonar) amidina (princípio do amido), amidona (amidina) amieiral (amial), Amieiral (top.), ameneiral (amieiral), Ameneiral (top.) amieiros (pl. amieiro), Amieiros (top.), Ameneiros (top. e n.), ameneiros (pl. ameneiro) amigalhar (fazer migalha), amigar (tornar amigo) amigança (amigação), amigaça (f. amigaço) amígdala (tonsila), amídala (amígdala) amigo (que tem amizade; de amigar), Amigo (top. e n.) Amil (top.), Amil (n.) amilhar (dar milho), amilharar (juntar) amilharado (que tem mílharas; de amilharar), amilhado (de amilhar), milharado (crustáceo) amimar (dar mimo), mimar (fazer mímica; amimar), amimalhar (mimar demais) amina (derivado do amoníaco), emina (medida de áridos) aminácido (aminoácido), aminoácido (ácido orgânico), amináceo (rel. a amina, nalgum texto), aminado (que tem amina), animado (que tem animação) aminguar (minguar), minguar (diminuir) aminículo (ant,: adminículo), adminículo (ajuda) âmio (planta), âmi (âmio), âmnio (membrana do feto) amissível (que se pode perder), admissível (aceitável) amistade (var.: amistai; amizade), amizade (simpatia), amissade (var.: amissai) amiúde (frequentemente; de amiudar), a miúdo (amiúde), Amiúd (pers. bíbl.) amnésia (perda da memória), amnesia (amnésia; de amnesiar) amnésico (que tem amnésia), mnésico (rel. à memória) amnistia (perdão; de amnistiar), anistia (qualidade de anisto; amnistia; de anistiar) amnistiar (dar amnistia), anistiar (amnistiar), amnesiar (causar amnésia) amo (dono; de amar), Amo (top. russo; n.), Hamo (top. turco), há-mo (de haver) amoada (foliada; f. amoado; de amoadar), amoiada (f. amoiado), amuada (f. amuado), muada (amuada), moada (sorça) amoado (pasta de filhós; amuado), amoiado (aparvado; de amoiar), amuado (taciturno; de amuar), moado (moada), amauado (apeteirado) amoar (amuar), amuar (enfadar; não obedecer um animal), amoiar (avaliar em moios), amolhar (juntar em molhos), molhar (embeber), amolhoar (juntar gavelas em molhos), amonlhar (amolhar), demolhar (pôr de molho) amocar (esconder; bater com moca; molestar), amoucar-se (tornar-se tristonho) amocelo (anzol), amosse-lo (de amossar), amucelo (amocelo), amozelo (amocelo) amochar (aguentar), amouchar (amochar), amouxar (entesourar), amojar (ter amojo) amodo (a modo, nalguns dics.), a modo (devagar) amoedo (de amoedar), Amoedo (top. e n.) Amoeiro (top.), Amoeiro (n.) amofar (colher mofo), amofinar (tornar mofino), amoinar (moinar), moinar (esmolar), abufinar (transtornar a cabeça; amofinar), abufinhar (peidear) amoitar (esconder), amuitar (aumentar) amolachado (de amolachar), amolaxado (abatido) amolachar (amolegar), amolanjar (amolar), amolancar (amolegar) amoladeira (amoladora), amoladoira (amoladeira), amoladora (f. amolador), amoladura (ato de amolar) amolancado (de amolancar), amolangado (machucado), amolengado (de amolengar) amolante (amolador), amolam-te (de amolar), amolanchim (amolador), amolador (que amola), amoladoiro (pedra de amolar; amolador, nalgum texto) amoldáveis (pl. amoldável; de amoldar), moldáveis (pl. moldável; de moldar) amoleça (de amolecer), moleza (molícia), molícia (molície) amolece (de amolecer), amole-se (de amolar) amolegadura (ato de amolegar), amolgadura (amolegadura) amolem-te (de amolar), amolente (de amolentar), amolecente (que amolece) amolentado (de amolentar), amoletado (semelhante a molete) amoleto (rolha), amuleto (talismã) Ámon (deus egípcio; rei de Judá), Ámon (progenitor dos amonitas; ant. Amã) amoníaco (composto de azoto e hidrogénio NH3), amónio (íon NH4; rel. a Ámon), Amónio (filósofo gr.) amonita (povo palestino; explosivo), amonite (fóssil) amontão ((om) preguiçoso), amontom (amontão) amontoar (pôr em montão), amontar (dar forma de monte; mandar para o monte; montar), amontear (montear), montear (caçar no monte; fazer monteia; dar 2ª sacha), montar (pôr-se a cavalo) amontões (pl. amontão), amontoes (de amontoar), amontons (pl. amontom), a montões (a montes) amor (afeto), Amor (top. e n.), A Mor (top.), Amur (rio da Sibéria) amorado (da cor da amora; namorado), amurado (de amurar), amoreado (de amorear), amourado (anegralhado), amoureado (de amourear), amorenado (um tanto moreno), morenado (amorenado) amorais (pl. amoral; de amorar), amurais (de amurar), amoreais (de amorear) amordaçar (pôr mordaça), emordaçar (amordaçar), mordaçar (aplicar mordente) amoreadoiro (cantadeira), amoriadoiro (amoreadoiro) amorear (amontoar), amorenar (tornar moreno), amourear (fechar), amouroar (amourear), amourecer (escurecer), emourecer (amourecer), morear (amorear) amorei (de amorar), amoreei (de amorear), amoreie (de amorear), amoreia (moreia; amoré; de amorear) amores (pl. amor; planta; de amorar), Amores (top. e n.), amorês (cereija) amorfalhar (amarfalhar), amarfalhar (fazer dobras), amorfanhar (tapar) amorico (amorio; de amoricar), namorico (de namoricar) amorim (variedade de pera), Amorim (top. e n.) amorinha (dim. amora), Amorinha (top. e n.), amurinha (molusco; dim. amura) amorinho (amorico), amorzinho (dim. amor), amurinho (fruto do espinho) amorinhos (amoricos), amorzinhos (pl. amorzinho), amorezinhos (amorinhos), amoricos (namoricos), amorios (pl. amorio), amurinhos (pl. amurinho) amormar (causar mormo), amormanhar (marmanhar), amormiçar (amormar), amormecer (adormecer, nalguns textos) amornar (amornecer), amornecer (amornentar), amornelar (dispor em mornelos), emornar (amornar), emornecer (amornecer), mornar (amornar), mornear (mornar), morniar (dar voltas sem resolver-se) amorodeira (amorilhoteira), morodeira (amorodeira), merodeira (morodeira), merogueira (morodeira), moroteira (morodeira), amerodeira (amorodeira), amorilhoteira (planta do amorilhote) amorrar (amorroar), amorroar (não querer falar), amorrer (apagar-se), morrer (falecer) amorreu (ant. povo), amorreu (de amorrer) amorrinhar (encher-se de morrinha), morrinhar (amorrinhar), emorrinhar (amorrinhar), amorroar (acender mal) amortecer (desfalecer), amortiçar (tornar mortiço), amortizar (descontar), amortujar (amortecer), amortalhar (envolver em mortalha), amortivigar (ant.: mortificar), amortigar (amortecer), amortigueirar (amortigar), amortiguar (amortigar), amortinhar (amorrinhar), amortificar (amortecer), amortear (esmorecer), amortoriar (amortecer) amos (pl. amo; pop.: ambos), ambos (os 2), âmbolos (ambo-los), ambo-los (ambos os), âmolos (pop.: âmbolos) amossar (fazer mossa; pop.: amostrar), amoçar (remoçar, nalgum texto), Amozar (n.), amostrar (mostrar), mostrar (exibir), mossar (amachucar), moçar (tirar a virgindade), mouçar (golpear), musar (passar o tempo), moucear (mouçar), mocear (viver a mocidade), mocejar (mugir a vaca pela cria), mossejar (mocejar), amossegar (fazer amossega), amoxegar (mordiscar; amossegar), amocegar (ant.: amossegar), amorcegar (morcegar), amorsegar (morsegar), amurciar (tomar múrcio), amurchar (murchar), amoxetar (amoxegar), moxetar (moxegar), amossecar (amoscar), amujicar (amoxetar), amoscar (fugir às moscas; amossegar) amostra (prova; de amostrar), amossa (pop.: mostra; de amossar), mostra (amostra; de mostrar), monstra (f. monstro), amossega (amossa), moxega (amossega; canoura), amóssega (amossega, nalguns autores), mossega (moenda; entalhe; de mossegar), móssega (mossa), mocega (afeiçoada aos moços), muxega (moxega) amostragem (amostra), amostrassem (de amostrar), amostrança (amostra), mostrança (aparência), mostragem (amostragem) amotinar (pôr em motim), motinar (amotinar) amouroado (de amouroar), amouruado (enegrecido) amovível (transferível), movível (móvel), amovíbil (ant.: amovível), movíbil (ant.: movível) amoxamar (secar com moxama), moxamar (secar ao fumo) amparar (dar amparo), emparar (pop.: amparar) amparáveis (de amparar), emparáveis (de emparar), imparáveis (pl. imparável) amparo (proteção; de amparar), Amparo (top. e n.), emparo (apoio; de emparar) ampeeira (ampieira), ampieira (respiração dificultosa) ampere (unid. intensidade elétrica), ampério (ampere, nalguns dics.) amperímetro (aparelho que mede amperes), amperómetro (amperímetro) âmpio (ápio), ápio (aipo), aipo (planta) amplexicaule (folha que abraça caule), amplexicaude (membrana ligada às pernas) amplexivo (ampletivo), ampletivo (que envolve) ampliação ((om) alargamento), amplificação ((om) ato de amplificar) ampliar (alargar), amplificar (tornar amplo), amplear (dar liberalmente) amplidão ((om) largueza), amplitude (amplidão) amplio (de ampliar), amplo (largo), ampleio (de amplear) ampola (empola; de ampolar), ampula (ampola), ambula (de ambular), âmbula (vaso de stos. óleos), empola (formação vesiculosa; de empolar), empô-la (de empor), emporla (de emporlar), ampela (extremo do eixo do carro), Ampela (top. e n.), ampenla (torno que segura a roda no eixo), empenla (parte do eixo), empela (de empelar) ampoleta (ampulheta, nalguns dics.), ampulheta (relógio de areia) amudecer (emudecer), emudecer (perder a fala) amulherar (efeminar), amulherengar (amulherar) amuo (enfado; de amuar), amoo (de amoar) amurada (parapeito do navio; f. amurado), amorada (f. amorado), amurrada (queima de torrões; f. amurrado) amurar (prender amura; murar; amuralhar), amuralhar (cercar de muralha) amurciado (que tem múrcio), amursiado (pão milho doce por se ter requentado o grão) amusar (emborrachar), amusiar (azedar) ana (alna), aná (do receituário méd.: cada), anã (f. anão), Ana (top. e n.), ânua (f. ânuo), ácnua (medida agrária rom.) anabaptista (anabatista), anabatista (que professa o anabatismo) anaba-se (de anabar), anábase (período em que uma doença progride), Anábase (obra de Xenofonte), anabasia (recrudescimento), anáfase (fase da mitose) anabolena (rabissaca), Ana Bolena (rainha ing.) anacampto (série de notas descendentes), anacanto (peixe brando) anacar (fazer anacos), anacarar (dar cor de nácar) anaçar (agitar; intimidar), anassar (anicar; pescar com nassa), anãzar (tornar anão) anacarado (que tem cor de nácar), anacardo (anacárdio), anacárdio (fruto) anaclético (canto guerreiro), anaclítico (rel. à anaclisia) anaco (pedaço; anejo; de anacar), naco (anaco), anco (recanto), nico (naco; de nicar), nhaco (naco), aneco (anaco) anacoreta (eremita), ancoreta (pequena âncora), angoreta (ancoreta), ancorote (ancoreta) anada (colheita; de anadar), anata (renda anual; de anatar), adnata (túnica da conjuntiva) anadar (nadar), nadar (flutuar e mover-se na água), nadejar (nadar mal) anadaria (cargo de anadel; de anadar), andaria (de andar) ânade (adem), anade (de anadar), anate (árvore), ânate (ânade) anadel (capitão de besteiros), andel (prateleira), Andelo (top. e n.) anado (alagado; de anadar e anadir), anato (urucu), a nado (nadando) anafiláctico (rel. à anafilaxia), anafilático (anafiláctico) Anagaça (top.), anagaça (ant.: negaça), anegaça (artifício para atrair com engano), negaça (engodo), negasse-a (de negar), negaceia (de negacear), anegasse-a (de anegar) anágua (saia), enágua (anágua), enauga (enágua; de enaugar), anagua (de anaguar) anaguar (anagar), enaugar (deitar água com enaugadoiro), anagar (anegar), anegar (alagar), anebar (anegar), enebar (não chegar a nascer o sementado), anegalhar (atar com negalho), anagalhar (atar com nagalho) anais (crónica; pl. anal), anãs (pl. anã), Anás (n.), anaz (inseto) analecto (analecta), analéptico (fortificante), Anacleto (n.), anaplecto (inseto) analepse (analepsia), analise (de analisar), anaclise (tendência a se apoiar noutras pessoas), anáclase (inflexão articular), anaclisia (decúbito) analgia (analgesia), analogia (semelhança), analgesia (insensibilidade) análgico (rel. à analgia), analgésico (análgico) analidade (qualidade de anal), anualidade (qualidade de anual) analina (pó de gesso), anilina (corante) analisando (que está em tratamento psicanalítico), analisando (de analisar) analisáveis (pl. analisável), analisáveis (de analisar) analista (que analisa), analista (que escreve anais) analítico (rel. a análise), anaclítico (rel. a anaclise) análogo (que tem analogia), analógico (rel. à analogia) Anamã (top. gal.), Anamão (top. port.), Aname (região do Vietname) anamita (rel. a Aname), anamista (partidário do Aname), animista (sectário do animismo) anamnese (anamnesia), anamnesia (anamnésia) ananico (anainho; de ananicar), nanico (ananico) anão (muito pequeno), Hanão ((om) navegador cartaginês; general cartaginês), anau (pop.: nau), Anau (top.), Hanau (cid.), anano (fruto parecido à maçã; anão), Anano (sumo sacerdote herodiano), Anânio (poeta gr.), nano (cordeiro ao nascer; el. que exprime a ideia de muito pequeno; de nanar), enano (anão, nalguns dics.), inano (de inanir) anãos (pl. anão), anões (anãos), anoes (de anoar), anuis (de anuir) anarco (rel. a anarquia; anarca), narco (rel. a narcótico) anarmónico (sem harmonia), inarmónico (desarmonioso) Anastácio (n.), Anastásio (n.), anastácio (palerma), Nastácio (n.), anatásio (octaedrite) anastáltico (adstringente), anastático (fac-similar) anástase (anádromo), anátase (anatásio), Anastase (n.), anastomose (junção de vasos) anastasia (anástase), Anastásia (n.), anataxia (colocação normal de órgão) anatresia (anatrese), anatripsia (fricção) anca (garupa), Anca (top. e n.), anga (asa; enguiço), Anga (top.) ancarense (de Ancara), ancarês (dos Ancares), ancarão (ancarense, nalguns textos) Ancede (top. port.), Ansede (top. e n. gal.) anceia (crustáceo), anseia (de ansiar) ancéis (pl. ancel), Anceis (top.), ancis (pl. ancil) ancel (anzol), Anceu (top.), anseio (anelo; de ansiar e ansear), ancelo (anzol; de ancelar), ancil (escudo rom.), ancila (serva) ancha (f. ancho; de anchar), anja (pop.: f. anjo), Anja (n.), ancheia (de anchear) anchar (anchear), anchear (ensanchar), ensanchar (alargar) anchoado (preparação de anchovas), achoado (aparvado), anchovado (preparado com anchova) anchor (anchura), anchura (largura) anchos (pl. ancho), anjos (pl. anjo), Anjos (top. e n.) ancião (velho), Ansião (top.) anciãos (pl. ancião), anciães (anciãos), Ansiães (top.), ansiais (de ansiar) ancilar (ref. a ancila; em forma de ancil), ancelar (anelar), anceliar (ancelar) ancilosar (causar ancilose), anquilosar (ancilosar) ancilose (ossificação; de ancilosar), anquilose (ancilose; de anquilosar) ancinho (angaço; de ancinhar), anzinho (ancinho), azinho (azinheira), encinho (ancinho; de encinhar), uncinho (encinho), enzinho (azinho, nalgum texto), enzinheiro (enzinho) anclo (tenaz), anglo (da Inglaterra), anglo- (rel. à Inglaterra) Ançó (top.), ançó (anzol, nalguns dics.), Ansom (n.), anzão ((om) cousa pequena), anzol (engodo), Anço (top.), Ansói (top.), anzolo (bracelete; ant.: anzol), Anzolo (n. it.) ançoar (ansiar, nalguns dics.), ansoar (ançoar), Ansoar (n.), ansiar (anelar), ansear (ansiar), anceliar (ansiar), ançoelar (ançoar, nalgum texto), ansuelar (ansiar), ançuelar (ansuelar) ancolhas (velhez), encolhas (de encolher) âncora (arpão para fundear; raiz adventícia da pataqueira), ancra (parte dianteira da fouce) ancorado (de ancorar), encorado (de encorar), encarado (de encarar) ancoradoiro (ancoradouro), ancoradouro (fundeadouro), encoradoiro (lugar onde a água encora) Ancorage (porto de Alasca), ancoragem (ancoração), ancorassem (de ancorar) ancoréis (pl. ancorel), ancoreis (de ancorar) anda (varal; de andar), handa (rel. aos handas) andadeira (f. andadeiro; tira de pano que sujeita criança), andeira (f. andeiro), andarela (andadeira) andaime (estrado), andai-me (de andar), andaimo (andaime), andaina (andana; caminhada), andai-na (var.: andai-a), andana (fileira), andança (ação de andar), andaço (epidemia curta), andácio (andaço), andage (andaço), andagem (casa dum andar), andâmio (ato de andar; corredor; andaime), andamo (carreiro), Andamã (top.), Andamão ((am) Andamã) andamos (pl. andamo; andaimos; pres. e pret. perf. andar), anda-mos (de andar), andanhos (recantos), andâmios (pl. andâmio; ires e vires) andarejo (andejo), andejo (andador), andarengo (andarego), andarego (andarejo), andarilho (andarengo), andarim (andarilho), andarinho (andarzinho), andeiro (andarego), Andeiro (top. e n.), andadeiro (andador), andareiro (andarengo), Andarel (n.), andegueiro (andego) andares (pl. andar; fut. subj. e inf. andar), andores (andas) andarivel (andarivelo), andarivelo (cabo para içar), andrebelo (cabo de içar), andaruvel (corda que atravessa um rio), estarivel (telderete) andas (varas de andor; de andar), handas (povo de Angola), andes (andas; de andar), Andes (cordilheira americana; top. gal.), ânades (pl. ânade), ândias (andas) andáveis (pl. andável), andáveis (de andar) ande (de andar; pois), Ande (top. gal.; n.), hão de (de haver) andéis (pl. andel), andeis (de andar), andéns (pl. andém) andém (presa num rio; dial.: andei), Andeu (top.) andesite (andesina), andesito (rocha microlítica), andesia (ondulação dentro do porto), andesina (feldspato) Andião ((om) top. e n.), Andão ((om) top.) andino (dos Andes), Andino (n.) andoa (cogumelo), andoba (mulher descuidada), andola (avelainha) andorinha (ave), Andorinha (top.), andolinha (borboleta), arondinha (andorinha), andurinha (pop.: andorinha) andorinho (cria de andorinha; andarilho; cabo para pear estribos), Andorinho (top.), andorinhão ((om) andorinho), andurinho (pop.: andorinho) Andrada (n.), Andrade (top. e n.), Andreade (top.) andrajoso (farrapento), aldrajoso (que encerra aldraje) André (n.), Andreia (n.), andreia (andreácea; pop.: cona), Ândria (n.), -andria (rel. a homem), Andreu (top. e n.) androgenia (rel. à geração do homem), androginia (androginismo) androgénico (rel. à androgenia), androgínico (rel. à androginia) andrógeno (androgenésico), andrógino (androgínico), Andrógeo (Androgeu), Androgeu (pers. mit.) andrómana (andromaníaca), andrómena (andrómina), andrómina (endrómina), endrómina (enredo), endrómena (endrómina), endromina (de endrominar), andómena (embrulhada), andrómeda (planta), Andrómeda (constelação) andurviada (enxurrada), andruviada (falcatruada) anebrado (de anebrar), anefrado (de pequena estatura) anedo (sem órgãos sexuais; inseto), Anedo (n.), Anido (top. e n.), anido (de anir), anídeo (informe) anegrejar (anegrar), anegrentar (anegrar), negrejar (tornar negro), negrecer (tornar-se negro), anegrecer (enegrecer), enegrecer (tornar negro), denegrecer (enegrecer), denegrir (denegrecer), denigrir (denegrir), denigrar (denegrir), anegrar (anegrecer), anegrir (anegrar) aneiro (que depende do ano), Aneiro (top. e n.), anego (árvore aneira; de anegar) aneiros (pl. aneiro), Aneiros (top. e n.) aneixa (rábano silvestre; f. aneixo), anexa (de anexar) anejo (de um ano), anexo (anexado), aneixo (anexo, nalgum dic.), Aneixo (n.) anel (argola), anela (peixe; de anelar), anele (de anelar), anelo (desejo; de anelar; anel; elo), agnelo (anho), Agnelo (n.), anelho (anejo), Anelho (n.), Anelhe (top.) anelado (em forma de anel; de anelar), anilado (de anilar) anelante (que anela), aneloso (anelante, nalgum dic.) anelasticidade (variação da elasticidade), inelasticidade (falta de elasticidade) anélido (anelídeo), anélito (alento) anemia (astenia; de anemiar), acnemia (falta de pernas) anémico (que tem anemia), acnémico (rel. a acnemia), mnémico (mnemónico) anergia (falta de reação), energia (força), anenergia (anergia) aneróbio (que pode viver sem ar), anaeróbio (aneróbio) anestesia (analgesia; de anestesiar), anactesia (convalescência), anesia (desaparição de sintomas) anestésico (que anestesia), anactésico (anactético), anactético (rel. à anactesia) aneto (endro), Aneto (monte dos Pirenéus), anete (arganéu), Anete (n.) anexação ((om) ato de anexar), anexão ((om) anexação, nalguns dics.) anfibiologia (estudo dos anfíbios), anfibologia (ambiguidade) anfíbola (minério), anfíbolo (anfíbola), anfibólio (anfíbola) anfibologista (que usa anfibologia), anfiboloxisto (xisto de anfíbola e quarço) anfido (ânfido), ânfido (sal com oxigénio), áfido (inseto) anfigénio (silicato de potássio e alumínio), anfígeno (que funciona como ácido ou base) anfioxo (protocordado), anfíscio (habitante da zona tórrida) anfitriã (f. anfitrião), anfitrioa (anfitriã) anfitrião ((om) hospedeiro), Anfitrião ((om) filho de Alceu) anfracto (tortuoso), infracto (quebrado), anfraito (anfracto, nalguns dics.) angaça (engaça; de angaçar), engaça (entulho de palhas; de engaçar) angaçadeiro (engaçadeiro), engaçadeiro (que engaça) angaço (apeiro; de angaçar), engaço (angaço; de engaçar), ancaço (angaço) angade (engaço; var.: angai), engade (de engadir; var.: engai) Angara (rio da Sibéria), Angora (ant. n. de Ancara), angora (gato de Angora), ângora (raiz que se agarra ao solo) angarela (conjunto de fueiros), engarela (peça formada por 2 travessas e 2 fueiros), engare-la (de engar), angarelha (padiola; de angarelhar), angarilha (verga que resguarda louça), angaria (angueira, nalguns dics.; de angariar) angarelhar (chafalhar), angaralhar (angarelhar), angariar (obter) angarelho (angarelha; de angarelhar), angarelo (andante), angaralho (arte de pesca; de angaralhar), angaranho (enganido) angélica (f. angélico; planta), Angélica (n.), angélia (mensageira) angevino (rel. a Anju), anjuvino (angevino) angiografia (radiografia de vasos sanguíneos), hagiografia (santoral) angite (inflamação vascular), angiite (angite) anglicanismo (religião protestante), anglicismo (locução inglesa) angoares (de angoar), Angoares (top.) angolar (moeda de Angola; moncó), angular (do ângulo; formar ângulo), angulário (instr. para medir ângulos), anguleiro (rel. a angula), angoar (angroar) angolémia (engolémia), engolémia (desejo ardente), Angulema (top. e n.), angulema (tecido) angolense (angolano), agolense (de Agolada) angominho (pop.: sangominho), sangominho (medula), sangumim (sanguinho), sanguminhos (sangominho), sangubino (sanguinho), anguminhos (sanguminhos), sangobim (sanguinho), sangobinho (sanguinho), sangobino (sanguinho), sangubim (sangobim), sangume (sanguinho), sambuguino (sanguinho) angra (enseada), Angra (top.), engra (canto) angueira (trabalho), Angueira (top. gal. e port.; n.), anguieira (viveiro de anguias; f. anguieiro), Anguieira (top.) anguiacho (anguia pequena), enguiacho (anguiacho), anguiocho (vento) anguião ((om) abundância de anguias), anguiolo (pessoa delgada) anguieiro (vento; anguiocho; anguião; anguiolo; cesta das anguias), Anguieiro (top.), anguleiro (pescador de angulas, nalguns textos) anguiforme ((ui) com forma de serpente), anguiliforme ((ui) com forma de enguia) anguina (planta; f. anguino), anguinha (réptil) angúria (melancia; angúrria; angústia, nalguns dics.), angúrria (estrangúria), engúrria (tristeza) anguriar (angustiar, nalguns dics.), angustiar (causar angústia), engurriar (causar tristeza) angurioso (angustioso), angurento (angurioso, nalguns dics.), angurrento (cobiçoso), anguriento (esfomeado, nalguns dics.), engurriento (famento; angurrento) angustura (estreiteza; angústia; rutácea), Angustura (top. bras.), Angostura (top. hispânico) anha (f. anho), Anha (top.) anho (cordeiro), Anho (n.), enho (veado novo) aniba (planta), anibá (bilharda) anibal (anibá), Aníbal (n.), nibal (anibal) anicar (aninhar), anichar (anicar), nicar (picar com bico), anicrar (agachar) anidrido (composto quím.), anídrico (anidro), anídrido (anidrido), enídride (cobra de água), anidrite (sulfato de cálcio), anidrita (anidrite), anidrito (anidrite) anil (índigo; senil), anile (de anilar), aniile (de aniilar), aniele (de anielar) anilar (tingir de anil), aniilar (aniquilar), anilhar (colocar anilhas), anielar (esmaltar com nielo), anelar (rel. a anel; dar forma de anel; ter ânsia), niquilar (aniquilar), niquelar (revestir de níquel), aniquilar (reduzir a nada) animais (pl. animal), animais (de animar) anime (resina), anime (de animar) aninha (de aninhar; anhinha), Aninha (dim. Ana), anhinha (dim. anha), anhinga (ave), anina (arco; de aninar) aninhadouro (aninhadoiro), aninhador (que aninha), aninhadoiro (onde a galinha põe os ovos), aniadoiro (aninhadoiro) aninhar (pôr no ninho), aninar (amimar; rebater; fazer nino; fazer novelo), ninar (fazer dormir), ninhar (aninhar), aniar (aninhar) aninho (de aninhar; anhinho; dim. ano), Aninho (n.), anhinho (flor do salgueiro; dim. anho), Anhino (n.), anino (de aninar), anainho (anãozinho), anaino (de anainar) aninovo (janeira), Aninovo (pop.: celebração do Ano Novo), Ano Novo (o ano que começa), ano-novo (Ano Novo) aniria (ausência de íris; de anir), aniridia (aniria) anis (planta; pl. anil; de anir), anhis (gordura do porco) anisina (princípio estimulante do anis), anisoína (produto da decomposição do anis) anisometria (qualidade de anisómetro), anisomeria (qualidade de anisómero) anisómetro (que não tem a mesma extensão), anisómero (formado de partes desiguais) anisomórfico (que apresenta anisomorfia), anisomorfo (anisomórfico) anistórico (anti-histórico; aistórico), aistórico (alheio à história), a-histórico (aistórico) anivelar (nivelar), nivelar (pôr ao mesmo nível) aniversaria (de aniversariar), Aniversaria (top.) aniversário (dia em que se cumprem anos), aniversario (de aniversariar) anjinho (dim. anjo), anchinho (um tanto ancho), Angelinho (dim. Ângelo), angelino (angélico), angelim (árvore), angelote (ant. moeda), gelote (peixe) anjo (ser espiritual), Anjo (top. e n.), Ângelo (n.), ângelus (ave-maria), Anju (Anjou), ancho (largo), angeio (saco de esparto), angeu (tela muito basta) ano (tempo; ânus), ânuo (anual) Ano Bom (início do ano; ant. top. Guiné Equatorial), ano-bom (Ano Bom), anibom (janeira) anoa (anã; ervilha; bufão anão; de anoar), anona (anonácea), anua (de anuir), ânua (f. ânuo) anoais (de anoar), anuais (pl. anual; de anuir) anódico (rel. a anódio ou ânodo, anódino (calmante), anódio (ânodo) anodontia (falta de dentes), anodoncia (anodontia) anogueirado (nogueirado), nogueirado (da cor da nogueira) anojar (enjoar), enojar (causar nojo), nojar (enojar), enjoar (enojar), enjoiar (adornar com joias) anojoso (que anoja), enojoso (que enoja) anomeu (aeciano), anomeio (de anomear) anomia (ilegalidade), anómia (molusco), anomeia (de anomear), anómea (planta) anominação ((om) alteração de palavra), adnominação ((om) paronomásia) anoneira (anona), anonária (f. anonário) anonimado (anonimidade), anonimato (anonimado) anonimia (qualidade de anónimo), anonímia (anonimia) anopia (anopsia), anopsia (perda de visão) anoréxico (que sofre anorexia), anorético (anoréxico) anorgânico (inorgânico), inorgânico (não orgânico) anorquia (anorquidia), anorquidia (falta de testículo) anortear (virar a N), nortear (anortear) anos (pl. ano), há-nos (de haver) anoso (idoso), anosso (de anossar), anuço (de anuçar), anoço (de anocer), acnoso (rel. a acne) anossar (pop.: tornar nosso), anuçar (renunciar), anuzir (nuzir), anoscar (amoxegar), anascar (anoscar), anocer (assombrar) anosteose (atrofia senil de osso), anostose (anosteose) anoucrar (anocrar), anocrar (enfadar) anourar (anoirar), anoirar (encostar a um noiro) anoutar (anoitar), anoitar (pernoitar), anotar (tomar nota) anoutecer (anoitecer), anoitecer (chegar a noite) anovar (inovar), inovar (renovar), novar (fazer novação), noviar (sementar em monte), anuvar (anublar), anovear (condenar a pagar anóveas) anovelar (fazer novelos), anuvelar (anovelar), enovelar (anovelar), novelar (escrever novelas), anovular (sem óvulo) ansa (asa; hansa), hansa (liga), Ança (top.) Ansaldo (n.), Ensalde (top.), Insalde (top.) anserina (f. anserino; quenopodiácea), assarina (anserina) ansia (var.: anseia), Ansia (n.) anta (dólmen; tapir; ant. povo balcânico), Anta (top. e n.) antácido (que neutraliza acidez), antiácido (antácido) antanoite (ontanoite), ontanoite (ontem à noite), ontanoute (ontanoite) antão ((om) ant. e dial.: então), Antão ((om) top. e n.), antano (antanho) antártica (f. antártico), Antártica (província do Chile), Antártida (continente) antarujada (antaruja). antaruja (estantiga), antarujá (meiga) ante (perante; anta), anti- (rel. à oposição) anteado (ant.: enteado), antado (demelhante a anta), antenado (antenífero), antenato (antenascido), anteato (peça antes da principal; antes passado) antealtares (pl. antealtar), Antealtares (top.) ante-à-ré (lado da popa), antearré (ante-à-ré) antebém (antevém), antevém (pequena refeição; de antevir), antevêm (de antevir), anteveem (de antever) antecastro (parte anterior do castro), Antecastro (n.) antecéu (anteposto ao céu), antisseu (de Antissa), antécio (anteco) anteclássico (anterior aos clássicos), anticlássico (contrário aos clássicos) antecor (antecoração), antecoro (peça antes do coro) anteface (véu), antifaz (anteface), antefase (fase anterior), antiface (ant.: antifaz) antegramatical (anterior à gramática), antigramatical (contrário à gramática) ante-histórico (anterior à história), anti-histórico (contrário à história) anteia (de antear), Anteia (Hera), Antia (n.), antia (inseto), antinha (pequena anta) Anteio (n.), Anteu (n.) anteira (banco na lareira; f. anteiro), Anteira (top. e n.), antera (estame), antueiras (1ª fiada de pedras do forno), antoeira (antueiras) ântero- (rel. a anterior), anteiro (que caça antas), Antero (n.) antela (antinha; inflorescência), Antela (top. e n.) Antelo (n.), antélio (contrassol), Entelo (n.) antena (cornicho), entena (antena) antenatal (anterior ao nascimento), antenadal (antenatal), antenal (ref. a antena) antenupcial (pré-nupcial), antinupcial (contrário ao casamento) anteontem (antes de ontem), antesdonte (anteontem), aposantonte (anteontem), antontem (anteontem), antonte (anteontem), antronte (antonte), anteonte (antonte), entonte (antonte), nantonte (antonte), enantonte (nantonte), antoite (antonte) antepara (anteparo; de anteparar), enteparva (antes do almoço) anteparar (pôr anteparo), anteparar (parar antes) antepectoral (antepeitoral), antepeitoral (parte anterior do peito) anteperna (polaina de coiro), antiperna (anteperna) antepor (pôr antes), entepõer (antepor), enteponher (entepõer) anteporta (porta que precede), antepor-ta (de antepor) anteporto (entrada de porto), antepor-to (de antepor) antes (anteriormente; pl. ante), Antes (top.), antese (o desabrochar da flor) antever (prever), antevir (vir antes; de antever), antevier (de antever) anteverte (de anteverter), antever-te (de antever) anticético (oposto ao ceticismo), antisséptico (desinfetante), antissético (antisséptico) anticoncecional (contracetivo), anticoncetivo (anticoncecional) anticorrosão ((om) anticorrosivo), anticorrução ((om) anticorrupção), anticorrupção ((om) combate à corrupção) anticrese (amortização), anticrise (contra a crise) antifonário (livro de antífonas), antifoneiro (que entoa antífonas) antiga (f. antigo; de antigar), Antiga (top. gal.), Antígua (ilha das Antilhas), antígua (f. antíguo) antigais (de antigar), antigás (que evita os efeitos dos gases) antigalha (cousa antiga), antegalha (amarradouro de vela), antigualha (antigalha), antiqualha (antigalha) antigénico (rel. a antigénio), anti-higiénico (contrário à higiene), antixénico (rel. à reação contra corpo estranho) antigénio (substância que estimula anticorpos), antígeno (antigénio) antíguo (ant.: antigo), antigo (velho; de antigar) anti-helmíntico (vermífugo), antelmíntico (anti-helmíntico) antimesa (antemesa, nalgum texto), antemesa (pano que serve de altar), antimensa (antemesa), antimnésia (falsa perceção de novidade) antimónico (derivado do antimónio), antinómico (contraditório), antinomiano (aderente ao antinomismo) antimónio (el.), estramónio (planta), Estrimónio (n.) antimoral (imoral), antemural (rel. a antemuro) Antioquia (cid. turca), Antióquia (departamento colombiano) antipasto (it.: entrada), antispasto (pé de verso gr.) antipirético (que rebaixa a febre), antipirótico (que combate a pirose) antiptose (emprego dum caso por outro), anti-tosse (antitússico) antiquado (ultrapassado), antiguado (antiquado) antiquário (colecionador de objetos ant.), antiquara-o (de antiquar) antiquíssimo ((uí) muito ant.), antiguíssimo (antiquíssimo) antispástico (rel. ao antispasto), antispasmódico (antiespasmódico), antiespasmódico (contra espasmo) antiste (antístite), antístite (pontífice) antitóxico (contrário a tóxico), antitússico (que abranda tosse) Antões (top.), Antunes (n.) antojar (antolhar), entojar (cobrir de tojo; antojar) antojo (antolho; de antojar), entojo (nojo; de entojar), antolho (capricho; de antolhar), entolho (de entolhar), antulho (esterco), entulho (escombros; de entulhar; antulho), untulho (adubo) antojos (pl. antojo), antolhos (pl. antolho; anteolhos), anteolhos (lentes; peças que limitam visão lateral) antolhada (f. antolhado), antulhada (enxurrada) antolhadiço (caprichoso), antojadiço (antolhadiço) antologia (crestomatia; de antologiar), antilogia (contradição) antologiar (reunir em antologia), antologizar (antologiar) antólogo (antologista), antologista (que faz antologia) Antónia (n.), Antona (n.; Southampton, entre marinheiros do Mar do Norte) antoniano (rel. a S. António), Antoniano (sto.) antoninho (antonino), antonino (antoniano), Antoninho (dim. António; sto.; top.), Antonino (imperador rom.), Antoinho (top.), Antoim (top.), Antuim (top.), Antolim (top. e n.) antozoário (actinozoário), entozoário (zoóbio) antroidada (entroidada), entroidada (diversão do Entroido), entruidada (entroidada), entrudada (entroidada), andruviada (falcatruada), antuviada (andruviada) antropocentrismo (doutrina que considera o homem centro do universo), androcentrismo (visão do mundo do ponto de vista masculino) antuca (para-sol), Antuca (top. e n.), entoca (de entocar) antuco (antuca), Antuco (top.), Antucho (n.), entoco (de entocar) andruvieira (intrometida), antuvieira (f. antuvieiro) Antuérpia (top.), Anveres (Antuérpia, nalguns autores), Antuerpe (pop.: Antuérpia) anual (dum ano), Anual (top.), anal (rel. ao ânus; anual) anular (cassar; do anel), anelar (desejar; encaracolar; anular), hamular (com forma de anzol) anunciação ((om) ato de anunciar), Anunciação ((om) n.), enunciação ((om) ato de enunciar), nunciação ((om) ato de nunciar) anunciado (de anunciar), enunciado (o que se enunciou), nunciado (que foi objeto de nunciação; de nunciar) anunciante (que anuncia), nunciante (autor de embargo de obra nova) anunciar (dar notícia), nunciar (anunciar; embargar), enunciar (declamar) anuncio (de anunciar), anúncio (notícia), Annunzio (poeta it.), enuncio (de enunciar) anuviar (toldar), anuvear (anuviar), enuviar (anuviar), anovear (multiplicar por 9), anubrar (anubarrar), anubarrar (nublar), anuvarrar (anubarrar), nublar (cobrir de nuvens), novelar (escrever novelas), nubilar (coberto para o tempo nublado), nubilário (nubilar), enovelar (dar forma de novelo), anuvelar (enovelar), anublar (nublar), enublar (anublar), obnubilar (escurecer), anevoar (enevoar), enevoar (cobrir de névoa), nevoar (enevoar) anzóis (pl. de anzol), anzolos (bracelete; pl. anzolo) ao (a o), há-o (de haver), Au (símb. ouro), au (voz para animar o gado; voz do cão), uau (letra do alfabeto árabe e hebraico), uau! (interj.), Hau (fundador da instituição dos Jovens Cegos), hão (de haver), ão (hão, em tmese), Ão (top.), Han (dinastia chinesa), Ham (Cão), Hamm (top.) aoristo (tempo verbal), oaristo (entretimento íntimo) aos (pl. ao), há-os (de haver), aós (hoje), Aós (top.), aiôs! (dial.: ai, hoje!) apaçado (com aspeito de paço), apalaçado (com aspeito de palácio) apachocar (acalcar), apachochar (apachocar), apachacar (apachocar), apachucar (debilitar), apachuchar (apertar) apachucado (enfermiço), apachugado (acalcado), apachegado (apachugado) apadrinhar (ser padrinho de alguém), apadroar (ser padroeiro), apadrar (legitimar, nalguns dics.), patrocinar (dar patrocínio) apagamento (ato de apagar), apagão ((om) corte de energia elétrica), apegão ((om) lampaça; cona-velha) apaijar (pop.: apajear), apaisar (pintar paisagem), apajar (afagar; apajear; lançar com pá; bater com pajão), apajear (servir de pajem), apaisanar (dar modos de paisano), apajarear (seduzir), apajoar (afagar), apaixonar (causar paixão), apançar (indigestar) apaisana (de apaisanar), apaisam-na (de apaisar) apaixonante (que apaixona), apajoante (preguiçoso) apalavrar (combinar), palavrear (palrar) apalear (bater com pau; aventar com pá), apalhar (juntar palha), apalheirar (formar palheiro) apalhaçado (com aspeito de palhaço), apalhuçado (semelhante à palha) apalpadela (ato de apalpar), palpadela (apalpadela) apalpador (que apalpa), Apalpador (pers. natalícia tb. conhecida como Apalpa-Barrigas), apalpadoiro (que incita a ser apalpado) apalpar (tocar), palpar (apalpar), palpitar (ter palpite; apalpar), palpujar (apalpar suavemente) apanar (fazer semelhante ao pano), apampar (aparvar), apampanar (apampar) apancar (dar pancada), apalancar (fechar com palanca; guarnecer com palanque), alavancar (puxar com alavanca) apancado (de apancar), apencado (que tem pencas) apanhota (apanhadela), rapanhota (apanhota) apar (armadilho; tabuão longitudinal de embarcação), a par (ao lado), ao par (em paridade), aparar (receber o que se atira ou cai), parar (cessar movimento) apara (maravalha), apara (de aparar) aparado (de aparar), aparato (pompa), apara-to (de aparar), aparelho (instr.) aparadeiro (aparador), aparadoiro (aparador), aparador (móvel com prateleiras) apardaçar (tornar pardo), apardecer (apardaçar) aparece (de aparecer), apare-se (de aparar), apareis (de aparar), aparez (var.: aparece), apares (pl. apar) aparear (parear), parear (formar pares) aparecer (revelar-se), parecer (semelhar) aparecida (f. aparecido), Aparecida (n. e top.) aparecido (de aparecer), Aparecido (n.) aparelha (de aparelhar), apare-lha (de aparar), aparei-a (de aparar) aparelhador (que aparelha), aparelhista (rel. ao aparelhismo) aparelhar (aprontar), emparelhar (pôr em parelha), emparceirar (emparelhar), parelhar (fazer parelha) aparelhoa (padiola), aparilhoa (aparelhoa), aparelhou-a (de aparelhar) aparentar (ser parente; ser aparente), emparentar (aparentar) aparente (fingido), aparente (de aparentar) aparição ((om) aparecimento), parição ((om) parturição de animais), aparecimento (surgimento) Aparícia (top. e n.), aparícia (pop.: parícia), parícia (restos vegetais), pariça (casca do castinheiro) Aparício (n.), aparício (máscara), parício (parto), pariço (gémeo) apartamento (afastamento), apartamento (alojamento) aparte (o que se diz para si; de apartar), à parte (separadamente; exceto) aparvado (aparvalhado), aparvoado (aparvalhado), aparvalhado (néscio) aparvar (aparvoar), aparvoar (aparvalhar), aparvalhar (tornar parvo), emparvoar (volver parvo), emparvoecer (emparvoar), emparvecer (emparvoar), emparvar (embobar) apascoado (de apascoar), apascuado (fraco) apassivador (apassivante), apassivante (que apassiva), apaziguante (apaziguador), apaziguador (que apazigua) apaziguar (pacificar), apassivar (dar forma passiva), apazugar (apaziguar), paziguar (apaziguar), apazigar (ant.: apaziguar) apeade (var.: apeai), apiade (de apiedar e apiadar) apeadeiro (paragem), apeadoiro (apeadeiro) apeadoira (correia do jugo; peça para apear), apeladoira (cunha que aperta treitoiras), apeladora (f. apelador), apeladoura (apeladoira), apoladoira (apeladoira, nalguns dics.), apladoura (dentoira), apoladouras (dentoiras), apladeiro (peça do carro), apeladoiro (apeladoira), apoladoiro (apeladoiro), apoladouro (apoladoiro) apear (apeadoira; desmontar; parar moinho; pôr apeia), apelar (pedir ajuda) apecado (raquítico), apequenado (pequenote) apeçonhar (dar peçonha), apezunhar (calcar com pezunho), apezinhar (espezinhar) apedramento (ato de apedrar), apedrejamento (apedramento) apedrar (empedrar; atirar pedras; saraivar), apedrejar (apedrar; empedrar), apedraçar (estragar) apegadiço (peganhento), pegadiço (apegadiço), pegadoiro (parte por onde se pega num objeto), pegador (que pega) apegamento (ato de apegar), pegamento (pegadura), apego (apegamento) apeiro (apetrecho de lavoura; de apeirar), apeio (demarcação; de apear) apeles (de apelar), Apeles (pintor gr.) apelidar (dar apelido; clamar), pelidar (apelidar) apelumbrar (vislumbrar), apenumbrar (fazer penumbra), apelembrar (apelumbrar) apenas (somente), apenas (de apenar) Apeninos (montes it.), Peninos (montes ing.) aperfeiçoar (tornar perfeito), perfeiçoar (aperfeiçoar) aperrar (engatilhar), aperrear (tratar como a cão), aperreiar (apertar fortemente) aperta (apertão; apertadela; de apertar), aperto (opressão; de apertar; aperta, nalguns textos), apreta ((ê) de apretar; (è) aperta, nalguns dics.) apertão ((om) aperto forte), apretão ((om) apertão, nalguns dics.) apertar (estreitar), apretar (tornar preto; apertar, nalguns dics.) apesar (não obstante; apesarar, num dic.; dial.: pesar), a pesar (pesando), apesarar (tornar pesaroso), pesar (determinar peso; mágoa), pisar (calcar) apesares (de apesarar; dial.: apesar), a pesares (pesando tu), pesares (de pesar; pl. pesar) apessoado (donairoso), apisoado (de apisoar) apestar (empestar), empestar (infetar de peste) apetite (desejo de comer), apetito (apetite, nalguns dics.) apetrecho (utensílio; de apetrechar), petrecho (apetrecho; de petrechar) apiadar (apiedar), apiedar (comover), apedar (afogar), peidar (peidear), peidear (soltar peidos), peider (peidear) ápice (cume), Ápis (boi sagrado no ant. Egito), ápex (ápice) apícola (abelheiro), apícula (apículo) apilhar (apanhar; empilhar), pilhar (apilhar), apinhar (apilhar) apimentado (semelhante à pimenta), apigmentado (com pigmento) apirolado (aparvado), apirulado (de apirular) apisoar (pisoar), pisoar (bater com pisão), pisar (calcar com pé) apisto (caldo suculento), pisto (apisto; de pistar) apitar (assobiar), pitar (chupar; repartir pitança; furar; apitar), apetar (meter em peto; apodrecer), apetir (ant.: apetecer) apito (assobio; de apitar e apetir), pito (pinto; peto; pene; pitelo; apito; de pitar), Pito (top.), picto (povo escocês) aplanar (tornar plano), aplainar (alisar com plaina; aplanar), plainar (aplainar) aplastar (desfraldar; fatigar), aplastrar (aplastar) aplausível (digno de aplauso), plausível (razoável) aplicação ((om) ato de aplicar), aplicativo (que se pode aplicar; aplicação) aplicáveis (pl. aplicável), aplicáveis (de aplicar) apocalíptico (apocalítico), apocalítico (rel. a apocalipse), apoclítico (rel. a apóclise) apocopa (de apocopar), apócope (supressão de fim de palavra) apócrifo (não autêntico), apócrito (inseto) apocrisia (evacuação excessiva), hipocrisia (fingimento) apoderar (tomar posse), empoderar (dar poder), apodorar (prevalecer as más ervas) apodítico (que convence), apodíctico (apodítico), apofítico (rel. a apófise), aposítico (rel. a apositia) apodioxe (recusa de argumento), apodixe (prova incontestável), apódose (compl. gramatical) apodo (motejo; de apodar), ápodo (ápode), epodo (2º verso do dístico), apódio (apodo) apodorado (terreno sem muita costa), apoderado (de apoderar), apudorado (pudico) apodrece (de apodrecer), apodrisse (de apodrir) apodrecer (tornar podre), apodrir (apodrecer), apodrentar (apodrecer), podrecer (apodrecer), empodrecer (apodrecer) apõer (ant. e dial.: apor), apor (justapor) apões (pl. apõe; de apor e apõer), apons (pl. apom), após (depois), apôs (de apor), apues (de apuar) apoiais (pl. apoial; de apoiar), poiais (pl. poial; de poiar) apojadura (apojamento), apojatura (apogiatura), apogiatura (nota de apoio), apoiatura (apojatura, nalguns textos), apoiatura (apojatura, nalguns textos) apolar (apoleirar; sem polos), apular (ajudar a subir), apoleirar (empoleirar), apolegar (amassar com os dedos), apolentar (engordar com polenta), apolicar (apolinhar), apolinhar (agatunhar), Apolinar (n.), apolitar (apolicar), apulicar (apolar) apólice (obrigação mercantil ou financeira), apólise (separação), póliza (livrança, num dic.) apolíneo (rel. a Apolo), apolúnio (aposselénio), Apolónio (n.) Apolo (deus mit.; top.), apô-lo (de apor) apologista (que faz apologia), apologeta (apologista) apoltronado (indolente), apoltroado (apoltronado, nalguns dics.) apom (rebaixamento na cabeçalha do carro), apõe (apom; de apor e apõer) apondouro (rebaixamento no jugo), apondoiro (apondouro) apontar (dirigir a ponto; fazer ponta), apontear (pontear), apontoar (coser a pontos; pontoar), apontonar (apontoar), apontalar (escorar, nalguns dics.), apontelar (apontalar, num dic.), apontigar (pôr tábua fazendo ponte), pontaletar (segurar com pontaletes), pontar (apontar; construir ponte de barco; servir de ponto em teatro), pontear (marcar com pontinhos), pontoar (pôr pontões), pontuar (pôr pontos) aponte (de apontar), apõe-te (de apor e apõer) apopar (apresentar a popa ao vento), apopear (censurar), apoupar (desprezar; apupar), apupar (berrar), atutar (apupar; tutear) apopeio (chacota; de apopear), apopei-o (de apopar) apoplético (rel. a apoplexia), apoclítico (oposto a proclítico), apolítico (fora da política) aporia (áporo; de apor), apuaria (de apuar) aporisma (apostema), aporismo (aporia), porisma (proposição geom.), aporema (silogismo dubitativo), aforisma (aporisma), aforismo (máxima) aportação ((om) aportamento), aportamento (ato de aportar), aportada (arribada), aporte (gal.: contributo; de aportar), apor-te (de aportar) aportar (trazer a ou entrar no porto; gal.: fornecer), aporcar (arrendar) aportuguesar (tornar port.), portuguesar (aportuguesar) após-guerra (depois da guerra), pós-guerra (após-guerra) aposta (jogo; de apostar; propositadamente), apões-ta (de apor e apõer) apostasia (abjuração), hipostasia (de hipostasiar) apóstata (que comete apostasia), aposta-ta (de apostar), apostata (de apostatar) apostema (abcesso), postema (apostema), aposte-ma (de apostar) apostia (falta de prepúcio), apostila (nota à margem; de apostilar), postila (apostila), apostilha (apostila) aposto (encostado; gentil; de apostar), apões-to (de apor e apõer), apósito (aposto; emplastro), pósito (armazém de grão), Pósito (n.), opósito (oposto), oposto (que se opõe) apóstrofe (invectiva), apóstrofo (sinal de elisão) apotegma (dito), apótema (perpendicular num polígono) apoteótico (rel. a apoteose), apoteósico (cast.: apoteótico, nalguns autores) apoucar (diminuir), apouchar (agachar-se), apuchar (encirrar), apuxar (empuxar), apoujar (acarinhar), apouquentar (importunar), apoquentar (apouquentar), apouquecer (apoucar), apouquinhar (apouquentar), apouquilhar (apouquinhar) apoucha (poucha; de apouchar), apouja (de apoujar e apoujir) apoujir (apaujir), apaujir (dar mimos), poujir (apoujir) apouquem-te (de apoucar), apouquente (de apouquentar) apousar (pousar), apousentar (instalar), aposentar (apousentar) apousento (morada; de apousentar), aposento (apousento; de aposentar), Aposento (top. gal.), apousem-to (de apousar), apossem-to (de apossar), pousento (tranquilo) apouso (acougo; de apousar), aposso (de apossar), apoço (de apoçar) apoutar (amarrar com pouta; pagar), poutar (apoutar; pagar), poutear (dar pancada com garra), putear (insultar), apoutinhar (andar com passos miúdos) apôutega (pôutega), apôutiga (pôutega), apôitiga (apôutiga), apútega (pútega), pôutega (planta), pôutiga (pôutega), pútega (pôutega), apôitega (apôutega), apoita (apôitega), apouta (de apoutar) apouvigar (abater), apoudigar (sossegar), acoubigar (acovilhar) apózema (infusão méd.), apozema (de apozemar), pocema (gritaria), pocima (finalmente), poção ((om) med. líquida) apraxia (incapacidade de agir), aprazia (de aprazer), apragia (inércia) apraz (de aprazer), apraze (de aprazar) apraza (de aprazar), apraza (de aprazer) Aprazadoiro (top. gal.), aprazador (que apraza) aprazamos (pres. e pret. ind. aprazar), aprazamos (subj. e imperat. aprazer) aprazível (que apraz), prazível (aprazível) apreçamento (ato de apreçar), apressamento (ato de apressar), apresamento (ato de apresar) apreçar (tomar preço), apreciar (avaliar), apreijar (apreender), apreijoar (abraçar), apresar (colher presa), apressar (ter pressa), apressurar (tornar pressuroso), pressurizar (manter pressão), pressionar (fazer pressão), aprisionar (apresar), apreseirar (deter água fazendo presa), apresoirar (solidificar com presoiro), aprosar (verter para prosa), aprisoar (aprisionar) apreço ((ê) estima; (é) de apreçar), apresso ((ê) pressa; (é) de apressar; aprendido), apreso (de apresar), apreijo (aperta; de apreijar) apreciáveis (pl. apreciável), apreciáveis (de apreciar) apreender (prender), aprender (instruir-se), prender (ligar; acender), adeprender (pop.: deprender) apreensão ((om) ato de apreender), apreijão ((om) taco debaixo da cheda) apreguiçar (empreguiçar), empreguiçar (tornar preguiçoso), preguiçar (andar com preguiça) aprés (arc.: ao pé de), aprece (de apreçar), apresse (de apressar), aprese (de apresar) apresentador (que apresenta), presentador (apresentador, naguns dics.), apresentante (apresentador), presenteiro (apresentador de benefícios eclesiásticos) apresentar (mostrar), presentar (apresentar), presentear (dar presente), presenciar (assistir) apresentáveis (pl. apresentável), apresentáveis (de apresentar) apressadamente (de modo apressado), apressuradamente (apressadamente, nalguns dics.) apreste (apresto), apreste (de aprestar) aprobativo (que dá aprovação), aprovativo (aprobativo) aprofundar (profundar), profundar (sondar), profundizar (profundar, nalguns autores) apropositado (que vem a propósito; de apropositar), propositado (feito de propósito) aprouve (de aprazer), aprove (de aprovar) aprovar (dar aprovação), provar (demonstrar com provas) aprovável (digno de aprovação), provável (comprovável; plausível) aproveitar (tirar proveito), proveitar (aproveitar) aproveitasse (de aproveitar), aproveita-se (de aproveitar) aproveite (de aproveitar), aprovei-te (de aprovar) aproveitáveis (pl. aproveitável), aproveitáveis (de aproveitar) aprovisionar (abastecer), provisionar (aprovisionar) aproximativamente (de modo aproximativo), aproximadamente (aproximativamente) aprumo (efeito de aprumar), a prumo (aprumado), aprumado (de aprumar), aplomado (touro que não investe) aptitude (aptidão), aptidão ((om) idoneidade), atitude (disposição) apulei-o (de apular), Apuleio (escritor lat.) apúlia (f. apúlio), Apúlia (top. it. e port.) apuliano (ref. à Apúlia), apuleiano (ref. a Apuleio) apulso (momento em que um astro parece tocar outro), a pulso (à força) apurar (purificar), apurrar (encirrar), zapurrar (apurrar), açapurrar (zapurrar), sapurrar (zapurrar), alpurrar (roubar em presença do dono), alpurnar (murmurar) apure (de apurar), Apure (estado da Venezuela) apurpurado (coberto de púrpura), purpurado (tingido com púrpura) aquacultura (aquicultura), aquicultura ((ui) criação aquícola) aquário (tanque com animais aquáticos), acuara-o (de acuar) aquartalado (quartão), aquartelado (em quartel), acartelado (posto em cartel, nalguns textos) aquece (de aquecer), aquesse (ant.: esse), aquiesce (de aquiescer) aquecedor (calorífero), quentador (que quenta) aquecer (tornar quente; ser natural; acaecer), quecer (aquecer), quencer (quecer), aquiescer (dar aquiescência), acaecer (acontecer) aquecimento (aquentamento; acontecimento), acaecimento (acontecimento), aquecemento (aquecimento, nalguns autores) aque-d’el-rei (aqui-d’el-rei), aqui-d’el-rei (pedido de socoro) aqueixar (afligir), queixar (soltar queixas), aqueijar (apressar) aquele ((ê) o de lá; (é) de aquelar), aquel (var.: aquele), Aquel (top.), àquele (a aquele), quele (de quelar) aqueles ((ê) pl. aquele; (é) de aquelar), àqueles (a aqueles), Aquiles (herói gr.), aquiles (dial.: aqueles), queles (de quelar) aquele-te (de aquelar), aquilate (de aquilatar), alquila-te (de alquilar), quilate (pureza do ouro; de quilatar) aquelo (de aquelar; dial.: aquilo), Aqueloo (rio da Grécia ant.), aquilo (pron. demonstr.), Aquilo (Bóreas; Aquilão), áquilo (aquilão), àquilo (a aquilo), Aquil (n.), quelo (de quelar) aqueloutro (aquele outro; de aqueloutrar), aquiloutro (aquilo outro), quiloutro (objeto indeterminado) Aquém (top.), aquém (para cá), aquém de (para cá de), aquende (aquém de; de aquendar), Aquende (n.), aquendo (quenda; de aquendar), Aquendo (n.), aquente (de aquentar) Aqueronte (rio gr.), Caronte (pers. mit.) aqui (neste lugar), aiqui (dial.: aqui), eiqui (dial.: aqui), eiquive (dial.: eiqui) aquiescência (anuência), quiescência (estado de quiescente) aquiescente (que aquiesce), quiescente (que descansa), aquecem-te (de aquecer), quecem-te (de quecer) aquietação ((om) ato de aquietar), quietação ((om) ato de quietar) aquilatar (avaliar), quilatar (aquilatar) aquilégia (planta ornamental), aquileia (planta das compostas; f. aquileu), Aquileia (ant. cid. it.), aquileja (aquileia), aquilia (carência de beiços; insuficiência de secreção do estômago) aquilino (semelhante à águia), Aquilino (n.) aquinhoar (dividir em quinhões), quinhoar (aquinhoar) aquiria (falta de mãos; ant.: adquiria), adquiria (de adquirir) aquiro (peixe; de aquirir), adquiro (de adquirir) Aquisgrano (Aachen), Aquisgrão ((am) Aquisgrano) aquisição ((om) adquirição), adquirição ((om) compra), adquisição ((om) adquirição) aquisitividade (poder de aquisição), adquisitividade (aquisitividade) aquisitivo (rel. a aquisição), aquiritivo (próprio para adquirir), adquisitivo (aquisitivo) aquisito (adquirido), adquisito (aquisito), aquisto (adquirido; arc.: isto; de aquistar), aquesto (de aquestar; arc.: aquisto), aqueste (arc.: este; de aquestar) aquista (de aquistar; (uí) que se trata com água medicinal), aquesta (cousa cujo nome não se lembra; arc.: esta; de aquestar), aguista ((uí) aquista) aquistar (adquirir), aquestar (aquelar) aquosidade (qualidade de aquoso), aguosidade (aquosidade) ara (de arar; altar), Ara (n. bíbl.; constelação) áraba (parasita), Áraba (top.) arabeça (arabesa), arabesa (arado grande de madeira), aravessa (arabesa), araveça (aravessa), aradeça (araveça), arabesca (arabesco; de arabescar) arábega (arado de 3 rabiças), arábiga (f. arábigo) Arábia (país), aravia (algaravia), arabia (aravia; de arabiar) arabias (pl. arabia; apeiros para arar; de arabiar), algaravias (arabias) arábico (da Arábia), arábigo (arábico) aracnídeos (artrópodes de 4 pares de patas locomotoras), araneídeos (aranhas), aracnoides (pl. aracnoide) aracuã (galinácea), aracuá (aracuã) arada (ato de arar; f. arado; de aradar), Arada (top.) Arade (top.), arade (de aradar; var.: arai) arádega (eirádega), eirádega (ant. tributo) arades (de aradar; var.: arais), Arades (top.), arandes (planta; dial.: arais) aradoira (aradura), aradura (arada), aradoura (aradoira) aradoiro (relha do arado), arador (verme; que ara), aradouro (aradura) arache (chefe militar; var.: araste), arche (amieiro), arage (aragem), aragem (arejo), araja (lufada), arajo (arau) aragoês (aragonês), aragonês (de Aragão) aral (terra arroteada), Aral (top.) araldo (heraldo), Araldo (n.), Haraldo (n. escandinavo), Haroldo (n. ing.), Aroldo (Haroldo), heraldo (arauto), arauto (mensageiro), farauto (arauto), Farauto (n.), Faraldo (top. e n.) aramado (de aramar), armado (de armar) arame (fio metálico; de aramar), ara-me (de arar), arâmio (arame; arada), Arâmio (top.), arameu (aramaico), arméu (rocada), arâmico (arameu), alambre (âmbar; verme; de alambrar), alâmio (gosto) arameia (f. arameu), aramia (terra para a semente), aramei-a (de aramar), aramenha (caçola; armadilha), armenha (aramenha), Arménia (top.), Armeia (top.) arampaço (pedaço arrancado), arampiço (pedaço duma cousa) arando (baga da arandeira; de arar), Arando (top. e n.) aranganho (aranha grande), aranguelo (espinhaço) aranha (artrópode), arranha (de arranhar) aranho (de aranhar), Aranho (top. e n.) Arantão ((om) top.), Arantei (top.), Arentém (top.), Arentei (top.) arapende (arapene), arapene (ant. medida agrária) araque (araca), araca (bebida alcoólica), arraca (araca) arara (ave; de arar), arará (árvore); de arar) araucana (f. araucano), araucânia (f. araucânio), Araucânia (região), araucária (planta araucariácea) arauco (casta de uva), Arauco (top.) Araújo (top. e n.), araújo (arujo), arujo (argueiro) aráveis (pl. arável), aráveis (de arar) arbelos (pl. arbelo), Arbelos (cid.), Arvelas (top. gal.), arvelas (pl. arvela) arbitral (rel. a árbitro), alvitral (rel. a alvitre), arbitrário (que depende do arbítrio), alvitreiro (que sugere alvitres) Arbom (top. e n.), Arvão (top. e n.) arbóreo (da natureza da árvore), arvore-o (de arvorar), herbóreo (herbáceo) arboreto (arvoredo), arvoredo (bosque; mastreação), Arvoredo (top.), arvoreta (pequena árvore) arbusto (árvore pequena), árbuto (medronheiro), arbuto (árbuto, nalguns dics.) arca (cofre; de arcar), Arca (top. e n.) arcá (arcaz), Arcá (n.) arçã (rosmaninho), arreçã (arçã), aresã (f. aresão), arção ((om) parte anterior da sela), Arção ((om) top.), aresão (de Ares), aração ((om) ato de arar) arcabouçar (formar arcabouço), arcabujar (arfar), arcabuzar (espingardear) arcabouço (carcaça), arcabuz (arma ant.), arcabuze (de arcabuzar), arcabuzo (de arcabuzar) arcada (arcaria; arfada), Arcada (top. e n.), arqueada (f. arqueado), arquejada (arcada), arcuada (f. arcuado) árcade (da arcádia), Arcade (top. gal.), arcade (var.: arcai), arcai (de arcar), Arcai (top. gal.), arcádio (da Arcádia), Arcádio (n.), arcade-o (var.: arcai-o), arcádico (dialeto gr.) arcádia (f. arcádio; agremiação lit.), Arcádia (região gr.) arcagem (ato de arcar), arcassem (de arcar) arcainha (pequena anta), Arcainha (top.), arquinha (dim. arca) arcais (pl. arcal; de arcar), arcás (pl. arcá), arcaz (arca), arcuais (pl. arcual; de arcuar) Arcângel (top.), Arcângelo (n.), arcanjo (superior a anjo) arcão ((om) arcaz, nalguns dics.), Arcão (top. e n.), arcano (mistério) arcar (arquear; ansiar), arquear (curvar), arquejar (arfar), arquijar (arquejar), arcuar (arquear), arcojar (pôr arcojos), aricar (arar superficialmente) arcaria (arcada; de arcar), arcuaria (de arcuar) arce- (arqui-), arse (elevação do tom) arcebispal (rel. a arcebispo), arquiepiscopal (arcebispal) arcebispo (1° bispo de sede metropolitana), Arcebispo (top.) arcediago (arquidiácono), Arcediago (top.) arceia (ave sancuda), Arceia (n.) arcela (cabrestante; ameba), Arcela (top.) Arceu (top.), Arceu (n.) archeiro (alabardeiro), arqueiro (que faz arcas ou arcos; que dispara arcos), Arqueiro (n.) arcibanco (banco de respaldo cujo assento é uma arca), arquibanco (arcibanco), artibanco (arquibanco, nalgum dic.), altibanco (arquibanco, num dic.) arciprestádego (ant.: arciprestado), arciprestado (dignidade de arcipreste) arcipreste (arquipresbítero), alcipreste (arcipreste; cipreste), cipreste (árvore cupressácea), acipreste (cipreste; arcipreste), alcipreste (acipreste), aciprés (cipreste), alciprés (aciprés) arco (porção de circunferência; de arcar), Arco (top.) Arçoa (top. e n.), Arçua (top.), Arçoã (top.), arçuã (arçuana) arco-da-velha (arco-íris), arco-de-velha (arco-da-velha), arco-das-velhas (arco-da-velha), arco-de-velhas (arco-da-velha), marco-da-velha (arco-da-velha), marco-de-velha (arco-da-velha), marco-de-velhas (arco-da-velha), marco-das-velhas (arco-da- velha) arcoense (de Arcos), arcuense (arcoense), arquense (de Arcos) arcões (pl. arcão), arcues (de arcuar) arcos (pl. arco), Arcos (top. e n.) Arcturo (estrela), Arturo (Arcturo; n.), Artur (n.), Artus (Artur) arçuano (de Arçua), arçuão (arçuano) arda (esquilo; de arder), Ardã (top. e n.), Ardão ((am) n.), ardela (arda, nalguns dics.) árdego (ardor; árduo; ardido), árdigo (árdego; árido), árduo (áspero) ardência (queimor), ardentia (fosforescência do mar) ardia (de arder), Ardia (top.) ardidez (intrepidez), ardideza (ardidez) ardido (queimado; corajoso), ardedoiro (excessivamente soleado), Ardeiro (n.) ardieu (vardeu), vardeu (ant. povo dálmata), várdulo (ant. povo ibero) ardimento (ardência), ardimento (ousadia) ardis (pl. ardil), Ardiz (top.) ardora (ardentia), ardura (ardor), ardume (ardor), ardoa (doença do gado porcino) ardoroso (que tem muito ardor), ardoso (ardente) área (superfície), ária (de raça árica; peça mus.), aria (aradura) areais (pl. areal; de arear), ariais (de ariar), Areãs (top.), aerais (de aerar) areal (sítio areoso; rel. à área), Areal (top. e n.), Areial (top.) areão ((om) grande areal; peixe), Areão ((am) top. e n.), areão (ponte-areão), aresão (de Ares), areano (ponte-areano) arear (deitar areia), ariar (mondar), arejar (ventilar), aerar (arejar), aerificar (arejar), aerizar (aerificar), eriçar (arrepiar), eirejar (dar malefício) areeira (areal; f. areeiro), Areeira (top. e n.), arieira (roedura no casco das cavalgaduras) areeiro (areal; que trabalha na areia; peixe; ave), Areeiro (top.) areento (areoso), arento (de arentar) arei (de arar), arém (dial.: arei), Arém (top.), Areu (top.), aréu (indeciso) areia (grãos de quarço; de arear), arena (liça), arei-na (var.: arei-a ), Areia (top. e n.), arei-a (de arar), areja (de arejar), areixa (larva) areias (pl. areia; de arear), Areias (top. e n.), arei-as (de arar) areinha (dim. areia), areiinha (areinha), Areinha (top.), Areiinha (top.), arinha (pop.: areinha), Arinha (top. e n.) areísco (arenisco), arenisco (areento), arisco (areísco; seco; de ariscar), arenito (rocha detrítica) arejo (ventilação; de arejar), Arejo (top.) arela (ânsia; ânimo; de arelar), Arela (n.), arelha (pequeno arado) arelo (espinhaço; de arelar), arelho (trança; de arelhar), Arelho (top.), arete (dim. aro), arinho (dim. aro; arzinho; areinho), Arinho (top. e n.), areinho (areal) arencar (fazer arenques), arengar (fazer arenga) arenga (alocução; de arengar), aringa (campo fortificado), arengo (bordo da tina; de arengar) arengueiro (arengador), arenqueiro (rel. a arenque) arenque (peixe clupeídeo; de arencar), arinque (cabo), arinca (peixe gadídeo), arenca (de arencar), arengue (arenque; de arengar), anrique (ant. moeda; arinque), Anrique (n.) Arenteiro (top.), Arinteiro (top.) areola (areeiro), aréola (anel), aérola (pústula cheia de ar), auréola (nimbo), aureola (de aureolar), arola (crustáceo), lauréola (auréola) areolado (que tem aréola), aureolado (que tem auréola) areosa (f. areoso; caminho areoso), Areosa (top. gal. e port.; n.), Arosa (top. suíço e port.), Arouce (rio port.), Arousa (top. gal.), Arouça (ant. Arousa), airosa (f. airoso), aireosa (fachendosa) areoso (arenoso), airoso (esbelto), arenoso (que tem areia), Aroso (n.) ares (pl. ar e are; de arar), Ares (top. e n.; Marte), áris (arte de pesca), Áries (constelação), Aires (n.; top. esp.), Airas (n.), árias (pl. ária), Árias (n.), áreas (pl. área) aresta (canto), arista (aresta; pragana; que toma ar) arestado (com arestas), aristado (arestado), arrestado (de arrestar) aresto (sentença), arresto (apreensão) arestora (a esta hora), arastora (arestora), astora (arastora), estora (estora) aretino (de Arezzo), Aretino (satírico it.), arietino (rel. a aríete) aretusa (orquídea), Aretusa (n.) aretúsio (aretuseu), aretuseu (de Aretusa) Argã (top.), argão (pessoa inquieta; (am) saquinha; argas; fruto da argânia; (om) árgon), Argaon (top. Índia), aragão ((am) cesto), haragão ((am) saquinho), Aragão ((om) país), aragume (ramos que entrelaçam estacas), argano (bolha), argónio (árgon), argau (pipeta; gaivota), Aargau (top.), argal (argau), Argalo (top.) argadelo (dobadoira; de argadelar), argadel (argadelo), argadeleio (de argadelear), argadeu (argadel, nalgum dic.) argalha (aresta), argalha (de argalhar) argalhador (que argalha), argalheiro (argalhador), argalhante (argalhador) argalho (enredo; de argalhar), Argalho (top.), argadelo (dobadoura), argadel (argadelo) arganaz (rato silvestre), arganaça (arganaz), Argança (top.) arganel (arganéu), arganéu (argola), arganil (arganel), Arganal (top.) argel (desajeitado), Argel (cid.), Argéu (n.), argém (ant.: prata), Argélio (n.), argil (disposição), argilo (argil; de argilar; argila), argilo- (rel. a argila), argelino (da Argélia) Argemiro (n.), Argimiro (Argemiro) argentino (argênteo; da Argentina; de argentinar), argênteo (de prata), argêntico (ref. a prata), argento (prata; de argentar) Argeriz (top. e n.), Argiz (top. e n.) argileiro (rel. à argila), Argileiro (top.) argina (canteiro, em baralhete), arxina (argina), arguina (argina), argino (argina), argila (barro; de argilar) argo (árgon), árgon (gás), Argo (pers. mit.; nau dos Argonautas), Argos (cap. da Argólida) argoma (tojo arnal; de argomar), árgoma (argoma) Argonde (top.), Argonte (top.), Argunte (top.), Argote (top. e n.) Argozelo (top.), Arcozelo (top.) arguem ((ue) de arguir), arguim ((uí) var.: arguí), Arguim (top.) arguês (casta de uva), arguiz (casta de uva), Arguiz (n.) arguido (berro), arguido ((uí) acusado; de arguir) arguir ((uí) argumentar), argumentar (apresentar argumentos) Ariadne (n.), Ariadna (n.), Ariana (n.), ariana (f. ariano), ariadna (ariadne), ariadne (estrela; aranha) ariano (seguidor do arianismo), Aariano (n.), Arriano (n.) Arica (top.), arica (de aricar), árica (f. árico) arieta (pequena ária; de arietar), aríete (ant. máquina de guerra) Arins (top. e n.), Aris (top.), Ariz (top.) Ario (fundador do arianismo), Árrio (prefeito rom.) aríolo (adivinho), haríolo (aríolo), arolo (molusco) aritmética (estudo dos nos), arimética (aritmética) arjão ((om) estaca), Arjã (top.) arjoar (pôr arjões), arjonar (arjoar), argear (alterar-se o mar) arjoes (de arjoar), arjões (pl. arjão), Arjões (top. e n.) Arjomil (top. e n.), Argemil (top.) arjona (ato ou efeito de pôr arjões; de arjonar), Arjona (n. e top.), arjoa (de arjoar), Arjuna (herói hindu) armada (f. armado), Armada (top. e n.), aramada (f. aramado) armadilha (cilada; de armadilhar), armadela (armadilha) armadilho (mamífero; de armadilhar), armadinho (dim. armado) armador (que arma), armante (que arma) armadora (f. armador), armadoira (armadoura), armadoura (fasquia), armadura (traje de ferro), armatura (armadura), armadeira (aranha) armando (papas dos cavalos; de armar), Armando (n.) armão ((om) peça a que se prende temão), Armão ((am) top.), arméu (manelo de lã), armo (arméu; ázimo; de armar) armaria (arsenal; de armar), arméria (planta) armário (móvel), armara-o (de armar) armazelo (rede), armuzelo (armazelo) Armeã (top.), Armear (top.) armeiro (espingardeiro; bando de peixes; de armeirar), Armeiro (n.), arameiro (que fabrica arame), armário (móvel), armara-o (de armar), armarinheiro (dono de armarinho) armela (argola), armila (arco) arménio (da Arménia), arménico (arménio), Armínio (Hermann e Harmensen), arminiano (partidário de Armínio), arminho (mamífero), Armunho (top. e n.), armino (armim), armim (pelos no casco das cavalgaduras), Armim (n.), Hermínio (n.; povo), ermínio (arminho), Ermínio (n.) Armentão (n.; (am) e (om) top.), armental (rel. ao armentio), armentário (dono de gado), armentio (armento), Armenteiro (top.) armenteira (lugar onde se cria o gado em liberdade), Armenteira (top.) Armesto (top.), Armesto (n.) armífero (que traz armas), armígero (armífero) arminado (com armim), arminhado (com arminho) Armória (Armórica), Armórica (Bretanha) arnais (pl. arnal), Arnais (n.), arnaz (robusto), arnage (índole), arnagem (arnage) arnal (que se dá na areia; lagarto; tojo), Arnal (top.), Arnão (top.), arnau (arnal), Arnau (n.) arneiro (arnaz; terra arenisca; arnal; de arneirar), Arneiro (top.), arneirão ((om) arneiro) arnela (raiz; areeira), Arnela (top.), Arnelas (n.) Arnoia (top. e n. gal.; top. port.), arnoja (de arnojar), Arnóis (top. e n.) arnoião (rel. à Arnoia), arnoiês (rel. ao Arnoia) aro (arco; lentisco; de arar), Aro (top. e n.), Haro (top. e n. esp.) aroeira (lentisco), adroeira (aroeira) arouçano (de Vila Garcia ou Vila Nova de Arouça), aroução (da ilha de Arouça) arpado (farpado), farpado (com pontas agudas), harpado (de harpar) arpão ((om) arpéu), harpão ((om) arpão), farpão ((om) arpão), arpião ((am) cordel com anzóis), arpoão ((om) arpão) arpar (arpoar), harpar (tocar harpa) arpeais (de arpear), arpiães (pl. arpião) arpear (arpar), arpejar (harpejar), harpejar (harpear), harpear (harpar), arpoar (arremessar arpão) arpejo (harpejo; de arpejar), harpejo (arpeggio; de harpejar), arpeio (de arpear), arpéu (pequeno arpão), arpelho (garra de ferro, nalguns textos) arpoeiro (que lança arpão), arpista (arisco; alpista), harpista (que toca harpa) arpoes (de arpoar), arpões (pl. arpão) arquear (curvar), arquejar (arfar; arquear) arqueio (arqueação; de arquear), arquejo (oufego; de arquejar), arqueo- (rel. a princípio), arqueu (princípio vital) arqueísmo (derivação do arqueu), arcaísmo (expressão antiga) arqueologia (estudo de vestígios culturais), arquelogia (tratado dos princípios) arqueológico (rel. à arqueologia), arquelógico (rel. à arquelogia) arquidemónio (principal demónio), Arquidemo (n.) arquierarca (arqui-hierarca), arqui-hierarca (chefe da hierarquia) arquierarquia (arqui-hierarquia), arqui-hierarquia (dignidade de arqui-hierarca) arquiestratego (principal estratego), arquistratego (arquiestratego) arquilaúde (grande alaúde), arquialaúde (arquilaúde) arquiteto (que projeta ou dirige construções), arquiteto (de arquitetar) arquivista (pessoa encarregada do arquivo), arquiveiro (arquivista, nalguns dics.), arquivístico (rel. a arquivos, nalguns dics.) arrã (rã), arrau (inseto) arrabalde (subúrbio), Arrabalde (top.), Arrabal (top. e n.), Arrabaldo (top.) Arrábida (serra), rábida (lugar sagrado; f. rábido) arrábido (da Arrábida), rábido (raivoso) arraçar (melhorar a raça), arrasar (tornar raso; encher), arrazar (clarear), arrajar (começar a colher cor a fruta) arraçoar (raçoar), arrazoar (razoar) arrafanhar (arrebatar), arrefanhar (arrafanhar) arraiais (pl. arraial; de arraiar), arraiães (pl. arraião), arraíais (var.: arraíeis) arraiano (raiano), arraião (peixe; (am) planta), raiano (raioto), raiam (de raiar), raião ((om) pequenote; raia grande; macho da raia; uja; raiom), Raião (top.), raiom (rayon) arraigada (base da língua; f. arraigado), arreigada (apêndice; f. arreigado) arraigar (arreigar), arreigar (arraizar), reigar (ant.: arreigar), arrigar (arrincar), arraizar (enraizar), enraizar (criar raiz), enraiganhar (enraizar) arraigota (raigota; de arraigotar), raigota (raiz goossa que fica da corta) arrais (patrão de barco; de arrair), arrás (pano de Arrás), Arrás (cid. fr.), arrãs (pl. arrã), arras (dote), Arras (top. gal.) arrampadouro (encosta), arrampadoiro (arrampadouro) arrancar (extirpar), arrancoar (arrancorar), arrancorar (queixar-se), arrincar (arrancar), arrencar (arrancar, nalgum texto), arrincoar (acantoar), arrinconar (arrincoar), arrincolhar (derrear), arrancalhar (estorvar), arrangalhar (desmelhorar; arrincolhar), arringar (arrincar), arranganhar (andar com dificuldade) arranchar (albergar), arranjar (dispor), arrenjar (dial.: arranjar), arrencher (encostar), arrinjar (randear), reanjar (quentar o forno), rearranjar (reacomodar) arrancho (abrigo; de arranchar), arranjo (ato de arranjar) arranco (arrancada), arranque (arranco), arrancoo (de arrancoar) arrandar (moer grosso a aveia), arrandear (randear), arrandiar (arrandear), randear (bambear), randar (fatigar), arranrear (arrandear), arrendear (arrandear) arrandeadoiro (arrandeeira), arrandeadeiro (arrandeadoiro), arromadoiro (arrandeeira) arrandeeira (randeeira), randeeira (balouço), randeira (gancho), randeia (randeeira; de randear), randoira (randeeira), trandeira (randeira) arranha (argalho para pescar polvo; de arranhar), ranha (arranha; sarna; crustáceo; de ranhar) arranha-céu (edifício muito alto), arranha-céus (arranha-céu) arranjáveis (pl. arranjável), arranjáveis (de arranjar) arrapanhar (arrepanhar), arrabanhar (arrapanhar), arrabinhar (arrabanhar), arraspanhar (arrapanhar), arrepanhar (apanhar), arrebanhar (juntar em rebanho; arrepanhar), raspanhar (raspinhar), raspinhar (raspar), raspilhar (raspar ligeiramente), raspunhar (arranhar a cute; roubar) arrapanhota (arrepanhota), arrepanhota (rapanhota), rapanhota (repanhota), repanhota (apanhota) arrasadeira (rasoira), arrasadora (f. arrasador) arrastar (levar a rasto), arrastrar (arrastar), arrastrovar (ancinhar), arrestrovar (malgastar) arrasto (arrastamento; arresto), arrastro (arrasto), adrasto (inseto) arrautada (arrebato), arroutada (arrautada), arreutada (arrautada; f. arreutado), arrotada (f. arrotado), arruitada (arroutada), ratada (diabrura) arrauto (arrouto), arrouto (arrebato; arroto), arroutó (erva monteira) arreais (de arrear), arriais (de arriar), arriaz (fivela), arreaz (arriaz), arreaza (fenda em casco de cavalo) arrear (pôr arreios), arriar (baixar velas) arrebatar (arrancar), arrebitar (alçar), rebitar (arrebitar), arrebater (dar para trás), rebater (bater de novo) arrebóis (pl. arrebol), arreboles (de arrebolar), arre-bois (pl. arre-boi) arrebol (cor do lusco-fusco), arrebole (de arrebolar) arrebolar (dar forma de bola; arremessar; dar cor de arrebol; polir no rebolo), arrebolhar (rolar), Rebolar (top.), rebolar (lançar rebolo; mover como bola; andar aos rebolos), repolar (decotar polas; ter forma de repolo) arreboleira (semente miúda), Arreboleira (top.), Reboleira (top.) arrebuchar (arrebuxar), arrebuxar (pôr fio às buxas), arribichar (verter), arrabujar (ter rabuja) arrecada (argola; de arrecadar), recada (de recadar) arrecadação ((om) ato de arrecadar), recadação ((om) arrecadação) arrecadador (que arrecada), recadador (arrecadador) arreconchado (escondido), arrecunchado (de arrecunchar) arredar (afastar), arredrar (arredar; atemorizar; redrar), redrar (cavar a vinha) arredio (esquivo), erradio (errabundo; de erradiar), irradio (de irradiar), errante (que erra), errabundo (errante), arredadiço (arredio) arrefecer (perder calor), arrefentar (tornar frio), arrecer (arrefecer), arrefazer (sazonar), arrefeçar (tornar refece), refecer (arrefecer), refrecer (refecer) arregaçar (recolher para o regaço), regaçar (arregaçar) arregalar (abrir muito os olhos), regalar (dar regalo), reguilar (arregalar), arreguilar (reguilar) arregoar (fazer regos), arregrar (pôr em regra), regrar (regular) arreguiço (estremecimento; de arreguiçar), arrequicho (canchaperna; de arrequichar), arregueixo (necessidade, nalguns textos), arreguicho (de arreguichar) arreio (aparelho; de arrear; arreu), arreu (continuamente), arrio (de arriar) arreitar (excitar), arretar (retar; sustar), arritar (dial.: irritar) arrejeitar (arremessar), arrojeitar (arrejeitar) arreito (arreitado), arreto (arretadura; de arretar), arrito (de arritar), arreitó (linária) arrejoar (quentar), arrejuar (murmurar) arrematação ((om) ato de arrematar), rematação ((om) arrematação) arremeção ((om) ant. medida), arremessão ((om) impulso) arremedar (imitar modos), remedar (arremedar), remendar (pôr remendo) arremessar (remessar), arremeter (investir) arremoinhar (remoinhar), remoinhar (formar remoinhos), arremuinhar (arremoinhar), remuinhar (remoinhar), arremunhar (arremuinhar) arrempuxar (fazer força contra algo), arrepuxar (arrempuxar), repuxar (arrempuxar; fazer repuxo), rempuxar (arrempuxar), rampuxar (empurrar) arrenda (2ª sacha), arrenda (de arrendar) arrendar (alugar; rendilhar; fazer arrenda; afazer à rédea), arrentar (cortar arrente), arrindar (randear) arrende (de arrendar), arrente (de arrentar; a rente) arrenegado (renegado), arrengado (que anda arrasto) arrenegar (aborrecer; renegar), renegar (abjurar) arrenego (de arrenegar), Arnego (rio) arrepiam-te (de arrepiar), arrepiante (que arrepia) arrepiar (eriçar), arrepuinhar (arrepiar), arrepunhar (arrepuinhar), arrepunar (repunar), arripunar (arrepunar, nalguns dics.), repunar (pop.: repugnar), repugnar (causar repugno), repiar (tirar a semente ao linho, nalgum dic.), rupiar (arrancar o cabelo), arrupiar (arrepiar), arripiar (arrepiar) arrepolar (formar repolo), repolar (arrepolar), arrepelar (arrancar pelo) arrepor (replicar), repor (restituir) arrepunha (de arrepor e arrepunhar), arrepuinha (de arrepuinhar), arrepuna (de arrepunar) arrequecedeiro (que rende), arrequecedor (arrequecedeiro) arrequecer (aquecer; enriquecer), arriquecer (arrequecer), arrequentar (arrequecer), arrecantar (pôr em recanto), requecer (adquirir calor os frutos ou outras cousas) arrequichar (enrolar), requichar (ranger), enriquichar (recachar), recachar (levantar o rabo), arrecachar (recachar), arrecochar (ocultar em recocho), arrecoxar (agatunhar), arrecunchar (meter em recuncho), arrequixar (recolher) arrequife (pua; requife), requife (fita de passamanaria) arresponsar (responsar), responsar (rezar responso; censurar) arrevesado (posto ao revés), arrevessado (vomitado), arrevasado (arrevesado), arrevesgado (arrevesado), enrevesado (de enrevesar) arrevesar (pôr ao revés), arrevessar (lançar fora), enrevesar (arrevesar), enrevesgar (enrevesar), envesgar (tornar vesgo), enrever (quecer a erva) arriaria (ofício de arrieiro; de arriar), arrearia (ofício de arreeiro; de arrear) arriba (riba; acima; de arribar), Arriba (top. e n.) arribe (de arribar), Arribe (n.) arriçar (rizar; eriçar; enrijar), arrisar (reviver), arrichar (arriscar), arrijar (enrijar), arrizar (enrizar), erriçar (arriçar), eriçar (ouriçar), arrechar (apertar muito), arrechegar (aproximar o mais possível), arrechuar (debilitar), irisar (dar cores do arco-íris), iriar (irisar), irizar (ter ataque de iriz) arrieirada (modo de arrieiro), arreeirada (arrieirada) arrieiro (almocreve), arreeiro (arrieiro) arrieis (de arriar), arriéis (pl. arriel), arreeis (de arrear) arrincoa (de arrincoar), arrincou-a (de arrincar) Arrizado (n.), arrizado (de arrizar), arriçado (de arriçar), arrichado (de arrichar), richado (mesquinho), arrisado (pesaroso; de arrisar) arrizo (sem raiz; de arrizar), arriço (de arriçar) arró (terra inculta), arroa (berberecho; de arroar) arroalho (bode em cio; de arroalhar), arrualho (arroalho; fachenda), arroa-lho (de arroar), arrua-lho (de arruar) arroaz (roaz), Arroaz (top.), arroais (de arroar), arruais (de arruar), arroas (pl. arroa), arruaça (alvoroto; de arruaçar), arroazo (arroaz) arroazes (pl. arroaz), arruaces (de arruaçar), arruaças (pl. arruaça; de arruaçar), arruasses (de arruar) arroba (medida de peso; arroa; de arrobar), arrouba (de arroubar), arrobe (xarope; de arrobar), arrube (de arrubar e arrubir) arrobar (avaliar por arroba; temperar com arrobe), arroubar (enlevar; roubar), arrubar (descarregar a tronada), arrubiar (pôr-se ruivo), arrubir (rubir) arrochar (comprimir), arroxar (arroxear), arrojar (arremessar), rojar (arrojar; fazer rojões), roxar (quentar ao forno), arrouchar (rolar uma roucha) arrodear (dar rodeio), rodear (andar em roda; girar), arredoar (arrodear), arrodar (juntar com rodo), arrodelar (cobrir com rodela), arrodilhar (enrodilhar), enrodilhar (enroscar) arrodeio (rodeio), rodeio (ato de rodear; competição de montar cavalo bravo) arrofo (buraco em rede), arrufo (agastamento; ânimo; de arrufar) arroio (regato; planta; de arroiar), Arroio (n.), arrolho (arrolhamento; de arrolhar), arroo (de arroar) Arrojó (top.), arrojou (de arrojar), arroxou (de arroxar), arrochou (de arrochar) arrojo (coragem; de arrojar), Arrojo (top. e n.), arroxo (de arroxar), arrocho (de arrochar) arrolar (cantar a rola; meter em rol; formar rolos; arrulhar), arrular (arrolar; esfregar), arroular (botar a rolar; arrolar), arroulhar (arroular), arrolhar (meter rolha), arrulhar (sussurrar), arroar (cortar fraguiça de arró), arroiar (correr como arroio), arruar (dispor em ruas), arroalhar (comportar-se com soberba), arrolhoar (fazer regos gordos) arroleiro (arruleiro), arruleiro (cômaro) arrolo (toada para adormecer), arrulo (aturujo), arrulho (arrolo) arrombar (forçar; arrunhar), arromar (bambear-se no arromadoiro; arrumar), arrumar (colocar; arrincoar; rumar), arrimar (encostar), rumar (pôr em rumo), romar (cornear; arromar), Romar (n.), rumar (pôr rumo), rumbar (parrandear), arrumbar (arrombar), romear (remoer), rombar (fazer ruído continuado) arrós (pl. arró), Arrós (top.), arroz (gramínea), arroas (pl. arroa; de arroar), arroes (de arroar) arrostar (encarar), arrostrar (pôr o rostro ao arado), arriostar (pôr riostas) arrotado (de arrotar), arroutado (exaltado), arreutado (reto) arrotar (dar arrotos), arroutar (dar arroutos), arrotear (desbravar), arrotegar (apertar com cunha), arruitar (arrotar) arroteador (que arroteia), roteador (arroteador; dispositivo de comunicação eletrónica) arroteia (arroteamento; de arrotear), Arroteia (top. e n.) arroto (eructação; de arrotar), arrouto (arrebato; de arroutar), arruto (arroto) arroubão ((om) roubão), roubão ((om) ladrão), Roubão (top. e n.) arroubo (enlevo; de arroubar), arrubo (de arrubar e arrubir) arrouçado (ousado), arruçado (arrouçado), arroussado (de arroussar), arroussau (com dissimulo) arrouçar (arrastar), arroussar (arrouçar), arruçar (tornar-se ruço; incomodar) arroupar (enroupar), enroupar (cobrir de roupa), roupar (enroupar), Roupar (top. e n.) arrozada (comida de arroz), arruçada (f. arruçado) arrozais (pl. arrozal), arruçais (de arruçar) arrubia (de arrubiar), arrubia (de arrubir) Arrueda (top. e n.), Arruedo (n.) arruído (barulho; de arruir), ruído (som inarmónico; de ruir), bruído (som de bruar; de bruir), roído (de roer), Ruído (n.), bruedo (lugar tupido) arruídos (pl. arruído), Arruídos (top.) arruinar (causar ruína), arrunhar (derrubar; rasgar; agatunhar), arunhar (arranhar), runhar (lavrar encaixe de aduelas), ronhar (rosmar) arruir (ruir), ruir (desmoronar) arruivado (um tanto ruivo), arrubiado (de arrubiar) arrunhada (terra caída; f. arrunhado), Arrunhada (n.) arsenical (rel. a arsénico), arsenal (lugar para construir navios ou guardar armamento) arsénio (el.), Arsénio (sto.), arsénico (veneno), arsenioso (composto de arsénio) artão ((om) pão, no baralhete dos cegos), Artão ((om) top.) artefacto (objeto produzido por arte mecânica), artefato (artefacto) arteiro (astuto), artieiro (arteiro), artilheiro (que serve na artilharia) artelhar (unir junturas), artilhar (guarnecer com artilharia), artigar (articular), articular (fazer articulação; rel. a articulação), atricular (parolar) artelharia (de artelhar), artilharia (armas de fogo pesadas; de artilhar) artelho (tornozelo; de artelhar), artilho (de artilhar), artículo (segmento de animal articulado), artigo (cláusula; de artigar), artego (planta) artemão ((om) vela mestra), artimão ((om) artemão) Ártemis (Diana), Artemísia (rainha de Halicarnasso), artemísia (planta), artemija (artemísia), artemisa (artemísia), Artemisa (top. e n.) artéria (vaso sanguíneo), artaria (arteirice), arteira (f. arteiro) arteriosclerose (esclerose arterial), aterosclerose (aum. da espessura das paredes arteriais), arterioesclerose (arteriosclerose, num dic.) Artes (top. e n.), artes (pl. arte) artesa (masseira), Artesa (top.), Artésia (Artois) artesão (artífice; (om) artesa grande; lavor emoldurado), artesiano (rel. a Artésia), arteijão (de Arteijo), arteijano (arteijão) artesãos (pl. artesão –artífice), artesães (pl. artesão –artífice), artesões (pl. artesão –artesa ou lavor), artesoes (de artesoar), artesianos (poços da Artésia) artesoado (adorno de artesões), artesonado (de artesonar) artesoar (guarnecer de artesões), artesonar (artesoar) artícola (das regiões árticas), articula (de articular), arctícola (artícola) articulista (que escreve artigos), artigueiro (articulista reles) artificieiro (artilheiro, nalguns dics. e autores), artificioso (engenhoso), artificial (não natural) artilhamento (ato de artilhar), artelhamento (artilhamento, nalguns dics.) artiodáctilo (ungulado), artiodátilo (artiodáctilo) arturiano (ref. ao rei Artur), artúrico (arturiano, nalguns dics.) aruaque (família linguística), arauaque (aruaque) aruma (partícula de cinza; de arumar), aroma (perfume), arume (folha seca do pinheiro; ar fragrante; conjunto de aros; de arumar), arúmia (corpúsculo), arúmio (lenha miúda) arumar (perfumar com arume), aromar (aromatizar) arundinoso (abundante em canas), hirundino (rel. à andorinha) arval (terreno lavrado), erval (terreno com congonha) arvela (alvéola), alvéola (alvéloa), alvéloa (pássaro), arvéloa (alvéloa), alvela (alvéloa), arvéola (alvéloa), aravela (peça do arado), Arabela (n.) arvense (que cresce em terra cultivada), arvense (de Arvo) Arvérnia (top.), Auvérnia (top.), auvérnia (f. auvérnio) arverno (da Arvérnia), Averno (top.), auvérnio (da Auvérnia) arvícola (que vive no campo), arborícola (que vive nas árvores) arvicultor (que faz arvicultura), arboricultor (que faz arboricultura) arvicultura (cultura dos campos), arboricultura (cultura das árvores) arvoar (atordoar), arvorar (içar), enarvorar (arvorar, nalgum dic.) Arvões (top. e n.), Ervões (top.), Arbões (n.), arvoes (de arvoar) Arvor (top.), arvore (de arvorar) árvore (planta), Árvore (top.), Árvor (top.), arvre (dial.: árvore), álvore (árvore, nalguns dics.), alvre (árvore, nalguns dics.), Alvre (top. e n.), árvol (arc.: árvore), Árvol (top.) arvorecência (arborescência), arborescência (qualidade de arborescente) arvorecente (arborescente), arborescente (que arboresce) as (pl. a), às (pl. à), ás (trunfo; letras), asse (ant. moeda rom.), az (ala de exército), Ás (top.), Ans (top.), hás (de haver), As (símb. arsénio), Az (top.) asa (ala; de asar e asir), assa (de assar; suco vegetal), aça (alvacento), aza (de azar), Aza (top. bíbl.), Asa (n. bíbl.) asada (pucheiro de barro com asas; f. asado), assada (f. assado) asador (que faz asas), assador (que assa) asado (que tem asas), assado (de assar), azado (de azar) asados (pl. asado), assados (pl. assado), Assados (top.), azados (pl. azado) asais (de asar e asir), assais (de assar), azais (pl. azal; de azar), assaz (bastante), assaze (de assazar) asalar (ajejar), açalar (asalar) asalaria (de asalar), assalaria (de assalariar) asá-lo (de asar), assá-lo (de assar), azá-lo (de azar), Asalo (top.), asalo (exploração; de asalar) asar (pôr asa), Asar (top.), azar (dar azo; acaso; moeda ant.; planta), Azar (pai de Maomet), assar (cozinhar) asara (de asar), assara (de assar), azara (de azar e azarar) asaria (de asar), assaria (videira; de assar), azaria (de azar) ascensionista (que faz ascensão), ascensorista (encarregado do ascensor), ascensionário (ascensional), ascensional (rel. a ascensão), ascensorial (ascensional) ascese (ascetismo), acesse (de acessar [ing. por aceder]) ascético (rel. à ascese), ascítico (rel. à ascite) ascídio (utrículo), assíduo (diligente), aside-o (var.: asi-o) asclepiadeu (tipo de verso gr. ou lat.), asclepíado (asclepiadáceo) asco (nojo), asco (ascídio) ascomicete (dos ascomicetes), ascomiceto (ascomicete) ascorosidade (qualidade de ascoroso), asquerosidade (ascorosidade), ascosidade (qualidade de ascoso) ascoroso (nojento), asqueroso (ascoroso), ascoso (ascoroso), asquente (asquenta) asedes (var.: aseis), assedes (de assedar; var.: asseis), azedes (de azedar; var.: azeis), acedes (de aceder) aseidade (asseidade), asseidade (caráter do que existe por si) Asêncio (n.), Asenjo (n.), Assenço (n.) ases (pl. ás; de asar e asir), azes (pl. az; de azar), asses (pl. asse; de assar), Ases (deuses escandinavos) asfaltite (substância que tem asfalto), asfaltita (asfaltite) asfíctico (asfíxico), asfíxico (rel. à asfixia) asgácio (resto), Asgácio (n.) Ásia (top.), ásia (f. ásio), áscia (f. áscio) Asiago (top. it.), aziago (funesto) asilado (acolhido em asilo), exilado (expatriado) asiláveis (pl. asilável), asiláveis (de asilar) asilo (refúgio; de asilar), acilo (radical) asinha (aginha; aselha), assina (assim), azinha (anzinha), anzinha (anzinho), enzinha (enzinho), aginha (depressa), aiginha (aginha), agina (dial.: aginha), azinha (azinheiro), azenha (moinho), assenha (de assenhar), assanha (de assanhar), acenha (ant.: azenha), azeia (azenha), aceia (azeia; de acear), aseia (f. aseu), asseia (de assear), aselha (asa pequena), Azeia (top.), Azenha (top. e n.), azia (azedume), asia (de asir), acia (pássaro) asma (dispneia; f. asmo; de asmar), Asma (top.), hás-ma (de haver) asmara (de asmar), Asmara (top.), assamara (crosta torrada) asmo (ázimo; de asmar), ázimo (sem levedura), hás-mo (de haver) asmoniano (macabeu), Asmónio (antepassado dos asmonianos) asnal (asinino), asnil (peixe; arreio; asnal) asnaria (asnada), asneira (disparate; f. asneiro) asneiros (pl. asneiro), Asneiros (top.) asnelo (poste na lareira), Asnelo (top. e n.) aspai (de aspar), Aspai (top.) aspárago (aspargo), aspargo (espargo), espargo (planta) aspeito (aspeto), aspecto (aspeto), aspeto (aparência), aspeuto (aspeito, nalguns dics.) áspera (f. áspero), Aspra (top.), aspra (f. aspro) asperger (aspergir), aspergir (borrifar), Asperger (descobridor da síndroma de A. de pessoalidade autista), absterger (limpar), asperejar (ser áspero), asprejar (asperejar) asperges (aspersão), asperges (de asperger e aspergir) áspero (escabroso), aspro (moeda turca; áspero, nalguns autores) aspetual (rel. a aspeto), aspectual (aspetual) aspiado (aspoado), aspoado (resseco) aspiração ((om) ato de aspirar), espiração ((om) ato de espirar), inspiração ((om) ato de inspirar), expiração ((om) expulsão de ar; vencimento) aspirante (que aspira), espirante (que espira), expirante (que expira) asquenaze (judeu centro-europeu), asquenazim (asquenaze) assadeiro (próprio para assar; assador), assadoiro (assador), assador (que assa; espeto), Assadur (top.) assadora (assador de castanhas), assadura (carne assada; entranhas) assalmonado (parecido ao salmão), assalmoado (assalmonado) assam (de assar), asam (de asar), Assam (Assão), Asan (n. bíbl.), Assão ((am) estado da Índia), Assuão ((am) cid. egípcia), assuã (suã) assassinato (assassínio), assassinado (de assassinar) assassínio (ato de assassinar), assassine-o (de assassinar), assassino (criminoso) asse (de assar; moeda rom.), ase (de asar e asir), aze (de azar), há-se (de haver) assear (tornar asseado), acear (pôr ácios) assedar (tornar como seda), azedar (tornar azedo), sedar (acalmar; assedar) assedentado (sedento), acidentado (de acidentar) assédio (sítio), assede-o (de assedar), azede-o (de azedar), acede-o (de aceder), assedio (de assediar) assegurado (de assegurar), Assegurado (n.), Segurado (n.), assurado (anguriado) asseguradora (seguradora), seguradora (companhia de seguros) assegurar (afirmar), segurar (tornar seguro) Asseiceira (top.), A Seixeira (top.) asseio (limpeza), asei-o (de asar), assei-o (de assar), azei-o (de azar) assejar (acejar), acejar (ajejar), acichar (agromar), ajejar (espreitar), axejar (acejar), ensejar (dar ensejo), enseixar (endurecer sem madurar), ajijar (ajejar), ajinjar (ajijar), assessar (pop.: assejar), axexar (pop.: assejar) asselvajado (com modos de selvagem), assalvajado (asselvajado, nalguns dics.) assemblage (neol.: colagem), assemblagem (assemblage), ensamblagem (ensambladura) assemblear (assembrar; assembleário), assembleário (rel. a assembleia), assembleísta (membro de assembleia) assenhorear (tornar senhor), ensenhorear (assenhorear), assenhorar-se (tomar maneiras de senhora; assenhorear-se), senhorear (dominar como senhor) assenta (de assentar), assinta (de assentir) assentada (sessão), sentada (ato de se sentar) assentamento (ato de assentar), assentimento (ato de assentir) assentar (fazer sentar), absentar (ant.: ausentar), absintar (misturar com absinto), absintiar (absintar), acintar (recintar), ausentar (afastar-se), sentar (pôr em assento) assente (assentado; erva lombrigueira; de assentar e assentir), absente (ant.: ausente), ausente (não presente; se ausentar), acinte (teima; adrede; de acintar) assentis (de assentir), Assentiz (top. port.) assentou-a (de assentar), acentuou-a (de acentuar) Asser (tribo israelita), hacer (oração muçulmana) assertórico (assertório), assertório (assertivo) assiandes (traje mágico), asseandes (pop.: asseais), aceandes (pop.: aceais) assieu (abofé), assieumedre (assieu), assim eu medre (oxalá aumente o meu bem-estar), Asieumedre (pseudónimo de M. Lugris Freire) assignar (assinar), assinar (pôr assinatura; atribuir; lograr; assinalar; assenhar), assenhar (assinalar), signar (ant.: persignar; assinar, nalgum dic.), sinar (signar, nalguns dics.) assim (portanto), assi (var.: assim), asi (de asir), asim (var.: asi ), a si (para si), assine (de assinar) assim mesmo (assim), assimesmo (igualmente, nalguns dics.), a si mesmo (a si próprio) assimetria (falta de simetria), dissimetria (assimetria), dessimetria (dissimetria), dasimetria (medida de densidade atmosférica) assimétrico (dissimétrico), dissimétrico (sem simetria), dasimétrico (rel. à dasimetria) assimptota (assintota), assintota (linha geom.), assinto-ta (de assentir) assimptótico (rel. a assimptota), assintótico (assimptótico) assinala (de assinalar), assiná-la (de assinar) assinalar (pôr sinal), sinalar (assinalar), sinalizar (transmitir sinais) assinara (de assinar), acenara (de acenar), cinara (asterácea), Cinara (pers. lit.) assinatura (firma; texto assinado), sinatura (assinatura, nalguns dics.) assintático (contrário à sintaxe), assintáctico (assintático) Assíria (ant. reino mesopotâmico), assíria (f. assírio), Síria (república do Oriente Próximo), síria (f. sírio) assistente (que assiste), assistenta (empregada) assoada (f. assoado), assuada (barulho) assoalhar (assobradar; soalhar; expor), assolhar (assoalhar), assoelhar (assolhar, nalguns dics.), assonlhar (assolhar), soalhar (pôr soalho; fazer retinir soalha; pôr ao sol), assoiar (queimar-se a côdea) assoante (que tem assonância), assonante (assoante), soante (que soa), absonante (dissonante) assoar (limpar mucosidade), assuar (juntar em assuada), azoar (atordoar), assonar (assoar; ter assonância), absonar (soar dissonante), assunar (assuar) assobiar (silvar), assoviar (assobiar), subiar (assobiar), xubriar (assobiar), assobear (prender com sobeu) assobio (apito; de assobiar), assubiu (de assubir), subiu (de subir), subio (assobio; de subiar), assobeio (de assobear), assovio (assobio; de assobiar) associativismo (associação de grupos), associacionismo (associação de ideias), associonismo (preponderância do associativo) associais (pl. associal), associais (de associar) assoldada (f. assoldado), assoldada (de assoldadar) assoldadar (assoldar), assoldar (assalariar), soldar (ligar) assolver (ant.: absolver), absolver (perdoar) assoma (forma de arar; de assomar), assuma (de assumir) assomade (assemade; var.: assomai), assomada (ato de assomar; cumeada; f. assomado), Assomada (top. Cabo Verde), assemade (duma vez), semade (vez), assomante (logo que) assomadoiro (lugar para se assomar), assomadouro (assomadoiro) assomar (subir ao cume; arar fazendo assoma), assolmar (arrimar terra à solma), assoleimar (estiolar) assome (de assomar), assume (de assumir) assomo (de assomar), assumo (de assumir) assonância (harmonia de sons), absonância (dissonância) assoprar (soprar), soprar (ventar) assossegar (sossegar), sossegar (acalmar), sessegar (ant.: sossegar) assotado (em forma de sótão), assutado (marcado com suta), axotado (de axotar) Assua (n.), assua (de assuar) assubia (de assubir), assobia (de assobiar), subia (de subir e subiar), Suvia (top. e n.) assubir (dial.: subir), subir (elevar-se), sobir (subir, nalguns dics.) assubtilar (tornar subtil), assutilar (assubtilar) assueto (sueto), sueto (descanso) assujeitar (sujeitar), sujeitar (dominar) assulagar (submergir), sulagar (assulagar), assolagar (assulagar), solagar (assolagar) assumia (de assumir e assumiar), absumia (de absumir) assumir (tomar sobre si), absumir (consumir por absunção), assumiar (adquirir súmio) assumpcionista (assuncionista), assuncionista (religioso da Assunção) Assumpta (n.), Assunta (n.), assunta (de assuntar) assumptível (que se pode assumir), assumível (assumptível) assumptivo (adotivo), assuntivo (assumptivo) assunção ((om) arrebatamento), Assunção ((om) n. e cid.), absunção ((om) desgaste) assuo (aturujo; de assuar), assoo (de assoar), azoo (de azoar) assustar (causar susto), sustar (deter) asta! (interj.), hasta (lança), asta (haste; afasta), haste (pau), hás-te (de haver), hástia (haste), hástea (hástia), hasteia (de hastear) asteca (povo do México), azeteca (asteca) asterisco (*), asterismo (constelação) asteroide (pequeno planeta), astroide (asteroide; madreporário), esteroide (hormona) astigmatismo (perturbação da vista), estigmatismo (propriedade ótica) astil (ant. medida agrária), hastil (haste), astim (astil) astilha (estilhaço), hastilha (pequena haste), estilha (hastilha; de estilhar) astilhaço (estilhaço), estilhaço (lasca) asto (ant.: habilidade), Hasto (n.) Astrai (top. gal.), Astrai (n.) astrágalo (osso), estraga-lo (de estragar), ástrago (espaço de entrada) astral (rel. a astro), austral (do S) astronímia (tratado dos nomes dos astros), astronomia (ciência dos astros) ásture (asturiano), ástur (ásture), astur (ásture), astúrio (ásture), estúrio (ant. povo germânico; ant.: astúrio) ástures (pl. ásture), Astureses (top. gal.) Astúrias (região), estúrias (pl. estúria), Estúrias (dial.: Astúrias) asturiano (das Astúrias), asturião ((om) esturião), asturcão ((om) raça de cavalos, nalguns textos) ata (operação de atar; acta; ateira; dial.: até; de atar), há-ta (de haver), atá (até), Atá (top.), apta (f. apto; de aptar), fasta (ant.: até; de fastar), ate (de atar), há-te (de haver), até (prep. e adv.) atabale (timbale), atabal (atabale), atafal (cilha), tabal (tonel; atabal), tabala (espécie de tantã), atabaque (atabale), tabaque (atabaque) atabanado (de atabanar), atavanado (cavalo escuro com pintas) atacar (acometer; encher apertando), atacoar (pôr tacões), atacunhar (tapar oco com taco) atáctico (atático), atático (atáxico), atáxico (rel. à ataxia) atadalho (vincalho), atadilho (parte inferior da guitarra), atadinho (dim. atado; acanhado), atagalho (baraço), ataganho (de ataganhar), atifanho (embrulho), atifalho (atifanho) atadeira (atadura; atadora), atadela (atadura), ateira (árvore que produz a ata), atadora (mulher que ata), atadura (laço) atafagar (atafegar), atafegar (afogar), atrafegar (andar com tráfegos) atafoneira (mulher do atafoneiro), taforneira (lugar para a borralha) atafoneiro (dono de atafona), tafoneiro (atafoneiro, num dic.), tafonairo (cu), taforneiro (que se abriga demasiado) atafular (tornar taful), atafulhar (meter à força) atagem (atadura), atassem (de atar) atai (de atar), Atai (n. bíbl.), aptai (de aptar) Ataíde (n.), Taíde (top.), Talide (top.) atais (pl. atal; de atar), aptais (de aptar), Atães (top. e n.), Atãs (top.), atanes (de atanar) atala (de atalar), Atala (n.), atá-la (de atar), aptá-la (de aptar) atalaia (torre de vigia; de atalaiar), Atalaia (top.), Talaia (top.), atalai-a (de atalar) atalaiador (que atalaia), atalieiro (atalaiador), ateliê (obradoiro) atalhadoiro (onde se corta a água para regar), atalhadouro (atalhadoiro) atalho (carreiro; de atalhar), Atalho (top.), atilho (atadura) atalo (de atalar), ata-lo (de atar), Átalo (rei de Pérgamo), atá-lo (de atar), aptá-lo (de aptar) atamã (hétman), atamane (da Atamânia), hétman (ant. chefe cossaco), atmã (alma, no hinduísmo) atamancar (fazer grosseiramente), tamancar (fazer ruído os tamancos) atanásia (doutrina da imortalidade), Atanásia (n.), atanasse-a (de atanar), atanaze-a (de atanazar), tanásia (tanaceto) Atanásio (padre da Igreja), atanaze-o (de atanazar), atanasse-o (de atanar) atar (juntar), aptar (tornar apto) ataráxico (ataráctico), ataráctico (atarático), atarático (rel. à ataraxia) atardar (atrasar), tardar (demorar), atardecer (entardecer, nalguns dics.), entardecer (cair a tarde) atardes (de atardar e atar), aptardes (de aptar) atarraxar (apertar com tarraxa), atarrachar (lavrar rosca de parafuso) atarres (pl. atarre), atarrês (correia para sujeitar a albarda), atarrece (de atarrecer) atascadeiro (atoleiro), atasqueiro (atascadeiro), tascadeiro (madeira para tascar), tasqueiro (taberneiro) atascar (atorar), tascar (separar o tasco) atauxia (de atauxiar), ataxia (descoordenação de movimentos), tauxia (embutido de metal) atazanar (atenazar), atanazar (atenazar), atenazar (apertar com tenaz), tenazar (atenazar, nalguns dics.), atezanar (atenazar) ate (de atar), há-te (de haver), apte (de aptar) atedes (var.: ateis), atendes (de ater e atender; pop.: ateis) atei (de atar), Atei (top.), atém (mujo; dial.: atei) ateia (de atear; f. ateu), atei-a (de atar), acteia (ranunculácea) ateigar (encher; medir com teiga), ataleigar (ateigar), entaleigar (meter em taleigo) Ateio (n.), ateio (de atear), atei-o (de atar), aptei-o (de aptar), ateu (incréu), ateou (de atear) ateis (de atar; dial.: aténs), aténs (pl. atém; de ater) ateísmo (descrença), asteísmo (expressão irónica) ateísta (ateu), ateneísta (sócio de ateneu, nalguns autores), antiteísta (partidário do antiteísmo), ateística (f. ateístico) ateitinhar (andar às apalpadas), atoutinhar (ateitinhar), apoupinhar (não adiantar no trabalho; coxear), apoupilhar (apoupinhar), totenhar (subacar) atemos (de atar), atemos (de ater) atempera (de atemperar), atempara (de atempar) atempo (ensejo; de atempar), a tempo (notação musical; no momento oportuno) Atena (Minerva), Ateneia (Atena) Atenas (cid.), atém-nas (de ater), atem-nas (de atar) atença (confiança; de atençar), Atença (n.), atensa (de atensar), atesa (de atesar), atinência (qualidade de atinente) atençar (calcular sem medir), atensar (tensar), atesar (entesar) atenda (de atender), atenda (de atendar) atende (de atender, atendar e ater), atente (atento, nalguns autores; de atentar), atém-te (de ater), atinente (tocante) atendimento (ato de atender), atenção ((om) concentração para compreender) atendo (de atender e ater), atendo (de atendar) Ateneu (escritor gr.), ateneu (academia) atentamente (com atenção), atentadamente (contra a ordem) atento (atencioso; de atentar), a tento (com tento), atente (de atentar), autente (ajuizado) ater (sujeitar; confiar), Ater (n. bíbl.) aterecer (inteiriçar), aterrecer (atemorizar), atarrecer (desconfiar), atrecer (aterecer) aterecido (de aterecer), atrecido (de atrecer), Aterido (n.), atrido (dial.: magoado) aterragem (ato de aterrar), aterrissagem (aterragem), aterrizagem (aterrissagem), aterrissassem (aterrassem), aterrizassem (aterrissassem), aterrassem (de aterrar) aterrar (aterrorizar; pousar em terra; cobrir com terra), aterrorar (aterrorizar), aterroar (cobrir com terra), aterrissar (bras.: aterrar), aterrizar (aterrissar), aterrorizar (causar terror), terrorizar (aterrorizar) aterrize (de aterrizar), aterrece (de aterrecer) aterro (terraplenagem; de aterrar), aterroo (de aterroar) atiçar (espevitar), atiçoar (queimar com tições), tiçar (atiçar) ático (da Ática; parte superior da casa), Ático (bispo de Jerusalém; n.), áptico (opérculo dos amonoides) atigrado (de cor de tigre), tigrado (atigrado) atila (de atilar), Átila (rei dos hunos) átimo (instante), átomo (corpúsculo) atimoar (pôr a timoa), atemoar (atimoar, nalgum texto), temonar (ser temoneiro), timonar (temonar) atina (de atinar), actina (proteína) atine-a (de atinar), actínia (cnidário), atínia (choupo) atinei-a (de atinar), actineia (actinela) atinem-te (de atinar), atinente (pertencente) atingir (alcançar), atinguir (dial.: atingir), tingir (colorir), tinguir (dial.: tingir), tenhir (amassar o pão) atino (de atinar), actino (díptero; unid. intensidade calorífica) atirada (ato de atirar; f. atirado), tirada (ato de tirar; f. tirado) atito (silvo agudo; de atitar), Tito (n.) ative (de ater), ative (de ativar) ativem (de ativar), ativem (var.: ative) ativo (que atua; de ativar; var.: ateve), atubo (povo bético), atobo (de atobar) atlântica (f. atlântico), Atlântida (continente mit.) atlântico (rel. ao), alântico (ácido), Atlântico (oceano) atlas (livro cartográfico), Atlas (pers. mit.) atleta (que pratica atletismo), aleta (pequena ala) atmidiatria (emprego terapêutico de gases), atmiatria (atmidiatria) ato (ação; de atar; ato-), acto (ant.: ato), há-to (de haver), apto (capaz; de aptar), auto (drama; automóvel; dial.: acto e apto), auto- (ref. a próprio), alto (elevado; paragem), aito (ant.: auto), atto- (trilionésimo) atoa (de atoar), à toa (a esmo), à-toa (irrefletido), atou-a (de atar), aptou-a (de aptar) atoada (boato), atuada (f. atuado), atoarda (atoada) atoalha (de atoalhar), atoa-lha (de atoar) atoalhado (tecido de toalha), atoalhado (que anda à toa) atoalhar (cobrir com toalha), atolhar (atoar; atascar), atulhar (entulhar), atunhar (obstruir) atobais (de atobar), atobás (pl. atobá) atocha (de atochar), Atocha (top. e n.) atolar (meter em atoleiro; tolear), tolar (atolar), entolar (fazer borreias; atolar) atoles (de atolar), atóis (pl. atol), atoes (de atoar) atondo (atavio; de atondar), atondado (de atondar), atontado (de atontar), atontalhado (atontado, nalguns textos) atontar (entontecer), atontear (atontar), estontear (entontecer), estontar (estontear), estontecer (entontecer), entontecer (tornar tonto), atontiçar (atontar), atoutiçar (aturdir), atondar (ataviar) atopar (topar), topar (encontrar), toupar (topar), tupar (romar) atorar (deixar atorado; torar), aturar (suportar), obturar (tapar), obdurar (endurecer), torar (cortar em toros) atordar (atordoar), atordoar (entontecer), aturdir (atordoar), tordear (vacilar) atores (pl. ator), atores (de atorar) atorgar (obstruir a garganta), torgar (atorgar), atragoar (atuar precipitadamente), atorgalhar (atordoar), atrogalhar (fazer com precipitação), trogalhar (atorgalhar), trasgolar (atorgar), tragar (engolir), atragulhar (engolir com precipitação), trargar (travar) atos (pl. ato), Atos (n.) atossicar (atoxicar), atoxicar (intoxicar) atotado (açorado, nalguns dics.), atoutado (atotado, nalguns dics.), atutado (de atutar) atrabiliário (rel. a atrabílis), atrabilioso (atrabiliário) atrabílis (bílis negra), atrabile (atrabílis) atracador (que atraca), atracadouro (sítio para atracar) atraente (atrativo), atraem-te (de atrair), atrativo (que atrai) atrais (de atrair; dial.: atrás), atrás (após), atrase (de atrasar) atrancar (fechar com tranca), atravancar (pôr travanca), atravincar (segurar com travinca) atrapalha (de atrapalhar), atrapa-lha (de atrapar), trapalha (de trapalhar) atrapalhar (enredar), trapalhar (atrapalhar), atropalhar (pisar) através (transversalmente), atravesse (de atravessar), travesse (de travessar), través (direção oblíqua), traveis (de travar), trasvês (de trasver) atravessadoiro (caminho que atravessa), atravessadouro (atravessadoiro) atrebulhar (açordegar), aturulhar (meter pressa; atrebulhar) atreito (afeito), atrito (fricção; que tem atrição), atrico (contradição) atrelagem (ato de atrelar), atrelassem (de atrelar) atrepsia (atrofia), atresia (estreitamento de canal) atrépsico (atréptico), atréptico (rel. a atrepsia), atrético (rel. a atresia), atlético (robusto) atretismo (atresia), atletismo (desporto) atreu (a treu), Atreu (pers. mit.) atrever (ousar), estrever (dial.: atrever) atrevimento (ousadia), atrevemento (pop.: atrevimento), estrevimento (dial.: atrevimento) atribui-lo (de atribuir), atribulo (de atribular) atribulação ((om) tribulação), tribulação ((om) aflição) atribular (causar atribulação), tribular (atribular) atributar (impor tributo), tributar (dar tributo) atrigar (trigar), trigar (apressar) atrincheirar (entrincheirar), entrincheirar (fortificar com trincheiras), trincheirar (entrincheirar) atris (pl. atril), atriz (f. ator), altriz (que nutre) atristurar (tristurar), tristurar (entristecer), atristar (entristecer), contristar (tornar triste), entristecer (tornar triste), entristar (entristecer) atro (negro), atroo (atroamento; de atroar), atrom (ant.: trom) atroante (atroador), atroador (que atroa) atroar (fazer estrondo), atronar (atroar, nalguns dics.) atropelar (chocar), atropilhar (reunir em tropilha), atropalhar (pisar derramando) atros (pl. atro), atroz (cruel), atroes (de atroar), atrões (atrons), atrons (pl. atrom) atrujar (ter náusea; aturujar), aturujar (lançar aturujo), atrutar (atrujar), aturutar (atrutar) atrujo (berro), aturujo (atrujo), aturro (berro), turujo (aturujo, nalguns textos) atrutado (da cor da truta; de atrutar), atruitado (atrutado) atua (de atuar e atuir), atui-a (de atuir) atuação ((om) ação de atuar), autuação ((om) ação de autuar), atuamento (tuteio, nalguns dics.), atoamento (atuimento), atuimento (ato de atuir) atuais (pl. atual; de atuar e atuir), atoais (de atoar) atualismo (observação do atual), atualíssimo (muito atual) atuar (exercer ação; atoar; atuir; tutear), atutar (tutear; aturujar; assustar), atotar (atorar; comprimir), atitar (dar atito), autuar (processar), atoar (levar à toa; atuir), atuir (entupir), tuir (atuir, nalguns dics.) atue (de atuar), atui (de atuir) atueira (rede para atuns), atuneira (f. atuneiro; anzol de atuns), tueira (buraco no lar do forno) atues (de atuar), atuis (de atuir), atuís (de atuir), atuns (pl. atum) atum (peixe), atume (atadura) atuo (de atuar e atuir), atoo (de atoar) aturadoiro (que se pode aturar), aturadouro (aturadoiro) aturrear (berrar), aturrar (aturrear) auchaba (de auchabar), auchava (de auchar) audímetro (instr. que mede audiência), audiómetro (acuómetro) audiometria (estudo da audição), eudiometria (análise de misturas gasosas), audimetria (medida de audiência) auganeve (aguaneve), aguaneve (água de chuva com neve) Augeias (rei da Élida), augias (de augir), Áugias (Augeias), Augelas (top. e n.) augisse (de augir), auxesse (hipérbole) Auguela (top. e n.), auguela (dim. auga) augure (de augurar), áugure (adivinho) augusta (f. augusto), Augusta (n.), Augustina (n.), Agustina (n.), agustina (maçã; planta), agostinha (f. agostinho), Agostinha (n.), Augustinha (n.), agustia (alteração da sensibilidade gustativa) aula (classe; de aulir e aular), oula (de oular) Áulide (top. gr.), aulida (f. aulido) aulido (ouveio), oulido (aulido, nalgum dic.), ulido (olfato) áurea (f. áureo), Áurea (n.), Áuria (ant. Ourense), aureana (recolhedora de areias auríferas) aureliano (rel. a Marco Aurélio), Aureliano (n.), Aurelino (n.), Aurelinho (dim. Aurélio) áureo (de ouro), Áureo (n.), aureano (recolhedor de areias auríferas), áurico (áureo) auricalco (metal fino), oricalco (auricalco) aurifício (aurífice), orifício (buraco), aurífice (ourives), aurífico (que tem ouro), aurifrígio (orla de ouro), aurifrísio (ave) auriflama (bandeira), oriflama (auriflama) auriluzente (aurifulgente), aurifulgente (que brilha como ouro), ouriluzente (auriluzente), ourilozente (ouriluzente, nalguns dics.) aurinhacense (aurignacense), aurinhaciano (aurinhacense) aurir (alucinar-se; ourar), haurir (exaurir), exaurir (esgotar) auroral (rel. à aurora), auroreal (auroral) aurorar (aurorear), aurorear (aurorejar) ausio (ousio), auso (ousadia), auseio (de ausear) austinado (ant.: obstinado), oustinado (obstinado, nalguns dics.), obstinado (que se obstina) austinência (abstinência, nalguns dics.), abstinência (ato de abster) Austo (n.), hausto (ato de haurir) Australásia (Austrália, Nova Zelândia e Nova Guiné, e outras ilhas da Oceânia), Austrásia (ant. reino franco) austro (S), austro- (rel. à Áustria) autarcia (autossuficiência), autarquia (autogoverno) autárcico (rel. à autarcia), autárquico (rel. à autarquia) autemoterapia (auto-hemoterapia), auto-hemoterapia (injeção do próprio sangue) autenticação ((om) ato de autentificar), autentificação ((om) autenticação), auto-identificação ((om) identificação própria) autenticar (tornar autêntico), autentificar (autenticar) autentico (de autenticar), autêntico (fidedigno) autista (que tem autismo; motorista), altista (que joga na alta; que toca o alto) autoaprendizado (aprendizado sem mestre), autoaprendizagem (autoaprendizado) autodidata (que aprende por si mesmo), autodidacta (autodidata) autogéneo (que existe por si próprio; soldadura a quente), autógeno (autogéneo) autognose (conhecimento de si próprio), heautognose (autognose), autognosia (autognose) automação ((om) controle automático de processos), automoção ((om) indústria do automóvel, nalguns textos), automatização ((om) funcionamento automático de máquina) autónomo (independente), autónimo (ortónimo) autópsia (exame de cadáver), autopsia (de autopsiar) autoridade (mando), atoridade (ant.: autoridade) auxiliar (socorrer), auxiliar (auxiliário) auxílio (ajuda), Auxílio (n. lat.), auxilio (de auxiliar) avacalhado (de avacalhar), avacado (com feitio de vaca) aval (garantia), Aval (top. e n.), Abal (n.), Avale (n.), avale (de avalar), abale (de abalar), avau (avondo), avão (ave) avalancha (alude), avalam-cha (de avalar), abalam-cha (de abalar), avalanche (avalancha) avalentoar (infundir ousadia, nalguns dics.), avalentar (avalentoar, nalguns dics.), envalentar (avalentoar, nalguns dics.), envalentonar (avalentoar, nalguns dics.) avales (de avalar; pl. aval), abales (de abalar) avaliação ((om) ato de avaliar), avalização ((om) ato de avalizar), evaluação ((om) avaliação, nalguns autores), avaluação ((om) avaliação, nalguns autores) avaliáveis (pl. avaliável), avaliáveis (de avaliar) avalumar (carregar muito), avolumar (fazer volume), abalumar (prender com baluma) avançar (adiantar), avençar (fazer avença) avanço (avançada), avanço (de avançar) avangardas (pl. avangarda), avangardes (de avangar) avangelista (ant. e pop.: evangelista), Avangelista (n.), evangelista (redator de evangelho), Evangelista (n.) avango (de avangar), vango (que pende no vácuo) avanguarda (vanguarda), vanguarda (1ª linha), vangarda (vanguarda, nalguns dics.), avangarda (vanguarda, nalguns dics.) avantais (pl. avantal; de avantar), aventais (pl. avental; de aventar) avantal (avental), avental (mandil), devantal (avantal) avantar (adiantar), aventar (ventilar; segurar pelas ventas; chegar), ventar (ventear; pressagiar), ventear (ventanejar) avante (adiante; de avantar), abante (abanteu), vante (dianteira), vão-te (de ir) avanto (de avantar), abanto (abutre) avara (f. avaro), abara (de abar), ávara (f. ávaro), abará (iguaria; de abar) avareza (apego ao dinheiro), avarícia (avareza, nalguns dics.) avaria (dano; de avariar), abaria (de abar), haveria (de haver), Avarua (cap. das Ilhas Cook) avaro (avarento), Avaro (top.), ávaro (ávare) ave (pássaro; ave-maria), Ave (rio), abe (de abar) aveaca (peça do arado), aveca (aveaca), avieca (aveaca), abelhaca (abilhaca), abilhaca (enfermidade do trigo), aiveca (aveca), aviaca (aveaca) aveado (doido), aviado (prestes; de aviar) aveais (pl. aveal), aviais (de aviar), Aveãs (top.), aveãos (pl. aveão) aveal (campo de aveia), Aveal (top. e n.) Aveeira (top.), Avieira (top.) ave-fria (abibe), ave-do-frio (ave-fria) aveia (planta), avena (gaita), avenha (de avir), advenha (de advir), abênhoa (pelos que bordeiam as pálpebras) aveias (pl. aveia), Aveias (top.) avelã (fruto da aveleira), Abelã (top. e n.), avelão (aveleira), Avelão (top.) avelado (semelhante à avelã), Avelaedo (top.), Aveledo (top. e n.), aveledo (avelanal), Avelendo (top. e n.) avelar (enrugar; avelanal), Avelar (top. e n.) Avelenda (top. e n.), Aveleda (top. e n.) avelhentar (fazer envelhecer), envelhentar (avelhentar) Avelina (top. e n.), Abilina (n.), Evelina (top.), avelinha (joaninha), avelainha (velainha), velainha (borboleta; f. velainho), lavelainha (avelainha) Avelino (n.), Abelino (top. e n.), Abilino (n.), velino (pergaminho) avença (ajuste; quantia por serviços; de avençar), avinça (retribuição; de avinçar), havença (gado lanar), habença (havença), aveniência (avença), adveniência (aveniência) avençais (pl. avençal; de avençar), avançais (de avançar), avinçais (de avinçar) avençar (tomar como avença), avinçar (contratar) avenho (apeiro; de avir), aveio (de avir), avelho (disfarçado no Entrudo; de avelhar), adveio (de advir), advenho (de advir), avinho (de avinhar; dim. avo), abenho (avenho, nalguns dics.), Abenho (n.) avenida (alameda), Avenida (top.), avinda (f. avindo), havida (f. havido), habida (f. habido), avida (f. avido) avenoiteira (trasnoiteira), avenouteira (f. avenouteiro) aventais (pl. avental), aventais (de aventar) aventajar (avantajar), avantajar (levar vantagem), avantujar (ter avantujo), aventojar (arejar) aventura (sucesso extraordinário), ventura (fortuna; f. venturo), Ventura (top. e n.) aventurança (o que se aventura), venturança (ventura, nalgum dic.) aventurina (minério), aventurinha (dim. aventura) aventureirismo (comportamento de aventureiro), aventurismo (inclinação ao risco) averdosado (averdugado), averdugado (tirando a verde) avergonhar (envergonhar), avergoar (fazer vergões), envergonçar (envergonhar, nalguns dics.), envergonhar (ter vergonha) avermelhar (tornar vermelho), vermelhar (avermelhar) averrugar (enverrugar), enverrugar (encher-se de verrugas) averter (afastar), advertir (reparar) aves (pl. ave), Aves (top.), abes (de abar) avessar (tornar avesso), avezar (pôr no vezo), avisar (dar aviso), avexar (vexar), vexar (atormentar), aviusar (enviesar) avessedo (abixeiro), Avessedo (top.), avissedo (avessedo), abessedo (avessedo), abissedo (avissedo), abicedo (terreno inclinado para O), abecedo (de abecedar), abecido (de abecer), avecido (de avecer) avessidade (avessia), adversidade (contrariedade) avessio (avesseiro), avecio (aves), abexim (abissínio), abecia-o (de abecer), avecia-o (de avecer), abissio (sombrio) Avesso (top.), avesso (reverso; de avessar), avezo (de avezar), aveço (de avecer), abeço (de abecer), avexo (de avexar), abesso (ant.: avesso) Avesta (livro sagrado persa), abesta (de abestar), Avestá (Avesta) avetoninha (rolinha), abetoninha (avetoninha) avexão ((om) avisão), avisão ((om) fantasma) avezinha (ave pequena), avizinha (de avizinhar) avia (de aviar), havia (de haver), Ávia (rio) aviador (que avia), aviador (que pilota) aviajado (curva de arcos), viajado (de viajar) aviamos (de aviar), haviamos (dial.: havíamos) aviar (pôr em caminho; rel. às aves), aviário (viveiro de aves; aviar) aviasse (de aviar), aviese (de aviesar), aviesse (de avir) avícola (avicultor), avícula (avezinha), abécula (aselha), arvícola (que vive no campo) ávido (ansioso), havido (de haver), habido (capaz), avido (avindo, nalguns dics.) Avidos (top. port.), havidos (pl. havido), ávidos (pl. ávido) avigorar (envigorar), envigorar (dar vigor), vigorar (envigorar) avilês (de Ávila, nalgum dic.), Avilês (cid. Astúrias; n.), avileis (de avilar) aviltar (envilecer), viltar (aviltar), avilar (ant.: aviltar) avincar (vincar), vincar (fazer vincos) avíncio (avinça), avinço (avinça; de avinçar) avinha (de avir e avinhar), advinha (de advir), abinha (de abinhar) Avinhão ((om) cid. fr.), avinham (de avir e avinhar), Avinhó (top. port.), avinhou (de avinhar), avinhoa (avinheira), Avinhoa (n.) avinhar (misturar com vinho; plantar de vinha), abinhar (formar de 2 em 2 fios) avista (de avistar), à vista (visível) avistáveis (pl. avistável), avistáveis (de avistar) Avito (sto.; imperador rom.), avito (dos avós), abito (de abitar), habito (de habitar), hábito (costume) avivasse (de avivar), avivece (de avivecer) avivem-te (de avivar), avivente (de aviventar) avoaçar (esvoaçar), esvoaçar (voejar) avoejo (desenho caprichoso), voejo (ato de voejar) avogoso (que avoga), avegoso (pop.: avogoso) avoinha (avozinha), avuinha (avelainha) avolto (revolto), avulto (de avultar) avolumar (aumentar o volume), volumar (avolumar) avonde (de avondar; avondo), avondo (abundantemente), abondo (bastante; de abondar) avos (partes de divisão), há-vos (de haver), avôs (pl. avô), avós (pl. avó; avoengos) avosar (tratar por vós), aboçar (atar às boças), avozear (vozear), abusar (usar indevidamente) avulso (solto), abulso (de abulsar) áxeis (pl. áxil), áxis (vértebra cervical), ágeis (pl. ágil) axiologia (teoria dos valores), hagiologia (hagiografia) axionímia (estudo de axiónimos), hagionímia (hagionimia), hagionimia (hieronímia) axiónimo (n. de dignidade), hagiónimo (n. de sto.) axotar (xotar), assotar (dar forma de sótão), xotar (enxotar), enxotar (afugentar), achotar (lançar uma cousa contra outra), ixotar (axotar), enxoitar (secar), xotear (levantar a vaca a pata) axovalhar (enxovalhar), enxovalhar (injuriar), assovalhar (axovalhar), açobalhar (açabalhar), açabalhar (lixar), açafalhar (açabalhar), sovalhar (assovalhar), assubalhar (assovalhar) azagaia (arma de arremesso; de azagaiar), zagaia (azagaia; de zagaiar) azagaiar (ferir com azagaia), zagaiar (azagaiar) azal (videira), azálea (flor), azaleia (azálea) azambujeiro (zambujeiro), Azambujeiro (top.), zambujeiro (árvore), Zambujeiro (top. e n.), azambujo (azambujeiro), azambuja (azambujo), Azambuja (top.) Azebal (top. e n.), Azibal (top.), Azival (top.) azedum (azedume), azedume (acidez) azêmola (azémola), azémola (besta de carga), azémila (azémola) azenheiro (dono de azenha), azinheiro (árvore), acenheiro (ant.: azenheiro) azeredo (bosque de azereiros), Azeredo (top.) Azevedo (top.; n.), Azevido (top.), Azivido (top.), acevado (de acevar e acevadar) azeveiro (sítio povoado de azevinhos), azevieiro (finório), Acibeiro (top. e n.), Aziveiro (top.), aziveiro (azeveiro), azevinheiro (azevinho) Azevicharia (top.), Azivecharia (top.), azevicharia (de azevichar), azivecharia (ofício de azivecheiro; de azivechar) azeviche (variedade de lignite; de azevichar), aziveche (azeviche; de azivechar) azevicheiro (que faz objetos de azeviche), azivecheiro (azevicheiro) azinheira (árvore), enzinheira (azinheira), Enzinheira (top.) azorragar (açoutar), zorragar (azorragar), sorregar (chover forte; zorregar), zorregar (bater com zorrega) azorrar (levar em zorra), azurrar (zurrar), zurrar (emitir zurros) azul (cor do céu), azur (azul), Azur (n. bíbl.), Assur (n. assírio) azulejo (placa cerâmica; de azulejar), azulento (azulado, nalguns textos), Azuleiro (n.), azulego (azulado) azulenta (pássaro), azuleira (azulenta)

Pesquisar este blog