Páginas

NOTA INTRODUTÓRIA - A ortografia do presente léxico contrastivo, ou prontuário prático para a escrita da nossa língua, é a do Acordo da Ortografia Unificada, de 1990; escolheu-se em geral a norma culta europeia nos casos em que diverge da americana, e incorporou-se com finalidade diacrítica alguma grafia anterior ao Acordo. Junto com as formas simples, incluem-se flexões, topónimos (lato sensu) e outras palavras, a fim de ilustrar a variedade fonética das formas nortenhas e portugalegas, ou dialetais, preferentes mas não exclusivas no léxico, dentro da virtualidade estrutural da língua. Cumpre ter muito em conta que as explicações entre parênteses não são definições, mas breves referências ou sinónimos para identificar no mínimo espaço os vocábulos, procedentes de dicionários ou de autores muito diversos.

A segunda parte contém o resto do léxico geral que pode apresentar dúvidas ortográficas, sobretudo a N da Raia. Nessa lista indicam-se os plurais dos singulares em -ão quando terminados em -ães ou -ões, ou, se não têm plural, a terminação fonética (-am, -om) na pronúncia do português galego, que também se indica na primeira parte. A consulta pode fazer-se alfabeticamente ou mediante pesquisa digital, talvez este o método melhor para resolver rapidamente as dúvidas ortográficas no momento da consulta.

Este trabalho é fruto da pesquisa e da docência; tem um fim fundamentalmente pedagógico e prático geral, ilustrando e não prescrevendo, mas visando contra-arrestar a forte pressão castelhanizante a que está submetida a nossa língua a N da Raia.

A primeira versão deste prontuário foi publicada pelas Irmandades da Fala em 1984, Revista Temas do Ensino, Nos. 2/3, Braga. Última revisão: maio de 2015

LÉXICO CONTRASTIVO

Marcadores


LÉXICO GERAL

G

G gabação ((om) ato de gabar), gabachão ((om) gabacheiro), gabanhão ((om) erva que fica de gadanhar) gabacheiro (gabacho), gabocheiro (gabacheiro) gabaço (grande gabação), gabacho (fanfarrão), gavacho (gabacho), gabanço (gabança) gabado (barril; de gabar), gabato (elegante), gabedo (gabado), gábado (pipa pequena) gabães (pl. gabão), gabais (de gabar) gabança (louvor), agabança (silva-macha), agavança (agabança) gabão ((am) casacão; (om) que gaba), gabam (de gabar), Gábaon (cid. palestina), Gabaão ((om) Gábaon), Gabão ((om) país) gabardina (sobretudo), gabardine (gabardina) gabarito (modelo de navio), gabari (gabarito) gabarra (embarcação), gavarro (inflamação) gabe (de gabar), Gave (top.) gabela (imposto; gavela), gavela (feixe), Gabela (n.) gábia (cava), gávia (fojo), gávea (vela; gávia), gabe-a (de gabar), gaiva (poça; de gaivar), goiva (formão curvo), Gaiva (top.), Gávea (n. e top.), Gávia (top.) gabiru (ratazana), guabiru (gabiru), Gabiru (n.), Guabiru (n.) gaça (garça), gaza (gaze; volta da corda), Gaza (top. palestino e afr.; n.), gasa (gaza), gacha (rede; f. gacho), gaxa (racimo), gaja (f. gajo; de gajar), gache (interj.) gaçapa (peixe), gaçoupa (gadoupa) gaço (garço), garço (esverdeado), gacho (cachaço; encurvado; cacho), gajo (vagem; sujeito; de gajar), gazo (gázeo) gadanha (fouce de segar; de gadanhar), Gadanha (top.) gadaria (gado), ganadaria (cria de touros), gandaria (gadaria) Gadeia (top.), gadelha (guedelha), Gadelha (n.), guedelha (melena), gadelho (guedelha), Guedelha (n. gal.), Guedalha (n.), vedelha (guedelha) gado (armentio; peixe gadídeo), gando (gado), Gando (top. e n.), Ogando (n.), Gado (top.) gadoucha (gadoupa), gadoupa (garra), gadunha (gadoupa), cadoupo (tosco) gafeirento (que tem gafeira), gafento (gafeirento) gaga (f. gago), gagá (com capacidade mental reduzida), gagau (oráculo), gaugau (au-au), au-au (voz do cão), gagão (jogo), Gagão ((am) top. e n.) gago (tartamudo), Gago (n.) gaia (cigarra; f. gaio; de gaiar), galha (bugalho; pau bifurcado; de galhar), Gaia (top.), agalha (galha; guelra), Geia (divindade gr. da Terra), geia (veia de terreno; geio; de gear) gaiar (guaiar), galhar (dividir em 2), guaiar (queixar) gaiaco (guáiaco), guáiaco (árvore), guaco (planta) gaiães (pl. gaião), Gaiás (top.), gaiais (pl. gaial; de gaiar), guaiais (de guaiar) Gaifeiro (n.), galhofeiro (brincalhão) Gaifeiros (Gaiferos), Gaiferos (de Mormaltão), galhofeiros (pl. galhofeiro) gaijolo (gajolo), gajolo (papada), gaiolo (gaiola), guiolo (gaiolo) Gaim (top.), Gaíme (top.), gaime (de gaimar) gaio (pássaro; alegre; de gaiar), Gaio (top. e n.), Gai (top. e n.), galho (ramo; agalho; de galhar), Galho (n.), agalho (pretexto; de agalhar) gaiola (jaula; f. gaiolo), Gaiola (top.), javola (ichó), jaula (prisão) gaioso (alegre), Gaioso (top. e n.), Galhoso (top. e n.), galhoso (ramoso) gaiteira (f. gaiteiro; vazamento), Gaiteira (top.) gaiteiro (que toca a gaita), Gaiteiro (top. e n.) gaivinha (gavina), gavinha (apêndice filamentoso), gavilha (bando de gente), gabilho (fouce), gavilho (gabilho), gavilo (gavilho), gavino (gavilho), Gavim (top.), Gavino (n.), Gabim (top. e n.) gaivota (ave), gavota (dança fr.; gaivota), gueivota (gaivota), gavita (ave), gabita (temoa) gaivotos (pl. gaivoto), Gavotos (top.) Gajate (top.), gajato (gajata), gaiato (rapaz) gala (pompa; galadura; de galar; f. galo), Gala (n.) galã (galante), galão ((om) medida; distintivo), Galão ((am) top. e n.) Galácia (região da Ásia Menor), Galáxia (Via Láctea), galáxia (galactita; planta; peixe), galaja (guelra), Galécia (Gallæcia), galécia (f. galécio) galactita (mineral; planta), galactite (galactita), galaxita (mineral), galaxite (galaxita) galactogénio (que favorece secreção de leite), galactógeno (galactogénio) Galães (top.), galais (flores que adornam; de galar), galãs (pl. galã), Galás (top.), Galaaz (pers. arturiano), Galaad (top. e n. bíbl.) galafate (calafate; destemido), calafate (que calafeta) galage (guelra), galagem (galadura), galadura (ato de galar), galeadura (galadura), galaja (galage), galação ((om) galadura), galaje (galage) galaico (galego), galeciano (galiciano), galeziano (galeciano), galécio (da Galécia), galego (da Galiza), Galego (top. e n. gal. e port.), Gallego (n. esp.), galeco (galaico), galicano (da Gália), galiciano (da Galícia; da Galiza ant.), galiziano (galiciano) galápago (úlcera de cavalgadura), galapo (almofada da sela) galantaria (donaire), galanteria (galantaria), galantearia (de galantear), galanteza (caráter de galante) galardoes (de galardoar), galardões (pl. galardão) galaria (de galar), galeria (corredor) gálata (da Galácia), gala-ta (de galar), Gálata (top.), galático (gálata), galáctico (da Galáxia), galato (bolo de milho) galbã (f. galbão), galbana (preguiça) galdir (engolir depressa), galdrir (comer com ânsia) galdracha (carne reles), galdrapa (farrapo; caldo reles), galdrucho (ramboia na Raia húmida; cabeça de pescado para adubo), galdrocho (galdroeiro), galricho (rede para pesca miúda), galrito (galricho; galripo), galripo (saco), galdrapo (farrapo), galdrido (pícaro; de galdrir), galdrope (cabo fixo à cana do leme), gualdrope (galdrope) galdrajada (galdracha), galdralhada (galdrumada), galdruchada (galdrumada), galdrujada (galdrumada), galdrualhada (galdralhada), galdrapada (farrapada), galdrapalhada (galdralhada), galdrejada (galdrajada), galdrupada (galdrumada) galdrão ((om) jogo de cartas), galdrão ((am) baldréu, nalgum texto) galdroeiro (mal ajeitado), galdrojeiro (chafalheiro), galdropeiro (guloso), galdrujeiro (que come galdrujada), galdrumeiro (comilão), galdrupeiro (glutão), aldrumeiro (galdrumeiro) galdromada (galdrumada), galdrumada (comida reles), baldrumada (galdrumada), aldrumada (galdrumada) galé (embarcação), galeia (de galear), galera (navio; torcida), galeira (forcado) galega (f. galego; planta; ave), Galega (top. port.), Agalega (ilha do Oceano Índico), Gallega (La -: top. esp.), agalega (de agalegar) galegada (reunião de galegos; dito ou ato de galegos), galgada (f. galgado), agalegada (f. agalegado) galegas (pl. galega), Galegas (top. port.) galegos (pl. galego), Galegos (top. gal. e port.; n.), Gallegos (top. e n. hispânico) galeguice (galegada), galeguize (de galeguizar), Galeguia (top. port.), galeguia (neol. nalguns autores: galeguidade), galezia (trapaça) galeguinha (f. galeguinho), Galeguinha (top. port.) galeguinho (dim. galego), Galeguinho (top. port.) galeguismo (expressão galega; reivindicação galega), galicismo (francesismo), galaicismo (galicismo, nalguns autores), galeguíssimo (muito galego) galeia (de galear), galei-a (de galar) galeira (rego), galera (ant.: galé; torcedores) galena (sulfureto de chumbo), glena (encaixe num osso) galeote (condenado a galés), galiote (que corre e salta sem reparos) galerna (vento forte do NO), galerno (vento aprazível do NO; galerna) Gales (país), gales (de galar) galês (de Gales; valva), galés (pl. galé), Galez (top.), gaulês (de Gaula ou Gália) galfeira (labareda), galfoeira (falcoeira) galga (f. galgo; peça do carro; ar geado), galga (de galgar) Galgães (top.), galgais (de galgar) galgueiro (rel. a galgo; terreno ladeirento; ar seco de verão), galegueiro (galeguista pouco sério, nalguns autores) galhada (conjunto de galhos), Galhada (top.), gaiada (f. gaiado) galhardo (garboso; boi de cornos como galhas), Galhardo (n.), galhamardo (ufano) galheta (espicho; vaso; bolacha), galheto (forquita), galhito (galheto) galhofa (comida de esmola; diversão), galhoufa (galhofa), galhifa (trapaça), galhota (forquita), galhufa (trapaça), galhupa (galha) galhofada (grande galhofa), galhoufada (galhofada; comida mal preparada), galhopada (galhofada) galhofar (fazer galhofa), galhoufar (galhofar), galhoufear (galhofar) galhofeiro (brincalhão), galhoufeiro (galhofeiro), galhifeiro (que faz galhifa), galhufeiro (intrometido) Galícia (região centro-europeia), Galicia (n. esp.), Galiza (nação ibérica; n.; top. port.), Galisa (top.; ant.: Galiza), Galiça (ant.: Galiza) gálico (rel. à Gália; ácido), gálio (metal), gálhico (gálico) galilé (alpendre), galileia (f. galileu; pórtico), Galileia (região da Palestina) galileu (da Galileia; peixe), Galileu (n.) galinácea (ave), galinhaça (galinha grande) galinha (ave), Galinha (n.) Galinhães (top.), Galinhães (n.) galinheiro (poleiro), Galinheiro (top.), galheiro (pau com galhos), Galheiro (top.) galinho (dim. galo), galinho (planta) galipó (galipote), galipódio (galipote), galipote (terebintina sólida; piche), galipota (gálico; galipote) Galizas (pl. Galiza), Galissas (top. gr.) galo (ave; da Gália; de galar), Galo (n.), gal (unid. aceleração) galocha (calçado de borracha), galoche (baile), galocho (calçado rudimentar), galucho (soldado novato), galorcho (galocho) galocrista (galacrista), galacrista (planta) galopar (andar a galope), galopear (galopar), galopinar (ser galopim), agalopar (galopar), agalhopar (galopar) galope (andadura do cavalo; de galopar), galhope (papas soltas; galope) galopim (rapaz travesso), Galopim (n.), garlopim (plaina) galopins (pl. galopim), galopines (de galopinar) galvães (pl. galvão), Galvães (top.), galbães (pl. galbão) galvão ((am) verme para a pesca; peça do freio), Galvão ((am) n.), galvano (matriz de galvanoplastia), gálbano (goma), galbão ((am) indolente), galbau (que sobressai pela altura), galivão (gabildo) gama (escala mus.; letra gr.; f. gamo; de gamar), Gama (navegador) gamado (em forma de gama), gamado (encantado; louco) gamalho (gamalha), Gamalho (n.) gamão ((om) jogo de tabuleiro), gamão ((om) planta) gambérnia (folgança; gambérria), gambérria (falcatrua), gamberna (gambérnia), gamboína (trapaça) gambeta (gâmbia; finta; cambaio), Gambetta (político. fr.), gambito (lance no xadrez) gâmbia (perna), Gâmbia (rio da Senegâmbia; top. port.) gambozinos (seres imaginários), gambosinos (gambozinos), gambusinos (gambosinos), sambuguinos (pl. sambuguino) gamela (escudela; embarcação; dim. gama), gamelo (vasilha comprida), Gamelas (top.) Games (n.), games (de gamar) gameta (f.: lentilha; m.: gâmeta), gâmeta (célula sexual), gameito (ramalhete; rebento), gameto (gâmeta, nalguns dics.), gamota (gamão) gana (vontade; de ganir), Gana (país) ganância (ganho), ganhança (ganho), ganancia (de gananciar) ganapão ((am) ganha-pão), ganha-pão ((am) ganhão), galha-pão ((am) que se apropria do fruto vizinho) Gancedo (top.), Gancedo (n.) gancela (lenha miúda), gazela (ruminante) ganchar (enganchar), aganchar (trabalhar com a gancha; agavear), enganchar (prender com gancho), enganchetar (enganchar) gancheta (gancho), ganchete (de -: de braço dado), ganche-te (de ganchar), ganche-ta (de ganchar), ganjeta (atrevido), ganchinho (dim. gancho), ganchilho (gancho para fazer croché), gancheiro (que pesca com gancho) ganço (candos; ânimo), ganso (ave), Ganso (top. e n.), gancho (ponta curva; de ganchar), gâncio (resto de tronco) gandaeiro (vadio), gandaieiro (gandaeiro), gandeeiro (gandaeiro), gandideiro (lisonjeador). gandeiro (gadeiro), ganadeiro (gadeiro), ganhadeiro (ganha-dinheiro), gadeiro (rel. a gado) gandaia (ociosidade; de gandaiar), Gandaia (top.), gandoia (indolente) gandaiar (vadiar), gandalhar (gandaiar) Gandão ((om) top. e n.), Gandao (top. Paquistão) gândara (charneca), Gândara (top. e n.), gandra (gândara), Gandra (top. e n.), granda (gândara), Granda (top.), garanda (barrote com pua) Gandareiro (top.), gandareiro (rel. a gândara, nalguns autores) gandarela (ant.: pequena gândara), Gandarela (top. e n.), Grandela (top.), Grândola (top. port.) gandrinha (dim. gandra), Gandrinha (top. e n.) gandujar (franzir), engandujar (gandujar) gandulo (vadio), Gandulfo (n.) ganga (tecido de algodão; mineral sem interesse; cortiçol; sacerdote conguês), ganga (rinoceronte) gangosa (f. gangoso), gagosa (socapa) gangrena (necrose), cangrena (gangrena) ganhães (pl. ganhão), ganhais (de ganhar), Guanhães (top.) ganhante (ganhador, nalguns textos), ganhão ((am) moço de lavoura), ganham (de ganhar), ganhador (que ganha), ganador (que trabalha muito e ganha) ganháveis (pl. ganhável), ganháveis (de ganhar) ganho (lucro; ind. e p.p. ganhar), gainho (voz aguda) ganhote (gorja), ganhoto (rebento) Ganoi (n.), ganoide (peixe) Gante (cid.), guante (luva) Garaboa (n.), Garboa (n.) garabulho (aspereza; carabulho; garavelho), garavelho (ervilha), garavalha (caruma), gravalha (maravalha), garavelo (cestinho), garabujo (cavilha; garabulho) garagem (cocheira), garage (garagem) garamelo (gramelo), gramelo (armadilha) garança (granza), granza (planta) garanhão ((om) semental), granhão ((om) guedelhudo; áspero), grinhão ((om) garanhão) garanhar (trepar), granhar (abandonar), granhear (balbuciar) garanhões (pl. garanhão), Garanhuns (cid. bras.) garantia (fiança), garantia (de garantir) garão (gavita), garrão ((om) nervo da perna do cavalo), garrano (pequeno cavalo), garrau (garão) garatuceiro (gesticulante), garatujeiro (lisonjeador) garatuja (demonstração afetada de admiração), garatusa (trapaça) garavanço (forquilha; gravanço), gravanço (ervanço), Gravanço (top.), ervanço (grão-de-bico) garavata (garavato; gravata), gravata (coleira; planta), grava-ta (de gravar), cravata (gravata), crava-ta (de cravar) garavato (pau; rabisco), grabato (pequeno leito), gravato (garavato), graveto (gravato), gravito (de chifres levantados; de gravitar), garaveto (graveto) garaviço (garavelho), graviço (garaviço), graviçadoiro (graviço longo) garbo (bizarria), Garvo (top. e n.) garça (ave; f. garço), Garça (top. e n.) garção ((om) garça grande; ant.: garçon), garçon (gal.: criado de mesa), garçom (garçon), Garção ((om) n.) garcês (calcês), Garcês (n.) Garda (lago it.; top. gal.; guarda irlandesa), Guarda (top. e n.), garda (guarda; de gardar), guarda (vigilância; de guardar) gardado (guardado), Gardado (top.), Guardado (n.) gardar (guardar), Gardar (n. escandinavo), guardar (custodiar) gardunha (furão; de gardunhar), Gardunha (top.) garelo (milho verde; betanceiro), grelo (talo do nabo) garfelo (garfo; garfela), garfo (forquilha; enxerto; de garfar), Garfe (top.), gárfio (farpa) gargalo (gargaleira; pescoço), gargalho (mucosidade; garabulho), Gargalho (n.) garganta (gorja), Gargântua (pers. de Rabelais) gargantões (pl. gargantão), Gargantões (top.), Gargantães (top.) gargarejar (agitar líquido na garganta), gargalejar (gargarejar) gargarejo (ato de gargarejar), gargajo (rouqueira), gargagem (gargarejo) gargomilo (pop.: gorgomilo), gorgomilo (goela) garlopa (plaina), varlopa (garlopa) garneado (de garnear), garneato (gorja) garnear (respirar; alisar), garnejar (rasgar), garniar (chorar) garnir (guarnecer), gornir (passar cabo por gorne), guarnir (guarnecer) garoar (chuviscar), garuar (garoar), garular (alvorotar), garulhar (fazer garulhadas), garolar (exagerar), garolear (andar de garola), garlear (gralear), galrar (tagarelar), gralear (gorjear) garota (f. garoto), Garota (top. gal.), garouta (vaca de cornos altos) garotil (envergamento), gorotil (garotil), gurutil (garotil), gratil (garotil, nalgum texto), Gratil (n.) garoto (rapaz), garouto (colérico) garouba (caroço), garouda (caravunha), garouja (vaca), garoupa (peixe), garupa (ancas do cavalo), grupa (ant.: garupa; de grupar), gropa (ant.: garupa) garouveira (cerdeira), garoubeira (garouveira), marouveira (lodoeiro; garouveira), garoupeira (barco de pesca da garoupa), grupeira (correia da sela de montar) garrancho (doença de cavalgadura; letra ininteligível; instr. para mover o pão a cozer; de garranchar), garrancho (argola de ferro) garrida (f. garrido), Garrida (top. e n.) garrido (vistoso; de garrir), Garrido (n.) garrote (pau; suplício de estrangulação; de garrotar), garro-te (de garrar), agarrote (de agarrotar), agarro-te (de agarrar) garula (verça; de garular), garrula (de garrular), gárrula (f. gárrulo) garular (garrular), garrular (tagarelar) garuleiro (gárrulo), garruleiro (que garrula) garulo (papão; de garular), gárrulo (garruleiro), garrulo (de garrular) gás (fluido aeriforme), Gás (top.), gaz (medida de extensão) gasalha (de gasalhar), Gasalha (top. e n.) gascões (pl. gascão), gascões (peças do canhão do freio) Gasconha (região fr.; top. port.), Vasconha (top. port.) gasear (aplicar gás), gazear (chilrear), garcear (gazear) gaseificar (gasificar), gasificar (reduzir a gás) gaseiro (rel. a gás), Gasseiro (n.), Gaceiro (n.), Gazeiro (n.) gasmear (grasnar), gasmejar (falar debilmente) gasnate (gasganete), gasganete (garganta), gasnete (gasnate) gasnear (respirar), gasnejar (respirar com ruído) gasoeira (ave marinha), gaseira (f. gaseiro) gasogénio (gasógeno), gasógeno (que produz gás) gaspacho (sopa fria), gaspalho (palhinha; de gaspalhar), gastalho (grampo), caspacho (gaspacho) gáspea (parte dianteira do calçado), jáspea (f. jáspeo) gaspeado (com), jaspeado (de jaspear) gastão ((om) castão; grande gasto), Gastão ((om) n.) gasterópode (gastrópode), gastrópode (molusco) gasto (ind. e p.p. gastar), gasto (despesa; excremento de gado) gastroenterite (gastrenterite), gastrenterite (inflamação no estômago e intestino) gata (f. gato; peixe; de gatar), Gata (top. e n.) gata-faluda (anis), gata-feluda (planta para infusão), gatafoula (barulho) gatais (pl. gatal; de gatar), gatões (pl. gatão) gatal (próprio de gato), gatão((om) aum. gato), Gatoi (top.), Gatão (top. e n.), Gatún (lago do Panamá), gatum (rel. a gato), gatuno (larápio) gateira (abertura para gato; f. gateiro), gataria (conjunto de gatos), gatária (planta) gateiro (amigo de gatos), gatoeiro (gatuno) gatenhas (pl. gatenha; de gatenhar), Gatenhas (top.), gatinhas (pl. gatinha; de gatinhar) gatenho (estéril; podoa; de gatenhar), Gatenho (top. e n.), gatinho (dim. gato; de gatinhar; flor do salgueiro), gatilho (disparador), catenho (tarracenho), gatanho (gatanhada; de gatanhar) gatimanhos (gatafunhos), gatimónias (gatimanhos) gatinha (dim. gata; de gatinhar), gatunha (de gatunhar), gatuna (f. gatuno e gatum), gatona (gata grande) gato (felídeo), Gato (top. e n.) gauchar ((a-u) comportar-se como gaúcho), Gauchar (top.) gauchismo ((a-u) qualidade de gaúcho), gauchismo (esquerdismo) gaúcho (cavaleiro das pampas; de gauchar), gaucho (gaúcho, nalguns dics.) Gaudiosa (n.), gaudiosa (f. gaudioso) Gaula (Gália; top. port.), Gália (n. rom. da França e territórios adjacentes; top. bras.), gálea (elmo) Gaveiras (top.), Gaveiras (n.) gaveiro (oco onde se mete o polvo), gabeiro (gaveiro), gavieiro (vigiante na gávea), Gavieiro (n.), gaveleiro (fileira de gavelas), gavaleiro (gaveleiro), gavilheiro (rel. a gavilha) Gaveira (top.), Gavieira (top.) gaveta (caixa corrediça), gabeta (gaveta, nalguns dics.), gavita (gavito) gaviães (pl. gavião), gaviais (pl. gavial; de gaviar), gabiões (pl. gabião) gavião ((am) ave), Gavião ((am) top. e n.), gabião ((om) cesto da vindima), gaivão ((am) andorinhão), gaveão ((am) ângulo superior da pá da eixada), gavilão ((am) ponta da bisarma) gaviçolo (gavião), gabiço (ramo para fazer lume) gavinhoso (gavinhento), gavinhento (com gavinhas) gaxeta (junta de separação), gazeta (periódico) gázeo (garço), gázio (engaço; gázeo), gáseo (gasoso), gácio (gázeo) gazia (razia), gaziva (gazia), gazua (chave falsa), Gazua (n.), gázua (gazia) geada (geio; de geadar), Geada (n.), gheada (pronúncia do g como h), gelada (f. gelado; geada), giada (dial.: geada; de giadar) geadar (gear), giadar (geadar), jadar (geadar) Geadás (n.), Giadás (n.), geadais (de geadar), giadais (de giadar) geadeiro (rel. a geada), giadeiro (geadeiro), gearento (abundante em geadas), giarento (gearento), geadiço (que geia), geladiço (que gela), giadiço (geadiço), geeiro (que anuncia geada), geento (geeiro), gieiro (geeiro), gelador (que gela) geado (de gear e geadar), giado (geado; de giadar), gelado (coberto de gelo), ageado (de agear e ageadar; murcho por geada) geanticlinal (geoanticlinal), geoanticlinal (dobramento de geossinclinal) gear (formar-se geada), gelar (converter em gelo), gelificar (gelar), gelifazer (gelificar), giar (gear), agear (coalhar), ageadar (gear) geba (corcova; de gebar), giba (geba; de gibar), jiba (erva med.), xiba (choco; dança), Xiva (divindade do xivaísmo), chiba (f. chibo; de chibar), siba (xiba), síbia (xíbia), xíbia (xiba) gebar (machucar), gibar (encurvar) gebo (corcundo; bovídeo; de gebar), gibo (de gibar), chibo (bode; de chibar) geboso (gebo), giboso (que tem giba) gebrar (fazer gebres), xebrar (separar), javrar (fazer javres), javrear (trabalhar com javre), dejavrar (estropiar rompendo polas), xibrar (xebrar) gebre (corte; de gebrar), xebre (separado; alga; cebre: de xebrar), Sebre (top.), cebre (xabredo) gebres (de gebrar), xebres (de xebrar), sevres (porcelana de Sèvres), cebres (pl. cebre) Gedive (top.), quedive (quediva), quediva (ant. vice-rei do Egito) geeis (de gear), géis (pl. gel), gês (pl. gê), gieis (de giar) geena (inferno), gena (cabuja; de genar) geio (geada; de gear), Geio (Rogério), xéu (pessoa ordinária), gio (peça do navio; gelo; de giar), gelo (água congelada; de gelar), Gelo (top. e n.) géiser (gêiser), gêiser (jato de água quente da terra) geiserita (concreção sílicosa), geiserito (geiserite), geiserite (geiserita) geistória (história da Terra), geo-história (geistória) gel (precipitado gelatinoso), gele (de gelar) Gelásio (n.), Gelósio (n.) geleia (mucilagem), jaleia (embarcação) geleira (glaciar; geladeira; f. geleiro), geladeira (frigorífico), geadeira (f. geadeiro), geladaria (gelataria), gelataria (sorveteria) geleiro (geleira; que fabrica ou vende gelo; gearento), Geleiro (n.) geles (de gelar), geles (pl. gel) gelosia (grade em janela), zelosia (qualidade de zeloso), celósia (planta) Gem (top.), geme (de gemer e gemar), gene (fator hereditário; de genar) gema (rebento; pedra preciosa; castanha dividida; de gemer e gemar), Gema (n.) gemação ((om) efeito de gemar), gemulação ((om) reprodução com gémulas) gemara (de gemar), Gemara (parte do Talmude), gémara (vaca derrengada) gemarei (de gemar), Xemaré (top.) geme (furco; de gemer e gemar), Geme (top. gal.) gémea (f. gémeo), geme-a (de gemer e gemar), Gémea (top.), gémia (gema de ovo), gemia (de gemiar e gemer), gémina (banda do escudo), gemina (de geminar), gemê-la (de gemer), gimela (prancha de ferro), Gimiela (top. e n.), gemelga (f. gemelgo), gimelga (rebaixe da verga; castanha gémea), melga (faixa de terra; f. melgo) gemedoiro (gemidos), gemedouro (gemedoiro), gemedor (que geme) gemedura (dobradura de varas da vide), gemedoura (f. gemedouro), gemedora (f. gemedor), gemedeira (lamúria) gemelos (pl. gemelo; gastrocnémios), gemelgos (pl. gemelgo) gémeo (do mesmo parto), gêmeo (gémeo), geme-o (de gemer e gemar), gémino (geminado), gemo (de gemer e gemar), gemeio (gémeo, nalguns dics.; de gemear), gemio (de gemiar), gemeu (de gemer), gemou (de gemar), gímeo (gêmeo), gime-o (de gemer), Ximeu (top.), gemelo (músculo gémeo: botão do punho da camisa, num dic.), Gemelo (neto de Tibério), gemê-lo (de gemer), gemelgo (gémeo; de gemelgar), gimelgo (gémeo), gemielgo (gemelgo), melgo (rabo que queda ao atar as 2 esquinas dum saco; gemelgo, nalguns dics.) gemes (de gemer e gemar), Gemes (top. port.) gemia (de gemer e gemiar), gemeia (de gemear) gemiar (cindir em gémeos), gemicar (gemer baixo), geminar (duplicar), gemelar (rel. a gémeos), gemelgar (ter duas gemas; parir duas crias), gemar (enxertar com gema), gemear (gemiar, nalgum texto) Gemunde (top. port.), Gimonde (top. gal.), Gismonde (n.) genais (pl. genal), genais (de genar) genal (facial), genol (esqueleto de embarcação) gençã (genciana), genciana (planta herbácea), argençana (genciana), jançã (gençã) gendarme (soldado da gendarmaria; peixe), jandarme (peixe), chandarme (molusco; peixe; vestido malfeito), chandarma (chandarme), chindarme (chandarme) Gende (top. e n.), Jende (n.) genebra (bebida), Genebra (cid.; esposa do rei Artur), gengebra (gengibre), gengibirra (bebida), gengibre (planta), Gengivre (top.), seixebra (planta), geigebre (gengebra), geigebro (gengebra), singebra (planta), xeixebra (seixebra) genebreiro (zimbro), genebrense (genebrês), genebrês (genebrino), genebrino (de Genebra) geneia (pop.: genealogia), gineia (geneia), gínea (gineia, nalguns textos) general (militar), geral (comum; superior de ordem religiosa) generalado (generalato), generalato (posto de general), veneralato (grau de venerável na maçonaria) generalidade (qualidade de geral), geralidade (generalidade, nalguns textos) generalíssimo (muito geral; chefe supremo), generalismo (aptidão geral), generalize-mo (de generalizar) generalista (de caráter geral), geralista (mineiro) generativo (que gera), gerativo (gerador), geracional (rel. a geração), generacional (geracional, nalguns textos) generatriz (geratriz), genetriz (generatriz), geratriz (f. gerador) generosa (f. generoso), Generosa (n.) generoso (magnânimo), Generoso (n.) genes (pl. gene), Gens (top. e n.), Gés (top.), lhenes (pássaro aquático) génese (f.: geração), Génesis (m.: livro bíbl.), génesis (génese) genesíaco (rel. ao Génesis ou à génese), genésico (genesíaco), genético (rel. à genética), génico (genético) geneticista (especialista em genética), genetista (geneticista) gengiberácea (zingiberácea), zingiberácea (planta) gengiva (tecido sobre os alvéolos), engiva (gengiva; de engivar), gingiva (gengiva), ingiva (gengiva), encia (de enciar) genico (escrúpulo; de genicar), ginico (girico), xinico (girico; dial.: vulva), genica (pop.: vigor; de genicar) genovês (de Génova), genuense (genovês), genovense (genuense) genovesa (f. genovês), Genoveva (n.) genro (marido da filha), Genro (n.), gênero (grafia bras. de género), gerno (nada), Gerno (top. e n.), gendro (planta), género (categoria de seres), gendra (gomo) gentaça (gentuça), gentuça (gentalha), gentalha (plebe) gente (pessoas), xente (dial.: gente), oxente (ó gente), jente (de jentar) gentes (pl. gente), Szentes (cid. Hungria), jentes (de jentar) gentil (delicado), gentio (pagão; multidão), Gentil (n.), genitivo (possessivo) gentilício (gentílico), gentilize-o (de gentilizar), gentílico (ref. aos gentios; designativo da nação ou lugar de pertença), gentísico (ácido) gentinha (gente reles), Gentinha (top.) geode (cavidade cristalina), geoide (forma da Terra) geodésico (da geodesia), geodético (geodésico) geo-hidrografia (geoidrografia), geoidrografia (descrição da terra e das águas), geidrografia (geoidrografia) geo-história (geoistória), geoistória (história da Terra), geistória (geoistória) geometria (ciência das dimensões), geumetrias (que trabalha por cima do ritmo normal) geonemia (ciência da distribuição dos seres na Terra), geonimia (etimologia dos nomes geográficos), geonomia (estudo das mudanças superficiais da Terra), geonímia (geonimia) geonoma (planta), genoma (informação hereditária dum organismo) Geórgia (país), Jórgia (Geórgia americana), Gruzínia (Geórgia caucásica), Górgias (retórico gr.), gorjas (pl. gorja) georgiano (da Geórgia; rel. a S. Jorge), geórgico (bucólico) Gepa (Josefa), Gepe (José) gera (ventre; de gerar), Gera (n. bíbl.) Gerace (top. it.), gerasse (de gerar), Gerasa (top.) gerador (que gera), geradouro (geradoiro), geradoiro (gravidez), giradeiro (que gira), girador (que gira ou faz girar) gerais (pl. geral; de gerar), girais (de girar e gerir), Xirás (top.), Xiraz (cid. Irão) Geraldes (n.), Giraldes (n.), Gerardes (n.), gerardes (de gerar), girardes (de girar) Geraldo (top. e n.), Giraldo (top. e n.), Gerardo (top. e n.) gerando (de gerar), Gerando (n. it.) gerar (criar), girar (fazer circuito ou giro comercial), agirar (joeirar), gerir (dirigir) gerassem-no (de gerar), geraseno (de Gerasa) geratório (gerativo, nalguns dics.), giratório (que gira) gere (de gerar e gerir), gire (de girar) gerece (de gerecer), gere-se (de gerar e gerir) gerentes (pl. gerente), xerentes (indígenas de Goiás) Gerês (serra), Gerez (top.), gereis (de gerar), Geriz (top.), Seriz (top.), geris (de gerir), Serês (top.), Xerez (cid.), xerez (vinho; alga), Jurês (top. e n.), jureis (de jurar), xuréis (pl. xurel), gireis (de girar), Juriz (top.), júris (pl. júri) geresano (do Gerês), xerezano (de Xerez), geresão (geresano), geresiano (geresano), geresino (geresano) geri (de gerir), Geri (n. bíbl.) geriátrico (ref. à geriatria), giriático (ref. a gíria) gerico (girico), girico (burro; feixe), jirico (girico), xirico (girico) gerifalco (gerifalte), gerifalte (ave de rapina; pessoa que sobressai), gerifalto (gerifalte), xerifado (dignidade de xerife), xarifado (xerifado) gerigonça (geringonça), geringonça (gíria), girigonças (desajeitado) Gerinaldo (n.), Gerineldo (n.) Germade (top. e n.), germade (var.: germai), germinade (var.: germinai), Germinade (top.), germanidade (irmandade) germanais (pl. germanal), germanais (de germanar) Germanha (top. gal.), Germânia (Alemanha ant.) germe (embrião; de germar), gérmen (germe), germem (de germar) germinadoiro (lugar em que se faz germinar), germinadouro (germinadoiro), germinador (que faz germinar) germinar (abrolhar), germolar (germinar), geremelar (germolar), jarmolar (germolar), jaramolar (germolar), germar (germinar, nalguns dics.) germolo (germe; de germolar), geremelo (germolo; de geremelar), geremolo (germolo), germelo (geremelo), jormelo (germolo), jarmolo (germolo), jaramolo (germolo), joromelo (jormelo), jurumelo (joromelo) Gerôncio (n.), Gerúncio (n.), geronte (membro da gerúsia) gertrudes (mastruço; planta), Gertrudes (n.), Geltrude (n.) gessais (pl. gessal), gessais (de gessar) gesso (gipso calcinado; de gessar), gipso (sulfato de cal), Iesso (ilha jap.), guesso (desajeitado) gesta (façanha; giesta), giesta (planta), Gesta (top. e n.), Giesta (top.), gestra (gesta), jasta (giesta) gestal (giestal), Gestal (top. e n.), giestal (gesteira) gestatório (rel. à gestação; transportável), gestante (em gestação), gestionário (rel. a gestação) gestedo (gesteira), Gestedo (n.), Gestido (top. e n.), Gistredo (top.) gesteira (gestedo), giesteira (gesteira), Gesteira (top. e n.), gestreira (gesteira), jasteira (gesteira), Jasteira (top.) gesteiro (giesteiro), giesteiro (giesta), Gesteiro (top. e n.) gestela (planta), Gestelas (top.) gesto (aceno), Gesto (top. e n.), giesto (giestó) Gestosa (top.), giestosa (f. giestoso) Gestoso (n. e top.), giestoso (em que há giestas), gestoso (giestoso) gestual (rel. a gesto), gestuário (dic. de língua gestual) geta (gético; cretino), xeta (beijo), cheta (chavo), getra (bulício) Getsemani (jardim no Monte das Oliveiras), Getsêmani (Getsemani) geveiro (de Geve), Geveiro (n.), xibeiro (que pesca xibas) gibão ((om) veste; grande giba; macaco), jubão ((om) gibão), xibão ((om) xiba grande), xibião ((om) xiba), xubião ((om) xiba) gibarda (silva), gilbarda (gilbarbeira), gilbarbeira (liliácea), gibalbeira (gilbarbeira), gilbardeira (gilbarbeira), gilbarba (gilbarda) gibardo (mamífero marino), gibarte (gibardo), gisbarte (gibardo), gibarto (gibarte), gibarço (gibardo), chibardo (gibardo), chibarro (chibardo), gibarro (gibardo), jubardo (gibardo) gibraltarino (de Gibraltar), gibraltino (gibraltarino) giga (canastra; jiga; abrev. gigabyte), jiga (ant. dança popular) gigante (muito grande), giganteu (gigantesco), giganteio (de gigantear), gigantesco (próprio de gigante), gigântico (gigantesco), gigantão ((om) boneco gigante), gigantone (gigantão) giganteia (f. giganteu; tupinambo; de gigantear), gigantesca (f. gigantesco), giganta (mulher de grande estatura), gigantez (qualidade de gigante) Gijão ((om) top.), Gijão ((om) n.) Gil (top. gal.; n.), Gilo (dim. Ângelo), Chilo (n.), chiolo (mesa de chioleiro), xilo (algodoeiro), xílon (celulose) gila (gilacaiota), xila (imundície; fazenda de algodão), chila (chilacaiota) gilberte (gilbert, num dic.), Gilberte (n.), gilbert (unid. força magnetomotriz), Gilberto (n.), Giliberto (n.) Gilda (n.), Cagilda (n.) Gildo (n.), Cagildo (n.) Gilreu (top.), xilreu (rede) gim (instr. para encurvar calhas), gim (aguardente de cereais) gimbo (dinheiro), jimbo (abelharuco) Gimenes (n.), Ximenes (n.) gimida (queixosa), gemida (f. gemido) Gimil (top. e n.), Gemil (top. e n.) gimno- (rel. à nudez), gino- (rel. ao f.) gimnofobia (medo à nudez), ginofobia (aversão à mulher) ginasial (rel. a ginásio), ginasiano (ginasial) ginecologia (tratado dos órgãos sexuais femininos), sinecologia (ecologia das comunidades de animais e plantas) gineta (equitação com estribos curtos; geneta), geneta (mamífero), janeta (génio), ginete (cavaleiro; pucheiro), geneto (geneta) Ginzo (top. gal. e port.; n.), ginço (acordo; de ginçar), Genjo (top.), Genésio (n.) gio (peça que forma ângulo), Gio (top.) Gioconda (Mona Lisa), jucunda (f. jucundo) Giordano (n. it.), jordano (da Jordânia), Jordão ((am) rio), jordânico (rel. ao Jordão), jordaniano (jordano) gira (de girar e gerir; passeio; f. giro), xira (comida), Xira (top. gal. e port.) girando-a (de girar), girândola (foguetada) girassol (planta), mirassol (girassol), virassol (girassol) giravolta (passeio), viravolta (volta inteira) girei (de girar), Girei (top.), gerei (de gerar) gire-a (de girar), gíria (jargão; f. gírio) girino (cágado), xirim (serim), siri (braquiúro), ciri (xirim), serim (sirim), cerim (chamariz), sirim (verdelhão), xerim (serim), xerém (farinha milha), xarém (xerém) giro (de girar e gerir; rotação; alfoz; bonito), gírio (manhoso; rolda) gironda (porca), Gironda (top. gal.; depto. fr.), Gerunda (top. gal.), Girona (cid. catalã), girona (de gironar), jaronda (gironda; f. jarondo) girondino (da Gironda), gerundense (de Girona) Gis (top.), Giz (n.), giz (carbonato de cálcio), xis (letra; pl. xi, letra gr.), Cis (top.), jis (pl. ji [jota]), sis (fuste), psis (pl. psi) Gize (top. Egito), gize (de gizar) gizes (pl. giz), gizes (de gizar) glabela (ponto do crânio), gravela (bagaço seco; cálculo renal) glacial (ref. a gelo), glaciar (massa de gelo), glaciário (ref. a glaciar) glande (lande; bálano; de glandar), lande (landra), landre (landra) glauco (verde), gláucio (papoula) gleucómetro (instr. para medir quantidade de açúcar), glicómetro (gleucómetro) glicínia (planta), licínia (azeitona), glicínio (berílio), glucínio (glicínio) glicósido (composto donde resulta glicose), glucósido (glicósido) glória (bem-aventurança), Glória (top. e n.), gloria (de gloriar), grória (glória, nalguns dics.) glos (choque), glosa (comento; de glosar), glossa (glosa; de glossar), Glossa (top. gr.) glosado (de glosar), glossado (inseto; de glossar) glosar (fazer glosa), glossar (glosar), gulosar (lambujar) gloses (pl. glos; de glosar), glosses (de glossar) glote (parte da laringe), glúten (substância da farinha), glúteo (nádega; semelhante ao glúten) glucose (açúcar de amido), glicose (glucose) gneisse (rocha estratificada), gnaisse (gneisse) gnómico (rel. a gnoma), gnomónico (rel. a gnómon) gnomo (génio da terra), gnómon (instr. que marca a altura do sol), gnoma (adágio) gnoseologia (gnosiologia), gnosiologia (estudo do conhecimento), gnosologia (gnosticismo), nosologia (caraterização de doenças), gnomologia (filosofia gnómica) goano (goês), guano (adubo orgânico), Guam (ilha), guau (au, nalguns autores e dics.; dança bras.), goês (de Goa), goanês (goês), goense (goês) gobelim (tapeçaria fr.), gobelino (ponto de renda) gobelo (corcova), gubelo (gobelo) gobião ((om) góbio), Gouvião (top.), Goião ((am) top.), Goiane (n.), Guião (n.; (ui-om) top.), guião ((om) guieiro) góbio (peixe), goivo (planta), gobo (calhau) godinha (f. godinho), Godinha (top. e n.), Gudinha (top.), Godina (n.), gudinha (fazendinha) godinhão (godinhês), godinhês (da Godinha) godinho (dim. godo), Godinho (top. e n.), Godim (top.) godo ((ô) rel. aos godos; gogo), goto (glote; golo), gótico (rel. aos godos) Godões (top. e n.), godões (pl. godão) Godói (top. e n.), Godoy (político esp.), Godai (n.), Godão ((om) n.), Godó (n.), godão ((om) armazém) godoira (caluga), godeira (godoira) goela (garganta; de goelar), Goela (top.) gogo (mormo; seixo rolado; (ô) gosma), gogoso (goguento) Goi (n.; top. gal.), gói (não judeu, em iídiche), goio (oco; cousa boa; de goiar), Goio (top.), golho (ovo sem galadura), gojo (cesto) Goia (top. e n. gal.), Goya (pintor esp.) goiaba (fruto da goiabeira), goiva (formão; de goivar), Goiva (top.), Góvia (top.), guaiaba (goiaba), guiava (de guiar) goiás (pl. goiá), Goiás (estado do Brasil; top. gal.; n.), Goás (n.), Goiães (top. gal. e n.), Goães (top. port.), goiais (de goiar), Góis (top. e n.), Goes (n.), góis (pl. gói), goios (pl. goio) gola (colarinho; redemoinho; de golar), gula (glutonaria; ave), Gola (top. it.) Golã (top. sírio), Golão ((am) top. gal.; n. port.), golão (golaço), gulão ((om) glutão), Goulão (n.), Goulau (top.), goleão ((am) goleante; (om) alga) golada (portela de montanha; canal; gole; f. golado), Golada (top. e n.), Agolada (top. gal. e port.), goleada (muitos golos) goldrão ((am) fraco), goldrão ((om) sujo; curtidor) Golães (top.), Golás (top.), Gulães (top.), golais (de golar), gulões (pl. gulão) golçar (vomitar), golfar (golçar), bolçar (golçar), golsar (golçar), bolsar (fazer bolsos), bulsar (fazer bulsas), borçar (rebordar líquido), golfejar (golfar amiúde), abolçar (bolçar) goldra (sujidade; f. goldro; de goldrar), Goldra (top.), grolda (falario, nalgum dic.), guldra (goldra) goldrar (adubar as peles; apodrecer), degoldrar (fazer decair as plantas o calor) gole (golo; espada; de golar), golo (golho; sorvo; gol; de golar), gol (ponto ganhado), grolo (golo; goro; de grolar), gorolo (grumo), goroulo (gorolo), groulo (grolo) goleador (que marca goles), goleiro (guarda-redes) golear (gritar; marcar muitos goles), golejar (golechar), golechar (beber a golos), golelhar (tagarelar), golar (gorar), grolar (gorar; mentir), gular (rel. à garganta), grolear (beber a grolos) golechais (de golechar), golechães (pl. golechão) goles (pl. gole), goles (vermelho) goleta (angra; escuna), Goleta (top.) gólfão (golfão), golfão ((om) nenúfar; golfo), golfarão (de golfar; (om) jato) golfe (jogo; alga; de golfar), golfo (enseada; de golfar) golfinho (cetáceo), golfinho (dim. golfo) golias (pl. golia), Golias (gigante filisteu), Gulias (n.) golondrão ((om) empurrão), golondrim (peixe), golondro (peixe) golpe (pancada; raposo), Golpe (top. e n.), volpe (golpe) golpear (dar golpes), golpejar (golpear) golpeia (de golpear), golpelha (raposa; seirão), golpeja (golpelha, nalgum texto; aldrava, num dic; de golpejar) Golpelhás (top.), Golpilhas (top.), golpelhas (pl. golpelha) gomado (engomado; planta), Gomado (n.) gomar (botar gomos; engomar), engomar (embeber em goma) Gomariz (top. e n.), Gumariz (n.), gomariça (gomos) gomeira (f. gomeiro), Gomeira (ilha) gomes (de gomar), Gomes (top. e n.), gumes (pl. gume) Gomesende (top. e n.), gomesende (mesa, no lapizarro de Mondariz), Gomesindo (n.), Gumersindo (n.), Gumercindo (n.) gomia (agomia), agomia (faca; gomil) gomil (agomil), agomil (jarro), Gomil (top.), Goimil (top.), Guamil (top.), Guimil ((ui) n.), gorgomil (gorgomilo) gomitar (pop.: vomitar), vomitar (arrojar) gómito (pop.: vómito), vómito (ato de vomitar) gomo (rebento; de gomar), gromo (gomo; limpo), grumo (gromo; coágulo; de grumar) gónada (glândula sexual), gonada (f. gonado) Gonçalo (top. e n.), Gonçalvo (n.), gonçado (sebe), Goçalo (n.), gozá-lo (de gozar) Gonçar (top.), Gonxar (top.), Gunxar (top.), Gonsar (n. lit.) Gonce (top. port.), gonze (bisagra de arca), gonzo (quício), gonjo (gonzo) Gondar (top. e n.), Gundar (top.), Goldar (top. e n.), Guldar (top.) Gondarei (top. gal.), Gondarém (top. gal. e port.), Gondarão ((om) top. gal.) Gondariz (n.), Gondoriz (top.), Gundariz (herói pondaliano) Gondeboi (top.), Gundibô (top.), Guindibô (top.) Gondomar (top. e n. gal.; top. port.), Gundemar (n.) Gondomil (top. gal. e port.), Guntimil (top. gal.), Guntumil (top. gal.), Gundemil (top. gal.) gongo (tantã), gongó (vara; árvore), gongão ((om) aum. gongo), Gongão (top.) Gontade (top. e n.), Guntade (n.) Gontão ((am) top. e n.), Gontão ((om) top.) Gontim (top.), Gondim (top.), Guntim (top. e n.), Gundim (top. e n.), Contim (top.), Gudim (top.) gorais (pl. goral; de gorar), goraz (teleósteo), gurás (percídeo) gorda (f. gordo; moeda), Gorda (top.) gordecho (gorducho), gorducho (gordote), gordicho (gordecho), gordeiro (gordecho), gorecho (de gorechar), Gorecho (n.) Górdio (cid. frígia onde estava o nó górdio), górdio (nó; verme), Gordiano (imperador rom.), gordiano (górdio), gordião ((am) ant.: guardião), gordão ((om) muito gordo) gorece (de gorecer), gore-se (de gorar) gorga (erva), gorgaça (gárgula), gorgaz (dardo), gorguz (gorgaz), gorgoço (colo; de gorgoçar), Gorgoço (top.), Gorgoça (top.), gorgoça (de gorgoçar) gorgolar (gorgolhar), agorgolar (esganar), gorgolhar (sair borbulhas), gurgulhar (ferver), gorgulhar (gorgolhar), agorgulhar (gorgulhar), agurgulhar (agorgulhar) gorgolejar (gargarejar), grugulejar (grugrulejar), gorjear (trilar), golgolejar (gorgolejar), golgorejar (gorgolejar), agorgolejar (gorgolejar) gorgoleta (bilha), gorgoleja (de gorgolejar) gorgolhão ((om) borbotão), Gorgulhão ((om) top. gal.), gorgolão ((om) gorgolhão) gorgolho (de gorgolhar), gorgulho (inseto), Gorgulho (top. e n.), gurgulho (ato de gurgulhar), gorgolo (nascente; de gorgolar) górgona (pers. mit.), górgone (górgona), gongrona (fungo), górgona (górgone) gorgulhas (de gorgulhar), Gorgulhas (top.) gorila (mamífero antropomorfo; de gorilar), gorilha (gorila) Goris (top. e n.), Goriz (top. e n.), Gouris (top.), Guriz (top.), Gures (top.), gores (de gorar) gorismo (algarismo, nalguns dics.), guarismo (de guarismar), goresmo (de goresmar) gorjais (pl. gorjal), gorjães (pl. gorjão (am)), gorjões (pl. gorjão (om)) gorjal (gorjeira), Gorjal (top.) gorjão ((am) charlatão; (om) comilão), Gorjão (n.) goro (choco; de gorar), gorro (goro; barrete), goroo (de goroar), gorou (de gorar), goroou (de goroar), gorão ((om) que goroa) goroucho (groucho), groucho (golo) gorrão ((om) que come à custa doutrem), gorrião ((om) cavilha), gurrão ((om) porfiado) gorrovelho (irrequieto; desprezível), gorromelho (gorrombialho) Gosenge (n.), Gosende (top. e n.), Gozende (top.), Gozendre (top.), gosendro (inseto) gosmar (escarrar), osmar (esmar), Osmar (n.), usmar (osmar), husmar (usmar), gusmiar (gulosar), gusminhar (farejar), osmiar (usmar, nalgum texto), esmar (farejar), asmar (esmar), esmear (partir longitudinalmente), gorismar (guarismar, nalguns dics.), guarismar (porfiar; goresmar), goresmar (fazer nºs), atusmar (acejar) gostante (que gosta, nalguns textos), gostoso (saboroso), gostável (que dá gosto) gostáveis (pl. gostável), gostáveis (de gostar) gostei (de gostar), Gostei (top.), Gustei (top.) gosto (paladar; de gostar), Gusto (top.) gota (pinga), Gota (top.), guta (goma) gotear (gotejar), gotejar (pingar), goteirar (gotejar) Goteburgo (top.), Gotemburgo (top.) goteira (fenda por onde cai água; de goteirar), guteira (árvore gutífera) goteirais (pl. goteiral), goteirais (de goteirar) Goterre (top.), Guterre (n.) Goterres (n.), Guterres (n.) gotronhar (goronhar), gutrunhar (gotronhar) gouve (ave; de gouvir), Gouve (n.), Gove (top. e n.) governa (remo que serve de timão; de governar), Governa (top. e n.) governação ((om) ato de governar), governança (governo) governadora (mulher que governa), governadura (ant. trabalho de ferro), governadoria (cargo de governador), governadeira (governeira), governeira (f. governeiro), governanta (mulher que governa), governatriz (governadora) governais (pl. governal), governais (de governar) governal (governamental), governalho (leme), governai-o (de governar), governá-lo (de governar) governativo (rel. ao governo), governamental (governativo) governeiro (pessoa ordenada), governadeiro (que governa), governador (que governa) governicho (mau governo; de governichar), governicho (pessoa amiga de governichar) goza (de gozar), Gossa (top. al.), Gouxa (top. e n.) gozam (de gozar), Gozam (rio bíbl.), gozão ((om) que goza) gozo (prazer; cão; de gozar), Gozo (top. gal. e maltês) grã (grana; f. grão), grana (fruto do loureiro; de granar), Grã (n.), grão (semente; (am) grande), grano (de granar), Gram (bacteriologista), grau (de ângulo; degrau), Grau (top. e n.), degrau (de escada), grada (grade; f. grado; de gradar), agrada (grade; de agradar), agrade (grade; de agradar), Granada (top. gal., esp. e caraíba), granada (f. granado; projétil; granate), grado (vontade; graúdo; grau; de gradar), degrado (de degradar), derado (de bom grado) graais (pl. graal), grais (pl. gral) graal (cálice), gral (almofariz; graal), grial (graal, nalguns autores) Grabaria (top.), gravaria (de gravar) grã-besta (alce), grande besta (besta grande) grabeta (gadanha), graveta (ancinho), garabeta (aparelho de pesca) graça (mercê), Graça (top. e n.), graxa (gordura), Graxa (top.), grassa (de grassar) Grã-Canária (top.), Grande Canária (Grã-Canária) Gração ((am) top. e n.), Gracião (n.), Graciano (n.), Graciliano (n.) graças (pl. graça; agradecimento), grassas (de grassar) gracinha (gracejo), Gracinha (n.) gracioso (engraçado), grazioso (graciosamente, em mús.) gradação ((om) transição gradual), graduação ((om) ato de graduar) Gradaílhe (top.), Gradaílhe (n.) gradar (aplainar com grade; tornar-se grado; agradar), gradear (fechar com grade), graduar (dispor por graus), gratear (usar grateia) gradaria (série de gradas; de gradar), graduaria (de graduar), agradaria (de agradar) gradece (de gradecer), grade-se (de gradar) gradelha (malha de armadura), gradenlha (quadro para enrolar linha) gradicela (grade; estrela-do-mar), gradece-la (de gradecer), gradecê-la (de gradecer) gradil (gradeamento; graminho; vértebras de pescoço animal), Gradil (n.) graduais (pl. gradual), graduais (de graduar) graeiro (grão de cereal), greiro (grão de milho grosso), granceiro (graeiro) graelo (saraiva), grelo (rebento) grã-duque (grão-duque), grão-duque ((am) título) grafema (letra), grafe-ma (de grafar) grafite (forma do carbono; de grafitar), grafito (inscrição em parede; de grafitar) grageia (confeito), drageia (grageia), grajeia (drageia), granjeia (grajeia; de granjear) grageu (grajau), grajau (garajau), garajau (garajão), garajão ((om) gaivinha) graia (de graiar), gralha (pássaro; erro tipográfico; de gralhar), Gralhas (top.) graiar (gradar), gralhar (grasnar), gralear (gorjear) graíça (grainça), grainça (leguminosas) graim (porção pequena), Grainho (top.), Grainho (n.) graiudo (graúdo), graúdo (granado) gralheira (gralhada), Gralheira (top.) gralho (ave; peça do guincho; de gralhar), graio (de graiar), gralhe (gralho), Grailhe (n.) grama (f.: planta; (m.) unid. massa; de gramar), grame (de gramar), gramo (de gramar; pop.: grama) gramadeira (peça para trilhar linho), gramalheira (cadeia do lar), garamalheira (gramalheira), garmalheira (gramalheira; de garmalheirar), dramadeira (escantilhão) gramar (trilhar com gramadeira; semear grama; amassar por 2ª vez; clamar), gromar (agromar) gramática (estudo da linguagem), gromática (arte da agrimensura), gramatica (de gramaticar) gramaticar (dar preceitos gramaticais), gramaticalizar (fazer gramaticalização) gramil (graminho; gramadeira), Gramil (top.) gramínea (f. gramíneo), graminha (dim. grama) gramíneo (rel. à grama), graminho (instr. de carpinteiro; dim. gramo) grampa (instr. para apertar com parafuso; de grampar), grampo (unha; de grampar), grapa (grampo; chaga; aguardente it.), garapa (bebida) grampar (prender com grampo), grampear (grampar) granadeiro (soldado), grandeiro (grande), grandinho (bastante grande), grandito (pouco grande), grandote (crescido), grandueiro (grão em tábuas na mó) granais (pl. granal), granais (de granar) granate (pedra fina), garnate (gasnate) grandal (trigo temperão), Grandal (top. e n.), Garandal (top. e n.) grandão ((om) muito grande), grandalhão ((om) grandão) grande (crescido), Grande (top. e n.) grandeira (canoura; malho; f. grandeiro), Grandeira (top.) grandessíssimo (grandíssimo), grandíssimo (superl. grande) grandeza (qualidade de grande), grandesa (f. grandês), grandor (grandeza, nalguns dics.), grandura (grandeza), grossor (grossura), grossura (qualidade de grosso) grandiloquência (estilo grandíloquo), altiloquência (eloquência sublime) grandiloquente (enfático), grandíloquo (grandiloquente) grandíloquo (de grande eloquência), altíloquo (sublime) granel (celeiro), granela (celeiro), graneiro (celeiro, nalguns dics.), Graneiro (n.) graneis (de granar), granéis (pl. granel) granha (granja; de granhar), Granha (top. e n.), grainha (graunha), graunha (graúlho), Grainha (n.), granja (fazenda; hidrângea), Granja (top. e n.) granheiro (mada de espigas), granhudo (granhão; da granha ou da Granha) Graniço (top.), granizo (saraiva), grainço (graíço), graíço (pedrisco) granita (grainha; de granitar), granito (rocha; grãozinho; de granitar), granido (desenho a pontos) granular (reduzir a grânulo), granular (semelhante a grão) grão-turco (ant. sultão de Constantinopla), grão turco (ant. denominação do grão de milho no Mediterrâneo) grases (peixes), grasses (de grassar) grasso (grassudo; de grassar), Grasso (top.), Graso (top.), graxo (gordurento; gralho) gratidão ((om) agradecimento), gratitude (diver. culta de gratidão) gratuidade (gratuitidade), gratuitidade (qualidade de gratuito) grava (de gravar), Grava (top.) gravadora (aparelho de gravação), gravadura (gravura), gravura (ato de gravar) gravame (ónus), grava-me (de gravar) grave (sério; de gravar), Grave (n.), gravo (cinzelo; de gravar), Grabo (top. e n.) gravei-a (de gravar), grabeia (f. grabeu) gravidar (tornar-se grávida), gravitar (estar sujeito a gravitação) gravidade (qualidade de grave), gravidez (prenhez), gravideis (de gravidar), graveza (gravidade) gravítico (rel. à gravitação), gravitacional (gravítico) gravudo (cravudo), cravudo (peixe) gregal (rel. à grei; rel. aos gregos), gregário (gregal), gregório (moinho de papel; grego), Gregório (n.) gregaria (greguice), gregueria (agudeza em prosa do escritor espanhol Ramón Gómez de la Serna) Gregores (top. e n.), gregórios (pl. gregório) grei (congregação), greia (geneia; manda), grelha (grade de ferro; gralha; ato de grelhar), grege (grei), engreia (corda), grenlha (grelha; de grenlhar) grela (rebento do nabo; pop.: clítoris; vulva; de grelar), Grela (n.; Agrela, nalguns autores), grila (inseto; clítoris; vulva; de grilar), garela (atrevida) grelas (pl. grela; de grelar), Grelas (top.) Greleira (top.), greleira (camisa, em baralhete), grileira (gaiola para grilo; gaita chiadora; pessoa que se apossa de terra alheia) grelhar (assar), grenlhar (grelhar) grelhas (pl. grelha; de grelhar), Grelhas (top.) grelheira (brânquia; f. grelheiro), grilheira (grileira; carrinha policial, nalguns textos), Grilheira (top.), guerrilheira (f. guerrilheiro) grelo (rebento de tubérculo; clítoris; de grelar), grilo (inseto; grelo; de grilar), Grilo (top. e n.), garelo (ufano) grémio (associação), grêmio (grémio) grena (pisca), Grena (top. e n.) grepe (armadilha), crepe (tecido; iguaria) grés (rocha), Grés (top.) greta (fenda; pop.: vulva; de gretar), Greta (n.) gretar (abrir greta), agretar (ter sabor agre), degretar (gretar), esgretar (gretar) grifo (animal fabuloso; tipo de letra; galinha de penas levantadas; enigma; de grifar), grifão ((om) grifo, nalguns dics.), Grifão (n.), grifom (raça canina) Grijalva (top. e n.), Grijalvo (top. e n.) grijó (grijoa), Grijó (top.), grejó (igrejinha), igrejó (grejó), grijoa (capela), Grijoa (top.) grileiro (esperto), greleiro (rel. a grelo, nalguns autores) grilhão ((om) anel de cadeia), grilho (cunha para cortar pedra; grilhão) grima (irritação), grimaça (careta) grimpar (investir), garimpar (fazer de garimpeiro), gripar (funcionar mal) grinhir (grunhir), grunhir (resmungar), grinhuir (rinchar), grunhar (rinchar) gris (cinzento), Gris (top. e n.), grise (ant. tecido; de grisar), griso (grisalho; de grisar) grisão ((om) rel. aos Grisões), griséu (acinzentado), grisu (gás inflamável) gritaria (berraria; de gritar), griteira (gritaria), gritadeira (mulher que grita; gritaria) groenlandês (gronelandês), gronelandês (da Gronelândia) gromecer (agromar), grumecer (grumar) Gronelândia (país), Groenlândia (Gronelândia) grosa (doze dúzias), Grosa (top.), grossa (f. grosso) grosaria (de grosar), grossaria (indelicadeza), grosseria (grossaria) groseira (linha longa), grosseira (f. grosseiro) grossura (qualidade de grosso), grossor (grossura), gordor (grossor) grota (abertura), Grota (top. gal.), groto (lameiro), gruta (caverna) grotesco (excêntrico), grutesco (ref. a gruta) grou (macho da grua; grão), Grou (top.), Grói (top.), grui (de gruir), grue (de gruar) grova (depressão), Grova (top. e n.), Gróvia (top.), angrova (fosso), gorgova (angrova) Grove (top. port.; n.), Ogrove (top. gal.) grovense (ogrovense, nalguns textos), groveiro (ogrovense, nalguns textos), Groveiro (n.), ogrovense (d’Ogrove), ogroveiro (ogrovense) grua (ave; guindaste; de gruir e gruar), Grua (top.), garua (orvalho; de garuar) gruar (cantar a coruja), gruir (cantar o grou), garuar (orvalhar) grudar (colar com grude), engrudar (grudar, nalguns dics.) grude (cola; de grudar; caldo, em calão), engrudo (grude; de engrudar) grueiro (falcão que caça grous), Grueiro (n.) grupelho (grupúsculo), grupeto (conjunto de várias notas mus.) guá (jogo de bolas; voz da corça), guai (ai), guaie (de guaiar), gude (guá) guache (pintura), guaxe (pássaro) guaco (planta), guanaco (mamífero) guadameci (guadamecil), guadamecil (ant. tapeçaria), guadamecim (guadamecil) Guaíra (top.), Guaira (top.) guajiru (guajuru), guajuru (árvore), guajeru (guajuru), Guajeru (top.) gualdrapa (xairel), gualdripa (de gualdripar), gualdrope (galdrope), galdrapa (porca), galdrope (cabo) guaná (guananá), iguana (lagarto) guarda-costas (navio), guarda-costas (protetor pessoal) guardadora (f. guardador), guardadeira (guardadora) guardar (proteger; esperar), aguardar (esperar) guardaria (jardim-escola; de guardar), guarda-ria (vigilância da ria), guarda-rios (vigilante do rio; pica-peixe), gardaria (de gardar) guarda-roupa (que guarda roupas), guarda-roupeiro (guarda-roupa), guardarroupa (guarda-roupa, nalguns textos) guardassol (guarda-sol, nalguns textos), guarda-sol (para-sol) guardeis (de guardar), guardês (guardense), Guardês (n.), guardense (da Guarda) guardiães (pl. guardião), guardiões (var.: guardiães), guardins (pl. guardim) guardião ((am) guarda), gardião ((am) guardião, nalguns dics.) guarecer (sarar), garecer (desfalecer), guarnecer (guarnir), gorecer (guarecer; acovilhar), gornecer (guarnecer), gorentar (confortar; saborear), garnecer (guarnecer, nalguns dics.) guariroba (palmeira), guarirova (guariroba) guarida (covil; f. guarido), Guarida (top.), gorida (guarida), guarita (abrigo de sentinela), Guarita (n.), garita (guarita, nalguns dics.), Garita (top. gal.), gorita (guarita), Gorita (top.), Gurita (top.), gurita (guarita), gurida (guarida; f. gurido), Garida (n.), grita (guarita; gritaria) guarido (de guarir), gurido (de gurir), gorido (de gorir), garito (casa de jogo), garete (peixe; esp.: deriva) guarir (guarecer), gorir (guarir) guarnição ((om) o que guarnece), gornição (guarnição, nalguns dics.) guecho (gueixo; madeixa; pontiagudo), Guecho (Getxo), guenecho (madeixa), gueixo (queixo), guesso (bêbedo) gueixa (cortesã jap.), gueja (régua) gueldo (folguedo), gueldro (gueldo) guelfo (partidário do papa), guelfo (de mau caráter) guelra (brânquia), Guelra (top.), guerla (guelra; bucho e fígado do peixe), Guerla (top. e n.), galra (fala; de galrar) guenso (árvore de Angola), guenzo (adoentado) guerente (caudal de água), gerente (que gere) guerra (luta), Guerra (top. e n.) guerrear (fazer guerra), guerrejar (ant.: guerrear) guerreiro (que faz guerra), Guerreiro (n.), gurreiro (gurrador), guerrilheiro (que faz guerrilha), Grilheiro (n.), grelheiro (que opera grelha), guerrieiro (travesso) gueto (judiaria), Gueto (top. gal.) Gugilde (top.), Guginde (top.) guia (roteiro; guiador; de guiar), Guia (top.) Guiães (top.), guiais (de guiar), Guiance (n.), guiam-se (de guiar), Guiadães (n.) guiagem (imposto sobre transportes), guiamento (ato de guiar) Guiana ((ui) país sul-americano; (iá) top. berciano), Guiena ((ui) ant. região fr.) Guição ((am) top. e n.), Guiçói (n.), Guisão ((am) n.), Guizão ((am) n.), Buisão ((am) top. e n.) guicha (f. guicho; de guichar; terreu), guiche (pícaro; de guichar) guichar (espreitar), guipar (guichar), guisar (fazer guisado), Guisar (n.), Guixar (top.), Guixavar (top.), aguisar (dispor), aguichar (ajejar), guiçar (esgalhar), guizar (furgar), bichar (criar bicho; vichar), vichar (espreitar), vijutar (espiar) guiché (portinhola para atendimento ao público), guichê (guiché), guichei (de guichar), guichó (jogo) guicheis (de guichar), guichés (pl. guiché), guichês (pl. guichê) guiço (garabulho), guinço (guiço), guiso (guisado, nalguns dics.; de guisar), guizo (cascavel; de guizar), guinzo (gamão), guicho (esperto; tipo; parte tenra da verça; quicho; de guichar), guincho (som agudo; garrincho; máquina para içar), guijo (guiço) guidão ((om) guiador), guidom (guidão) Guidixe (top.), Guidiche (n.) guidões (pl. guidão), Guidões (top.) guieiro (que guia; que obedece; carvalho de 5 anos), Guieiro (top.), Guidoiro (top.), guiadeiro (guiador), guiadouro (rabiça da grade) guilhada (aguilhada; f. guilhado), Guilhade (top. e n.), Gulhade (top.), guilhado (pop.: louco), quilhado (de quilhar) guilhadeses (pl. guilhadês), Guilhadeses (top. port.) Guilhelme (n.), Guilherme (n.), Guilhém (top.), Guilhão ((am) n.), guilherme (plaina), Guilhermo (n.) Guim ((uí) top.), Goim (Guim) Guimar (n.), Guiomar (n.) Guimarães (top. gal. e port.; n.), Guimaraens (n.), Guimarás (top. e n.), Guimaras (n. e top.), Guimerães (top. e n.), guímaros (pl. guímaro) Guimarei (top. gal. e port.; n.), Guimareu (top.), Guimaré (n.), Guimarêim (top. gal.), Guimarim (top. gal.) Guimil ((ui) top.), Guimil ((ui) n.) guina (guinada; de guinar), Guina ((ui) top. Nicarágua) guinaldo (presente de Natal), aguinaldo (guinaldo, nalguns dics.), Aguinaldo (n.) guinar (desviar do rumo), guinhar (guinar; piscar) guinchar (rasgar), guinchar (dar guinchos) guinda (ginja; de guindar), Guinda (top. EUA), guinada (ato de guinar) guindais (guindal; pl. guindal; de guindar), guindás (guindais) guindal (guindaste; guindeira), guindau (guindal) guindaleta (guindalete), guindalete (cabo de guindaste), guindareza (guindaleta) guindaste (roldana; ant. tributo; de guindar), guindastre (guindaste) guinde (gomil), guinde (de guindar) guindo (guindeira; de guindar), guinado (de guinar) Guiné (país), guineia (cabaço; briga) guinéu (guineense; ant. moeda ing.), guineio (melancia), guinei (de guinar) guirlanda (guirnalda), guirnalda (anel de corda; grinalda), grinalda (festão), grilanda (grinalda, nalguns textos), Grilanda (n.) guisa (maneira; de guisar), Guisa (n.), Guise (n.), guiza (veza) guisado (refogado), Guisado (n.), Guisando (top.), guisando (de guisar), guisande (dial.: guisai), Guisande (top. e n.), Guisamonde (top.) Guísamo (top.), guisa-mo (de guisar) guispar (furtar; besuntar), guispiar (guispar) Guitiã (top.), Guitiã (n.) Guitiriz (top.), Vitiriz (top.), Vitriz (top.), Vistriz (top.) gulapo (golo), galapo (floco) gulodice (iguaria), gulosice (gulodice) gulosa (f. guloso; de gulosar), golosa (chirlo) gulosar (lambujar), gulosinar (gulosar) guloseima (gulosina), gulosina (gulodice; de gulosinar), gulosinha (dim. gulosa; azeitona) gumoso (que tem gume), gomoso (que tem gomo; que produz goma) guna (trepadeira; de gunar), Guna (top. Etiópia e Índia) Gundião ((am) e (ão) top.), Guntião ((am) top.) gúrria (vento frio), gúrrias (páreas) gurricha (grolo; de gurrichar), gurrucha (gurricha; de gurruchar), gurrucho (gurricha; de gurruchar) gurupés (mastro da proa), gurupaense (de Gurupá), gurupiense (de Gurupi), guropés (pl. guropé), urupês (pl. urupê), bauprés (gurupés, nalguns dics.), bouprés (gurupés, nalguns dics.)

Pesquisar este blog