Páginas

NOTA INTRODUTÓRIA - A ortografia do presente léxico contrastivo, ou prontuário prático para a escrita da nossa língua, é a do Acordo da Ortografia Unificada, de 1990; escolheu-se em geral a norma culta europeia nos casos em que diverge da americana, e incorporou-se com finalidade diacrítica alguma grafia anterior ao Acordo. Junto com as formas simples, incluem-se flexões, topónimos (lato sensu) e outras palavras, a fim de ilustrar a variedade fonética das formas nortenhas e portugalegas, ou dialetais, preferentes mas não exclusivas no léxico, dentro da virtualidade estrutural da língua. Cumpre ter muito em conta que as explicações entre parênteses não são definições, mas breves referências ou sinónimos para identificar no mínimo espaço os vocábulos, procedentes de dicionários ou de autores muito diversos.

A segunda parte contém o resto do léxico geral que pode apresentar dúvidas ortográficas, sobretudo a N da Raia. Nessa lista indicam-se os plurais dos singulares em -ão quando terminados em -ães ou -ões, ou, se não têm plural, a terminação fonética (-am, -om) na pronúncia do português galego, que também se indica na primeira parte. A consulta pode fazer-se alfabeticamente ou mediante pesquisa digital, talvez este o método melhor para resolver rapidamente as dúvidas ortográficas no momento da consulta.

Este trabalho é fruto da pesquisa e da docência; tem um fim fundamentalmente pedagógico e prático geral, ilustrando e não prescrevendo, mas visando contra-arrestar a forte pressão castelhanizante a que está submetida a nossa língua a N da Raia.

A primeira versão deste prontuário foi publicada pelas Irmandades da Fala em 1984, Revista Temas do Ensino, Nos. 2/3, Braga. Última revisão: maio de 2015

LÉXICO CONTRASTIVO

Marcadores


LÉXICO GERAL

J

J já agora (enfim), jaora (claro) jaca (fruto da jaqueira; chefe africano), Jaca (top. esp.), Xaca (Jaca), xaca (fraldiqueira), haca (planta; mamífero) jaça (mancha), jaza (de jazer) jacabeiras (homem orgulhoso e insignificante), sacabeiras (pl. sacabeira), jaqueiras (pl. jaqueira) jacando (antano), jaquando (jacando), já quando (quando) jaceia (planta), jazia (de jazer), jácia (viga mestra, nalguns dics.), xácia (sácia), sácia (pontão próximo ao cume) jacente (que jaz), Jacente (top.), jazente (jacente; apoio), Jazente (top.) Jacó (Jacob), Jacob (n.), Jacobe (n.), jacobo (aparvalhado) jacóbea (jacobeia), jacobeia (planta; f. jacobeu; seita de tempos de D. João) jacobeu (rel. a Santiago; beato; sectário da jacobeia), jacobino (revolucionário fr.), Jacobinho (dim. Jacobe), jacobita (partidário de Jaime II da Inglaterra; monofisita) Jácome (n.), xácoma (tecido das cilhas) jactância (vaidade), jatância (jactância), jactancia (de jactanciar) jaez (adorno), jaeze (de jaezar) jagar (bravo), jaguar (felídeo) jágara (jagra), jagra (jagre) jaguarão ((om) aum. jaguar), Jaguarão ((om) top. bras.) jajão (dial. angolano: mentira), Jajão (top. gal. e peruano) jalapa (planta), Xalapa (cid. México) jalapão (planta), Jalapão (top.) jalde (jalne), Xalde (top.), Jalda (n.) jaleco (casaco; colete), chaleque (colete), chaleca (parte interior da coroça) Jalhas (top.), Jalhas (n.) jalhundes (a outra parte), jalundes (noutro lugar ou tempo) jamardo (cria da truta), Jamardo (n.) jambo (fruto do jamboeiro; pé de verso), jambu (planta), iambo (jambo) jamboeiro (árvore), jambeiro (jamboeiro), jamoneiro (vendedor de jamões) Jamendes (top. e n.), João Mendes (n.), jamentendes (gíria: crego), james (jamentendes) janeira (lua de janeiro; maçã; cio; cantiga de Ano Novo), Janeira (n.), Chaneira (n.), joaneira (tipo de macã), janeireira (f. janeireiro) janeiro (1° mês; árvore), Janeiro (top. e n.), Chaneiro (n.), janeireiro (rel. a janeiro), janeirento (gato com cio), janeirinho (janeireiro) janela (abertura na parede para deixar entrar a luz), Janela (top.), jinela (janela), chinela (chinelo), Chanela (n.), Joanela (n.) janelo (postigo), Janelo (n.), Chanelo (n.), Joanelo (n.), chinelo (calçado; jinelo), jinelo (janelinha) jangal (amável; matagal), jângal (jangal), xangal (jangal), sangal (jangal), zangal (sangal) janíçaro (soldado turco), janízaro (janíçaro) janta (ato de jantar), chanta (chantadura; de chantar), janota (elegante), jante (camba; de jantar), chante (de chantar) Japão ((om) país), japão ((om) rel. ao Japão) japonês (do Japão), japoês (japonês, nalgum dic.), japões (pl. japão), japonense (japonês), japonese (de japonesar) japonesa (f. japonês; de japonesar), japoneira (cameleira), japoeira (japoneira, segundo informante), japona (jaquetão), japoa (japonesa) japonesar (japonizar), japonizar (dar feição japonesa) Jaquim (n. bíbl.; top. gal.), Joaquim (n.), Joquim (n.) jaral (xaral), xaral (monte mau; pardal; vinho da palmeira) jarda (medida; járdia; de jardar), xarda (peixe; czarda), sarda (xarda; cavala; efélide; f. sardo) jardim (cultivo de flores), Jardim (top. e n.) jardinar (dedicar-se à jardinagem), ajardinar (dispor em jardim) jardines (de jardinar), jardins (pl. jardim) jardo (pano pardo; mato molar; de jardar), Jardo (n.), xardo (peixe; azivo), Jardão (top. e n.) jarelo (do Jares), xarelo (descarado), Xarelo (n.), jaresão (jarelo) jaro (planta), jarro (vaso bojudo; planta; serro do peixe), jerro (jarro) jarra (jarro), jerra (jarra) jarrear (arar a âncora no fundo do mar; jerrear), jerrear (beber jerras), jarretar (cortar jarrete) jarreiro (planta), jerreiro (que está sempre jerreando) jarreta (rede; jarrete; de jarretar), jarrete (parte da perna atrás do joelho; de jarretar) Java (ilha), Xava (top. gal.) javali (javarim), javari (javali; palmeira), javarim (pop.: javali), javaril (pop.: javali; tarrelo), Javari (top.), savarim (pudim), javalino (rel. a javali) javalina (porca; javelina; f. javalino), javelina (dardo, nalgum dic.; pecari) javardeiro (rel. a javardo), javardo (javali; pessoa bruta) javaris (pl. javari), javarins (pl. javarim), Xavariz (top.), Savariz (top. e n.), Sabaris (top. e n.) Javé (Jeová), Jeová (Deus, no Antigo Testamento) javismo (culto de Javé), jeovismo (culto de Jeová) javre (incisão; de javrar), jabre (buraco; javre), xabre (saibro), Xiabre (top.), sabre (espada; javre), sable (cor do brasão), sável (peixe), sávalo (sável), saibre (de saibrar), saibro (areia grossa; de saibrar), sábrego (saibro), xábrego (sábrego) javreador (instr. para javrear), javriador (instr. para fazer javre) javreia (de javrear), xabreia (parva; carne seca), javria (rebaixe no soco) javreira (entalhe no soco), javradeira (instr. para abrir javres), javradoira (javradeira), javradoura (javradoira), xabreira (vento do N; f. xabreiro), xebreira (onde há xebre; f. xebreiro), gebreira (entalhe; patuscada) javreiro (instr. para abrir o javre), javrieiro (que javreia), xabreiro (avessedo), sabreiro (xabreiro), xiabreiro (xabreiro), xabrento (abundante em sábrego), xebreiro (lugar muito frio) jazer (estar deitado), Jazer (top. bíbl.) jazerão ((am) jazerina), jazerão (de jazer) jazida (f. jazido; jazigo), jazigo (túmulo; depósito), jazeda (jazida), jaceda (condição de cada um), jazimento (ato de jazer; jazigo) jeiteiro (pescador ao jeito; hábil), jeitoso (que tem jeito), trejeitoso (que faz gestos) jeito (tino), jeito (tipo de rede) jejuais (de jejuar), jejunais (pl. jejunal), jejuar (observar jejum), jajuar (dial.: jejuar) jejum (abstenção de comer), jejuno (em jejum; parte do intestino), jejuo (de jejuar), jajum (dial.: jejum) jeremias (pessoa que se queixa; de jeremiar), Jeremias (n.) jeribita (cachaça), jerebita (jeribita) jerosolimitano (hierosolimitano), hierosolimitano (de Jerusalém), jerosolimita (jerosolimitano), jeronimita (rel. a S. Jerónimo) jérsei (pulôver), Jérsia (ilha), Jérsei (Jérsia), jersei (pop.: jérsei) jetica (batata-doce), jitica (ave) Jião ((am) n. e top.), Gião ((am) top.), Geão ((am) top.), Jilhão ((am) top.), Xian (top. China) jimento (jumento), jumento (burro) jiprão ((om) leite coalhado), jirão ((om) jiprão), girão ((om) farrapo), Girão ((om) top. e n.), jirau (plataforma) jivaro (indígena andino), xibaro (mestiço de caburé e negro), jívaro (jivaro), jíbaro (rude), guívaro (pessoa que busca escusas para não trabalhar) joa (joia), Joa (n. bíbl.), Xoa (top.), choa (de choer) joalharia (estabelecimento de joalheiro), joiaria (joalharia) joana (joaninha), Joana (n. e top.), juana (junco), xana (ninfa das fontes; hora, no verbo dos chafoutas de Goião), jana (xana), Jana (n.), Chana (top.) Joanes (top. e n.), Soanes (top.), Joães (pl. João; n.), Janes (n.) joanina (f. joanino), joaninha (coleóptero), Joaninha (dim. Joana), xaninha (vulva) joanino (rel. a João ou Joana), Joaninho (top.), Joãozinho (dim. João) joão-de-barro (ave), joão-de-barros (joão-de-barro), João de Barros (historiador port.) job (homem paciente), Job (pers. bíbl.), Jó (Job), Joabe (n.), Jove (Júpiter; top. e n.), jouve (ant.: jazi e jazeu), jovem (moço), chove (de chover) jocosa (f. jocoso), chocosa (choca) jocoso (divertido), sucoso (suculento), jucundo (alegre) joeira (peneira), joieira (f. joieiro), joalheira (joieira), joelheira (cobertura de joelho), jolheira (joelheira), geolheira (ant.: joelheira) joeiro (ato de joeirar), joieiro (joalheiro), joeireiro (peneireiro), julheiro (rel. a julho), joelheiro (que chega ao joelho), joalheiro (que fabrica joias), jalheiro (do Jalhas) joelhar (ajoelhar), jonlhar (apoiar o jonlho) joelho (articulação da perna; de joelhar), jolho (var.: joelho), jonlho (jolho; de jonlhar), joio (planta), xoio (piso do forno), geolho (var.: joelho), geonlho (geolho), giolho (geolho), gionlho (giolho) joga (jogada; articulação; croio; de jogar), Joga (n.), juga (cabeço; de jugar), Juga (top.) jogada (jogata; (ô) jugada; (ò) pancada com joga), jugada (parelha de gado; jeira; de jugadar), jogata (partida de jogo; de jogatar) jogadeira (tacadeira), jogadela (jogueta), jogarela (f. jogarelo), jogadora (f. jogador) jogado (que se jogou; de jogar), jugado (de jugar e jugadar) jogador (brincador), jugador (faca de jugar), jogadeiro (que serve para jogar), jugadeiro (sujeito à jugada), jogadouro (articulação), jogadoiro (jogadouro), jogantim (afeiçoado ao jogo) jogar (brincar), jugar (jugular), julgar (ajuizar), jusgar (julgar, nalgum dic.), jurgar (julgar, nalgum dic.) jogatar (joguetear), jugadar (medir o pão da jugada) jogatina (vício de jogar), jogatinha (dim. jogata), jogantina (f. jogantim) jogo ((ô) brincadeira; (ó) seixo; de jogar), Jogo (top.), jugo (canga; de jugar) jogou (de jogar), xó-gou (interj.), xou-gogô (interj.) jogral (cantor de trovas), Jogral (top.), jogoral (alegre), jogarelo (amigo de jogar), segrel (trovador), jograr (jogral, nalgum dic.) jogralesa (mulher jogral), jogralesca (cantiga; f. jogralesco), jograresa (jogralesa, nalgum dic.) jogue (asceta indiano; de jogar), jugue (de jugar) jogueta (jogo; de joguetar), jogue-ta (de jogar), jugueta (jugo simples), jogarreta (jogada mal feita), jogueira (tempo de jogo; jugueira), jugueira (calo polo roçamento do jugo) joguetar (joguetear), joguetear (gracejar), jogatar (joguetar) joguete (brinquedo; de joguetar), jogue-te (de jogar) joia (adorno; dial: choia), Joia (cid.) Joiel (n.), Joel (n.), joel (molusco) jojoba (planta), jujuba (fruto da jujubeira) jónia (f. jónio), Jónia (top. e n.) jorna (jornal; pessoa crédula), jórnea (jorna), jorne (índole; jornal) jornal (salário diário), jornal (publicação periódica) jornaleiro (trabalhador a jornal; vendedor de jornais; jornalista reles), jornalista (que escreve em jornal) joncedoira (joncedura), joncedura (ato de joncer), joncedora (f. joncedor), jonçura (joncedura) jornes (pl. jorne), Jornes (top.) jorra ((ô) breu; minhoca; (ó) de jorrar), chorra (boa sorte; de chorrar) jorrada (f. jorrado), chorrada (abundância), jorreira (jorra) jorrar (untar com jorra; brotar; apropriar-se do comum), xurrar (jorrar), chorrar (jorrar), ajorrentar (encirrar) jorro (jato; pasmão; de jorrar), Jorro (top.), chorro (jorro; de chorrar) Josefa (n.), Josefina (n.), Josefinha (dim. Josefa), Josefininha (dim. Josefina), josefina (f. josefino) josefino (rel. a José ou São José), Josefino (n.), joseense (de São José dos Campos) josefista (partidária do josefismo), josefita (rel. a congregação de S. José) jota (letra; dança; malheira; rebento; parvo), iota (letra gr.), xota (xoxota; f. xoto; de xotar), Xota (top.), chota (esterco), xoxota (vulva) jouviar (andar o gado dum lado para outro), jouvelear (andar jogando sem ir direito) jovenco (juvenco), juvenco (bezerro), Juvenco (poeta lat.), Jovenco (n.), Jovencos (top.), juvencos (pl. juvenco) jovens (pl. jovem), joves (5ª feira), Joves (n.), jovense (de Jove) jovial (alegre), Juvial (top.) Jovim (top.), Juvim (top. e n.) juazeiro (árvore), Juazeiro (top.) jubilar (encher de júbilo; obter jubilação), jubilar (ref. a júbilo) jubileu (indulgência plenária), gibileu (arc.: jubileu), Gibileu (n.) Judá (reino judeu), Judã (top.) Judeia (região da Palestina), judia (f. judeu; peixe; de judiar) judeo- (rel. a judeu), judeu (da Judeia; albacora), Judeu (top.), judio (de judiar; judeu) judeus (pl. judeu), Judeus (top.), Jueus (top. gal. e port.) judiaria (judaria), judiaria (de judiar), judaria (conjunto de judeus) judias (pl. judia; de judiar), Judias (top.) judicial (ref. a juiz), judiciário (judicial), judicioso (ajuizado), juicioso (judicioso, nalguns autores), juizoso (judicioso, nalguns autores) judo (arte marcial), judô (judo) jugais (pl. jugal; de jugar), jogais (de jogar) Jugoslávia (ant. Estado), Iugoslávia (Jugoslávia) jugular (rel. ao pescoço; degolar), juguleira (depressão jugular) Juiã (top.), Julhão ((am) top.), Julião ((am) top. e n.), Juliano (n.), juliano (rel. a Júlio César) juio (joio), Juio (top.), julho (mês), Júlio (n.), júlio (unid. energia), joule (júlio) juizado (julgado), julgado (jurisdição de juiz) julgo (de julgar), Julgo (Foro Julgo), jusgo (ânsia) júlia (peixe), Júlia (n. e top.), Julha (n.), Juia (n.) juliana (peixe; planta), Juliana (n.) junça (planta; de juncir), jonça (junça; de jonçar, joncer e juncir), junja (de jungir), junga (jungo; jonça; de junguir), junca (planta; juncal; de juncar; dial.: junga) juncais (pl. juncal; de juncar), Juncás (top.), jungais (pl. jungal; de junguir), junçais (pl. junçal; de juncir), junjais (de jungir) junco (planta; barco; de juncar), Junco (top.), jungo (jugo; de junguir; junco), junjo (de jungir) junço (de juncir), jonço (de jonçar e joncer) juncras (Judas), júncaras (juncras), juncas (pl. junca; de juncar; dial.: jungas; juncras) jungideira (correia que ata o pêrtego ao malho), junguideira (jungideira), junguidoira (junguideira) jungir (pôr jugo), junguir (dial.: jungir), juncir (jungir, nalguns autores), joncer (jungir), jonçar (genegar) junho (mês), Júnio (n. lat.), Junho (top.), Juno (deusa mit.) junípero (zimbro), Junípero (n.) junque (de juncar), jungue (de junguir), junge (de jungir) junqueira (juncal), Junqueira (top. e n.), Jungueira (top.), jungueira (junqueira) junta (articulação; jugada de bois; assembleia política; de juntar; pop.: junto a), Junta (top.) junteira (plaina; f. junteiro), juntoira (pedra que sobressai), ajuntoira (pedra que abrange 2 faces de parede), juntoura (juntoira), ajuntoura (juntoura), juntura (junta), junçura (juntura) jura (de jurar; juramento), Jura (cordilheira), xura (peixe) jurado (de jurar; membro de júri), Jurado (top. e n.), júri (conjunto de jurados), juramentado (de juramentar) Jurafás (Vale de -: em Gil Vicente), jurafaz (desalmado), Josafá (Josafat), jurafas (jurafaz, num dic.) jurar (prestar juramento), juramentar (ajuramentar), ajuramentar (receber juramento) jurássico (período mesozóico), juraico (jurássico) jurdição ((om) pop.: jurisdição), jurisdição ((om) poder de aplicar leis) jure (de jurar), júri (conjunto de jurados) júrgio (altercação), Júrgio (n.), xúrdio (viçoso), Jurjo (top. e n.), Jorge (top. e n.), Giorgi (sistema de unids.) Juricido (top.), Jurucido (top.) jurista (jurisconsulto), jurista (que empresta a juros) juro (interesse), juro (de jurar) jus (direito), Juso (top.), ajuso (ant.: abaixo) Jusã (top.), jusão (abaixo), Jusão ((am) top.), susão (acima), Susão ((am) e (ão) top.) Juscelino (n.), Jocelim (n.) justa (combate; de justar; f. justo), Justa (top. e n.) Justães (top.), Justás (top.), justais (de justar) justeza (precisão), justiça (direito; de justiçar), Justiça (top.) justificáveis (pl. justificável), justificáveis (de justificar) justinianeu (rel. a Justiniano), Justiniano (imperador), Justino (imperador; sto.; n.), justinho (dim. justo), justilho (corpinho) justo (imparcial; de justar), Justo (top. e n.) Juvenal (poeta lat.), juvenil (rel. à juventude) juvenca (terneira), jovenca (juvenca), juvenga (juvenca), juventa (juventude), Jovenca (n.) júvia (árvore), Júvia (top.), chúvia (var.: chuva)

Pesquisar este blog